quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Feliz Natal!!!


HOHOHOHOHO...

rsrsrsrsrs...

até breve

O meu aniversário este ano!

Como você sabe, está chegando novamente a data do meu aniversário.

Todos os anos fazem festa em minha honra e creio que este ano acontecerá a mesma coisa.
Nesses dias as pessoas fazem muitas compras. A rádio e a TV fazem centenas de anúncios. Por todo o canto nesses dias não se fala de outra coisa a não ser dos preparativos para o grande dia.
É bom saber que ao menos uma vez por ano as pessoas pensam um pouco em mim.
Como você sabe há muitos anos que começaram a festejar o meu aniversário.
No começo pareciam compreender e agradecer o que fiz por eles, mas hoje em dia ninguém sabe porque razão o celebram. As pessoas se reúnem e se divertem muito, mas não sabem do que se trata…
Estou me lembrando do ano passado: - Ao chegar o dia do meu aniversário fizeram uma grande festa em minha honra. Havia coisas deliciosas na mesa, tudo estava decorado e havia muitos presentes… Mas sabe uma coisa? Não me convidaram!... Eu deveria ser o convidado de honra mas ninguém se lembrou de mim! A festa era para mim, mas quando chegou o grande dia, fecharam a porta na minha cara. Bem que eu queria partilha a mesa com eles…
Na verdade, não me surpreendeu porque nos últimos anos muitos me fecham a porta.
Como não me convidaram, ocorreu-me entrar sem fazer ruído. Entrei e fiquei num cantinho. Estavam todos brindando, alguns já estavam embriagados, contando piadas, rindo, divertindo-se…
Aí chegou um velho gordo, vestido de vermelho, com barba branca e gritando: -Ho! Ho! Ho! Parecia ter bebido demais… Deixou-se cair pesadamente numa cadeira e todos correram para ele dizendo: -Papai Noel! Papai Noel! Como se a festa fosse para ele.
Quando chegou a meia-noite, todos começaram a abraçar-se. Eu estendi meus braços esperando que alguém me abraçasse… Quer saber? Ninguém me abraçou. De repente, todos começaram a entregar presente. Um a um os pacotes foram sendo abertos. Cheguei perto para ver se, por acaso, havia algum para mim. Nada! O que você sentiria se no dia do seu aniversario todos se presenteassem e não dessem nenhum presente para você?
Compreendi então que eu estava sobrando na festa… Saí sem fazer barulho, fechei a porta e fui embora.
Cada ano que passa é pior. As pessoas só se lembram da ceia, dos presentes, das festas… De mim, ninguém se lembra.
Gostaria que, neste Natal, você me permitisse entrar na sua vida, reconhecendo que há mais de dois mil anos vim ao mundo para lhe dar a minha vida numa cruz e assim poder salvar você…
Hoje só quero que acredite nisso com todo o seu coração.
Vou dizer-lhe uma coisa. Já que muitos não me convidam para a festa que fazem, vou minha própria festa. Uma festa grandiosa como ninguém jamais fez, uma festa espectacular. Estou nos últimos preparativos e expedindo os convites. Este é especial para você. Só quero que você me diga se quer vir!
Reservei um lugar para você e incluirei seu nome na lista dos que confirmaram… Os que não aceitarem ficarão de fora.
Prepare-se porque quando estiver pronto, quando menos esperar, darei a minha grande festa.
Não se esqueça de enviar este convite também aos seus amigos, somente os amigos especiais.
Assim como você é especial para mim, com certeza, há vários amigos que sã especiais para você.
Desta maneira, vamos fazer uma festa com os “ESPECIAIS”, afinal, “Muitos serão os convidados, mas poucos serão os escolhidos”. Sabe porquê?
Porque poucos aceitarão o convite.
_ _ _
Recebi esta mensagem em forma de slide e postei apenas o texto!
Vamos refletir minha gente...
até breve

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Pionerismo em duas rodas no Brasil!


A história do pioneiro que fabricou motos no Brasil bem antes da chegada das japonesas
Jason Vogel

http://extra.globo.com/economia/materias/2009/12/08/a-historia-do-pioneiro-que-fabricou-motos-no-brasil-bem-antes-da-chegada-das-japonesas-915118760.asp


RIO - Naquele tempo, poucos no Brasil sabiam o que era Honda ou Yamaha... Para a garotada que curtia motocicletas, o barato era a Leonette, uma "cinquentinha" fabricada em Bonsucesso. A marca nacional, que foi coqueluche na década de 1960, hoje está praticamente esquecida. Mas os registros de sua existência resistem nas memória do fundador da empresa, Leon Herzog, e de seu filho Alex.

Para lembrar a saga da fábrica pioneira é preciso contar a vida de seu Leon, que foi atropelada pela História.

Aos 20 anos, ele era um judeu em um péssimo lugar para se estar em 1939: a Polônia. Sua família tinha uma pequena fábrica de bicicletas quando os nazistas invadiram o país. Leon e os parentes foram mandados em 1942 para o gueto que concentrava os judeus de sua cidade, Ostrowieck. Por se recusar a sair de casa, seu pai foi morto pela Gestapo.

E Leon conheceu os horrores do Holocausto: fome, trabalhos forçados, tifo, cães pastores latindo, execuções e deportações para campos de extermínio em vagões de gado.

Para fugir do gueto, Leon usou uma identidade falsa, de polonês não-judeu. E, com o nome Jan Grabowski, entrou numa frente de trabalhos forçados que o levou à Alemanha - pior lugar possível para se estar durante o regime nazista.

Na Alemanha, Leon foi trabalhar numa fazenda. Consertava máquinas, operava o trator e arava a terra. Viu bombardeios aliados e o desespero dos nazistas. E, assim, garantiu sua sobrevivência até a chegada das tropas americanas, em 1945.

- A guerra acabou e eu não tinha nenhum parente vivo na Europa - conta Leon.

Em vez de remoer o passado, ele adotou uma filosofia de vida: "Era para eu estar morto há muito tempo. Tudo o que vier daqui para a frente será lucro". O jeito foi buscar abrigo no que sobrara de sua família: os irmãos que haviam emigrado para o Brasil antes da guerra.

Aqui, encontrou guarida com o primogênito da família, Bernardo, dono da empresa de produtos químicos B. Herzog. Desta forma, Leon voltou à sua antiga atividade: montar e vender bicicletas. De uma lojinha, a coisa evoluiu para uma fábrica no Caju, em 1951. Era a Gulliver (nada a ver com a homônima empresa de brinquedos).

Na Europa do pós-guerra, havia a onda dos pequenos motores 2T para serem acoplados a bicicletas. E foi a partir de um desses motores, da francesa Lavalette, que Leon montou, no Brasil, seu primeiro ciclomotor: a Gullivette.

Nasce a L. Herzog

A produção correu bem até que, em 1957, houve um desentendimento entre os sócios da B. Herzog, e a Gulliver foi fechada. O que sobrou para Leon foi o conhecimento para montar a empresa L. Herzog.

Ele comprou uma fábrica de baldes desativada em Cavalcante e começou a fazer as bicicletas Cacique e Roadster. Numa viagem a Frankfurt, Leon foi a uma feira de negócios e adquiriu moldes usados de um ciclomotor francês fora de linha. Depois, foi preciso adaptar as prensas de baldes para estampar tanques e quadros.

Só o motor, a transmissão e os cubos de rodas seriam importados, da então Tchecoslováquia. Eram da Jawa, na época uma poderosa marca no mundo das duas rodas.

Assim, no fim de 1960, nasceu a Leonette. O nome, óbvio, era uma referência ao fundador. Já o escudinho colorido no tanque era o brasão de Luxemburgo - país de origem do sogro de Leon, que muito o ajudara na empreitada.

O primeiro modelo tinha duas marchas, com seletor no manete, e pedais para ajudar o motorzinho de 50cm³ nas subidas.

Logo, a Leonette começaria a ser modificada. Em 1965, o motor tcheco ganhou novo carburador, que já permitia manter uns 50km/h...

Como Leon tinha um equipamento para fazer os raios das rodas, não demorou a fabricar também vergalhões e outros materiais para a construção civil.

- Dava menos trabalho e era dinheiro certo - conta o filho Alex.

Novo motor em 1967

A empresa migrou para Bonsucesso e cresceu. Dobrar e laminar aço passou a ser o negócio principal. As motoquinhas, porém, vendiam como pão quente, com representantes de Manaus a Porto Alegre. A maior evolução aconteceu no fim de 1967, com o novo motor Jawa de 50cm³, de cilindro na horizontal. Além disso, tinha caixa de três marchas acionada com o pé e partida por quique. Chegava a 80km/h.

O fundador estava cada vez mais concentrado nos negócios com aço e quem tocava a divisão de motos era o espanhol Antonio Sanchez, diretor industrial da fábrica.

Em 1967, surgiu a Leonette de maior sucesso: a Sport, com tanque na mesma posição das motos modernas. E havia a bela Super Sport, com guidom baixinho, tipo Manx. O modelo Ideal, mais simples, tinha um escudo frontal.

Na época, motos de até 50cm³ podiam ser pilotadas por qualquer maior de 15 anos sem habilitação. O sucesso era tanto que havia até grupos como o Clube dos Leonetteiros, que fazia longas excursões até... o Grumari!

Os números de produção, nem os fabricantes sabem. Mas era muita coisa: a moto era exposta em diversas lojas de departamentos, como a Mesbla. Só um dos representantes em São Paulo vendia 50 por mês.

Mas, em 1968, os soviéticos invadiram a Tchecoslováquia e os ótimos contatos com a Jawa foram prejudicados.

- Pedíamos uma peça, chegava outra - lembra Leon.

Para piorar, o regime militar brasileiro endureceu, criando obstáculos aos negócios com países comunistas.Eis que um dia, em 1969, o filho de um ministro morreu em Copacabana, num ciclomotor. Quase imediatamente, os menores foram proibidos de pilotar. As vendas caíram a 1/4 do que eram.

Ao mesmo tempo, o milagre brasileiro fazia as encomendas de aço para a construção civil acelerarem, concentrando todas as atenções na L. Herzog. A pá de cal foi a invasão das motos japonesas. Era o fim da Leonette: a última, chamada Mustang M20, foi feita em 1971.

A Honda chegou a entrar em contato com Leon, para montar motocicletas no Brasil.

- Eu só faria se pudesse usar o nome Leonette. Não foi adiante - conta o empresário.

A fábrica de Bonsucesso continuou os negócios com aço e foi vendida para a Gerdau em 1992. Hoje, aos 90 anos, Leon gosta mesmo é de jogar golfe.

- Meu pai já estava de saco cheio de fazer motos - brinca Alex.
_ _ _
até breve

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Torcida Flamenguista


"Eu fui a 700 jogos na minha vida, 650 na arquibancada. Diversos times, diversos estádios. Vi finais e mais finais.

Eu nunca vi uma torcida comemorar tanto um gol.

Eu nunca vi uma festa tão bonita.

Eu nunca vi um estádio tão bonito lotado.

Eu nunca vi um time ter tanto medo de ser campeão.

Eu nunca vi uma torcida ter tanto medo do fiasco.

Eu nunca vi um drama tão desnecessário.

Eu nunca vi nada do que eu vi hoje.

Eu nunca vi um gol tão bonito quanto feito.

Eu nunca vi um time jogar tão mal uma decisão.

Eu nunca vi um time ser tão querido por uma nação.

Eu nunca vi uma nação inteira vestida com a mesma roupa.

Eu nunca vi tanta gente feliz junta.

Eu nunca vi tanta paixão num só lugar.

Eu nunca tinha visto.

Hoje eu vi.

Aprendi, ao vivo, a cores e dentro da arquibancada, em pé, passando aperto pra entrar, e no meio da nação, o que é ser Flamenguista.

Eu achava que sabia. Mas não sabia.

Não, eles não são melhores do que os outros. Mas também não são iguais.

Eles são únicos.

Eles amam aquela coisa de uma forma inexplicavel.

E quando eles dizem "sai do chão, sai do chão!", não é uma musica, é uma ordem.

E se você não sair, eles te tiram.

E se você conseguir, no meio deles, ficar livre de qualquer envolvimento, você é um ET.

Não existe torcida mais bonita.

Não existe relação mais incrível como Flamengo x Rio de Janeiro.

Nunca vi uma cidade vestida com a mesma roupa desde as 8 da manhã de um domingo.

Nunca vi nada parecido com o que eu vi hoje.

Nunca vi tanta gente merecer tanto um título.

Não, não me refiro aos 30 jogadores do elenco. Me refiro aos 35 milhões de eternos jogadores do elenco.

Nação… me desculpem. Eu sei que esperavam um belo texto hoje.

Mas… nada do que eu escreva vai ser mais bonito do que aquilo que vi."

Texto: Rica Perrone - Jornalista e São Paulina, que foi na final no Maracanã de arquibancada.
_ _ _

até breve

domingo, 13 de dezembro de 2009

Direto da MAXIM Brasil


Da coluna RPM da Revista MAXIM Brasil

"Eu sou o jipe, amanhã

Transformer?


Não, seu nerd! É só o carro que a Mitsubishi quer usar em ralis a partir de 2025...
da redação da revista Car and Driver

Não se espante se em 2025 você estiver zapeando a TV e topar com algo parecido com um inseto robótico atravessando dunas, pistas de terra, neve ou até mesmo estradas. O tal "Transformer" leva o nome de MMR 25 e é a aposta da Mitsubishi para as provas de ralis do futuro. Ele terá traços oblíquos na carroceria, transformando o carro inteiro num grande aerofólio. E os aerofólios, em si, (na frente e atrás, prateados) são autoajustáveis. Isso tudo melhora a estabilidade do monstrengo e aumenta sua velocidade nas curvas. Como se trata de um protótipo, preços e data de lançamento não foram divulgados. Ou seja, contente-se com aqueles jipes e SUVs pré-históricos de 2009...

Peso-pena

A carroceria do MMR 25 será composta de nanofibras que o tornará bem mais leve que seus atuais concorrentes, o que é determinante em corridas de rali, principalmente por causa dos terrenos bem ingratos.

Visão além do alcance

Vidro é coisa do passado. O carro terá uma visão de 360º, graças a um conjunto de câmeras espalhadas pelo veículo. E até o banco do piloto terá movimentos completos de rotação.

Pneus? Quase isso...

O MMR 25 tem um fantástico sistema de multirrodas independentes que se movimenta em qualquer direção, sendo que todas são controladas por motores elétricos próprios. Borracheiros terão de fazer um curso de engenharia."
_ _ _

até breve

Impressionante



até breve

sábado, 12 de dezembro de 2009

O filtro triplo - Sócrates


Na Grécia Antiga, Sócrates detinha uma alta reputação e era muito estimado pelo seu elevado conhecimento. Um dia, um conhecido do grande filósofo aproximou-se dele e disse:
- Sócrates, sabe o que eu acabei de ouvir acerca daquele teu amigo?

- Espera um minuto - respondeu Sócrates

- Antes que me digas alguma coisa, gostaria de te fazer um teste. Chama-se o "Teste do Filtro Triplo".
- Filtro Triplo?

- Sim - continuou Sócrates
- Antes que me fales do meu amigo talvez fosse uma boa idéia parar um momento e filtrar aquilo que vais dizer. Por isso é que eu lhe chamei o Filtro Triplo.
E continuou:

- O primeiro filtro é VERDADE. Tens a certeza absoluta de que aquilo que me vais dizer é perfeitamente verdadeiro?

- Não - disse o homem - o que acontece é que eu ouvi dizer que...

- Então - diz Sócrates - não sabes se é verdade.

- Passemos ao segundo filtro, que é BONDADE... O que me vais dizer sobre o meu amigo é BOM?

- Não, muito pelo contrário... - Então - continuou Sócrates

- Queres dizer-me algo mau sobre ele e ainda por cima nem sabes se é ou não verdadeiro. Mas, bem, pode ser que ainda passes o terceiro filtro.

- O último filtro é UTILIDADE...

- O que me vais dizer sobre o meu amigo será útil para mim?

- Não, acho que não...

- Bem - concluiu Sócrates

- se o que me dirás não é nem bom, nem útil e muito menos verdadeiro, para quê dizer-me?

Usemos o Triplo Filtro na nossa vida diária, cada vez que formos falar sobre alguém.
_ _ _
até breve

Direto do Sociedade Blog

Na quarta eu postei uma outra versão, e agora descubro essa no Sociedade Blog. Vale a pena dar uma conferida!

Filme do QG do Inter uma semana antes da decisão do Brasileiro
Postado por Gustavo Rangel



até breve

Deu no Conversa Afiada do Paulo Henrique Amorim II





O Conversa Afiada reproduz e- mail que recebeu do amigo navegante Stanley Burburinho:
Blogueiro é notificado por uso indevido das marcas da Folha e do UOL (9/12/2009)


Sérgio Matsuura, do Rio de Janeiro
Na sexta-feira (04/12), o blogueiro Antonio Arles foi notificado extrajudicialmente pela Folha de S. Paulo e pelo UOL. O motivo foi a publicação, no blog Arlesophia (http://www.arlesophia.com.br/ ), de selos de uma campanha pedindo que os internautas cancelem suas assinaturas nos dois veículos.

“A marca da Folha e do UOL foram indevidamente utilizadas, de vez que não autorizadas (…). Tal atitude fere diversos dispositivos legais, constituindo crime”, diz a notificação.
Assustado, Arles, que cursa a faculdade de História na USP, retirou as imagens do ar imediatamente. “Aparece uma pessoa, vinda de táxi, e me entrega uma carta. Quando eu abro, vejo que é uma notificação. Eu fiquei assustado”, diz.

O blogueiro explica que não agiu de má-fé, apenas publicou imagens que recebeu por e-mail. “Eu não tinha conhecimento. Era uma coisa pública, estava na Internet, aí eu coloquei no meu blog”, conta.

Arles afirma ter se sentido intimidado com a atitude tomada pelos veículos. “Eu acho que foi uma tentativa de cerceamento da liberdade de expressão”, diz, lembrando o caso da Folha de S. Paulo, que recebeu uma suposta ficha criminal da ministra Dilma Rousseff e a publicou.

“É o mesmo caso. Eles (Folha) não receberam a ficha da Dilma por e-mail e publicaram? Eu também recebi as imagens por e-mail e publiquei. Eles não tiveram o trabalho de apurar para confirmar a veracidade do documento. Eu não tive a preocupação com uso indevido da marca”, afirma.

A advogada da Folha de S. Paulo Taís Gasparian afirma que a medida não visa o cerceamento da liberdade de expressão, apenas o resguardo da marca das empresas. “Nunca pretendemos cercear a discussão sobre o assunto. Ela é válida, interessante, desde que não se utilize a marca dessa maneira”, explica.

Taís argumenta que tanto o UOL como a Folha possuem blogs e as empresas defendem a liberdade de expressão. A advogada explica que o mesmo procedimento será adotado em situações semelhantes, não importando quem seja o notificado.

“Não tem nada a ver com o assunto tratado. Qualquer outra empresa, que utilize a marca da Folha ou do UOL dessa maneira, será notificada”, afirma.

O caso foi discutido pelo Fórum de Mídia Livre e motivou a criação da Rede de Solidariedade e Proteção à Blogosfera (http://www.comunique-se.com.br/conteudo/newsshow.asp?menu=JI&idnot=54453&editoria=8 ), que contará com juristas e advogados, além de um fundo com a ajuda de organizações nacionais e internacionais.
http://www.comunique-se.com.br/index.asp?p=Conteudo/NewsShow.asp&p2=idnot%3D54472%26Editoria%3D8%26Op2%3D1%26Op3%3D0%26pid%3D32411881089%26fnt%3Dfntnl
_ _ _

até breve

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

As bêbadas

Duas amigas casadas, totalmente bêbadas, sentiram uma vontade irresistível de fazer xixi.



Apavoradas e bêbadas, sem outra alternativa, pararam o carro e decidiram ir assim mesmo dar uma mijada no cemitério.



A primeira foi, se aliviou, e então se lembrou de que não tinha nada para se secar. Pegou a calcinha, secou-se e jogou-a fora.



A segunda, que também não tinha nada para se secar, pensou: "Eu não vou jogar fora esta calcinha caríssima e linda".



Então, pegou a fita de uma coroa de flores que estava em cima de um túmulo e colocou por dentro para não molhar a calcinha.



No dia seguinte um dos maridos ligou pro outro e disse:



A minha mulher chegou ontem em casa bêbada e sem calcinha... terminei o casamento.

O outro:


- Você tem sorte, a minha chegou em casa com uma faixa presa na bunda com a inscrição: "Jamais te esqueceremos - Marcos, Robson, Rogério e toda turma da faculdade".



- Enchi ela de porrada.
_ _ _

até breve

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Convite à Camara Municipal de Campos

CONVITE



Campos dos Goytacazes, 09 de novembro de 2009.


Senhor(a),

A Câmara Municipal de Campos, através do Vice Presidente Rogério Matoso, vem convidar para “Audiência Pública” que visa vai traçar estratégias para fortalecer as ações da política municipal de cultura e da sedimentação de um Pólo de Cinema em Campos. A sessão especial vai ser realizada no dia 10(dez) de dezembro a partir das 17 horas no Plenário Álvaro Vidal na Câmara Municipal de Campos.






Rogério Fernandes Ribeiro Gomes
Vice- Presidente da Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes

Deu no Conversa Afiada do Paulo Henrique Amorim

Fórum de Mídia Livre cria rede para apoiar blogueiros processados

"Membros do Fórum de Mídia Livre decidiram criar a Rede de Solidariedade e Proteção à Blogosfera, durante o Fórum de Mídia Livre, em Vitória (ES). A ideia surgiu depois que os participantes do encontro souberam da notificação judicial que o blogueiro Antônio Arles recebeu da Folha de S. Paulo e UOL por fazer campanha contra o jornal, depois da publicação do polêmico artigo de César Benjamin.

“Vamos criar a página da rede e depois contar com a ajuda de juristas e advogados, além de criar um fundo com a ajuda de organizações nacionais e internacionais. Mas eu considero que o movimento já está criado”, explica o jornalista Renato Rovai, editor da revista Fórum e presidente do movimento.

Além de atender as reivindicações dos blogueiros, Rovai pretende discutir com representantes de rádios comunitárias para que elas também façam parte da rede e sejam protegidas.

O jornalista considera o caso da Folha um exemplo do ataque aos blogueiros, e cita outros casos, como o da notificação que sua revista recebeu pela publicação de uma séria de reportagens contra uma empresa que causou sérios danos ambientais no Rio de Janeiro, além das blogueiras Alcilene e Alcineia Cavalcante, que foram processadas pelo presidente do Senado, José Sarney.

“Isso vira um instrumento de pressão e censura econômica, porque é muito caro para um blogueiro”, explica, sobre os valores cobrados pelas empresas e políticos como indenização."



até breve

Inventam de tudo!!!

Sobrou até para Hitler! Hehehehehe!



Parabéns MENGÃO!!!

até breve

Vocês concordam?

Esse professor diz muitas verdades nessa entrevista. Ele classifica nossa situação atual. O vídeo fala por si mesmo...



Então, concordam?

até breve

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Endereço de E-mail errado!




Um casal decide passar férias numa praia do Caribe, no mesmo hotel onde passaram a lua-de-mel 20 anos atrás.



Por problemas de trabalho, a mulher não pôde viajar com seu marido, deixando para ir uns dias depois.



Quando o homem chegou e foi para seu quarto do hotel, viu que havia um computador com acesso à internet, então decidiu enviar um e-mail a sua mulher, mas errou uma letra sem se dar conta e o enviou a outro endereço...


O e-mail foi recebido por uma viúva que acabara de chegar do enterro do seu marido e que ao conferir seus e-mails desmaiou instantaneamente.



O filho, ao entrar em casa, encontrou sua mãe desmaiada, perto do computador, que na tela poderia se ler:


Querida esposa,
Cheguei bem. Provavelmente se surpreenda em receber noticias minhas por e-mail, mas agora tem computador aqui e pode-se enviar mensagens às pessoas queridas. Acabo de chegar e já me certifiquei que já está tudo preparado para você chegar na sexta que vem. Tenho muita vontade
de te ver e espero que sua viagem seja tão tranqüila como está sendo a minha.



OBS: Não traga muita roupa, porque aqui faz um calor infernal!!!

_ _ _


até breve

CONSULTA DE UM JAPA NA UROLOGISTA





- A senhora jura que não vai rir ? – perguntou o paciente japonês à médica urologista.

- Claro que sim!!! respondeu exaltada. Sou uma profissional da saúde.
Existe um código de ética em questão!!! Em mais de 20 anos de profissão nunca ri de nenhum paciente!!!

- Tudo bem, então - disse o paciente.

E deixou cair as calças, revelando o menor órgão sexual masculino que ela havia visto na vida.




Conside rados o comprimento e o diâmetro, não era maior do que uma bateria AAA (pilha palito).




Incapaz de controlar-se, a médica começou a dar risadinhas e não conseguia mais segurar o ataque de riso.



Poucos minutos depois ela conseguiu recuperar a compostura.

- Sinto muitíssimo - disse ela - Não sei o que aconteceu comigo. Dou minha palavra de honra de médica e de dama que isso nunca mais acontecerá. Agora diga-me, qual é o problema?

- Tá inchado!
_ _ _

até breve

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Flamengo





Agora é só esperar pelo Grêmio no próximo Domingo!

até breve

domingo, 29 de novembro de 2009

Que macacada!



até breve

Beautiful Girl



até breve

A "marvada"...



até breve

Como nossos pais



Não quero lhe falar, meu grande amor

Das coisas que aprendi nos discos

Quero lhe contar como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo

Viver é melhor que sonhar

E eu sei que o amor é uma coisa boa

Mas também sei que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa

Por isso cuidado, meu bem, há perigo na esquina

Eles venceram e o sinal está fechado pra nós que somos jovens

Para abraçar seu irmão e beijar sua menina na rua

É que se fez o seu braço, o seu lábio e a sua voz

Você me pergunta pela minha paixão

Digo que estou encantado como uma nova invenção

Eu vou ficar nesta cidade, não vou voltar pro sertão

Pois vejo vir vindo no vento o cheiro da nova nova estação

Eu sei de tudo na ferida viva do meu coração

Já faz tempo eu vi você na rua cabelo ao vento gente jovem reunida

Na parede da memória essa lembrança é o quadro que dói mais

Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos

Ainda somos os mesmos e vivemos

Como nossos pais

Nossos ídolos ainda são os mesmos e as aparências não se enganam, não

Você diz que depois deles não apareceu mais ninguém

Você pode até dizer que tou por fora ou então que tou inventando

Mas é você que ama o passado é que não vê

É você que ama o passado é que não vê

Que o novo sempre vem

Hoje eu sei que quem deu me deu a idéia de uma nova consciência e juventude

Está em casa guardado por Deus contando vil metal

Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo tudo o que fizemos

Nós ainda somos os mesmos e vivemos

Ainda somos os mesmos e vivemos

Como os nossos pais

(Belchior)


até breve

sábado, 28 de novembro de 2009

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Reclame Aqui...


é um site de reclamações.

Para muitos PROCON é coisa do passado. A Revista Exame do dia 15/07 traz uma reportagem sobre um site chamado "Reclame Aqui".

A idéia é que seja um mural (ESPÉCIE DE MURO DAS LAMENTAÇÕES) onde as pessoas expõem suas queixas sobre serviços ou produtos, visível a todos que acessarem o site.

O interessante é que, sem burocracia, os problemas são solucionados com mais rapidez. Quando um consumidor reclama de um produto de alguma empresa, essa empresa recebe um e-mail dessa queixa. E como a empresa preza por sua imagem, ela tende a ser eficiente na solução, que será aberta ao público.

O que tem dado muito certo, já que 70% dos casos são resolvidos! E o tempo médio é de menos de uma semana, diferente do PROCON que tem a média em 120 dias.

Lá vai o site: www.reclameaqui.com.br

até breve

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Luís Fernando Veríssimo


DESABAFOS DE UM BOM MARIDO

Minha esposa e eu temos o segredo pra fazer um casamento durar:
Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida, e um bom companheirismo. Ela vai às terças-feiras, e eu às quintas.

Nós também dormimos em camas separadas. A dela é em Natal e a minha em São Paulo.

Eu levo minha esposa a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta

Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento.
"Em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse. Então eu sugeri a cozinha.

Nós sempre andamos de mãos dadas. Se eu soltar, ela vai às compras.
Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica. Então ela disse:
"Nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar".
Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.

Lembrem-se.... O casamento é a causa número 1 para o divórcio.
Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento.
Eu me casei com a "Sra Certa". Só não sabia que o primeiro nome dela era sempre".

Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.

Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou:"O que tem na TV?" E eu disse, "Poeira".

No começo Deus criou o mundo e descansou. Então, Ele criou o homem e descansou. Depois, criou a mulher. Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.
(Os maridos).
_ _ _
até breve

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Mineirim no boteco


O mineirinho entra num boteco e vê anunciado acima do balcão

Pinga______________________ R$ 1,00

Cerveja_____________________R$ 2,50

Pão de queijo________________ R$ 2,00

Sanduíche de galinha__________ R$ 3,00

Acariciar órgão sexual _________ R$ 5,00

Checando na carteira para não passar vergonha, ele vai até o balcão e chama uma das três garotas que ali estão servindo:

- Ô moça, faiz favor ...

- Sim? - responde ela com um sorriso lindo - Em que posso ajudar?

- É ocê que acaricia os orgão sexuar dos fregueis?

- Sou eu mesma... - responde ela, com voz 'caliente' e um olhar bem sensual.

- Então, ocê lava bem as mão, que eu quero um pão de queijo !
_ _ _

até breve

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Pensamento




A vida se resume em quatro frascos.
Vamos aproveitá-la, porque já estamos no terceiro.

até breve

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Frases para colar no vidro do carro


NÃO SOU SEU TIO,
NÃO TENHO TROCADO,
ODEIO MALARABISMO E
O VIDRO DO CARRO ESTÁ LIMPO...


Quem trabalha muito, erra muito. Quem trabalha pouco, erra pouco. Quem não trabalha não erra. E quem não erra é promovido.


Casamento começa em motel
e termina em 'pensão'!


PINTO É QUE NEM DOLAR : SOBE NO PARALELO E CAI NO OFICIAL .


'Um casamento vai para o brejo quando você começa a engolir tantos sapos que não sobra mais tempo para comer a perereca!'


É fazendo muita merda que se aduba a vida !!!!!


'Ironia do destino é quando um jardineiro tem um filho florzinha e uma filha trepadeira ......'


'Ex-namorada é igual a McDonalds: - a gente sabe que não deve, mas acaba comendo de vez em quando.'


'Que mulher nunca comeu uma caixa de Bis por ansiedade, uma folha de alface por vaidade e um cafajeste por saudade? '


'Não adianta ser rico e usar roupas caras se o melhor da vida a gente faz pelado.'

'Nóis só num bebe acetona porque tira o esmalte dos dente'


'Tem dia que a noite é foda'


'Se tiver que casar, case com uma mulher baixa. Dos males, o menor! '


'Mulher boa deve ser tratada como o bom vinho... tem que ser mantida na horizontal, no escuro e com rolha na boca '


'Passar a mulher para trás é fácil, difícil é passar adiante!'


O esperma não é apenas um líquido gosmento, mas sim lágrimas de um pinto apaixonado !


Feliz é o dono de sex shop, que pode dizer:
'Pegue suas coisas e vá se f*&%#!'
E o cliente ainda sai todo feliz.


'Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida .'

até breve

Extra! Extra!


Acaba de chegar ao conhecimento deste blog que recomeçaram as demissões na PMCG!



A informação , que veio através de um comentário, onde há a solicitação da não identificação do mementarista, é que 15 funcionários foram demitidos de uma Instituição Pública!



Comentário do Blog:



As demissões devem acontecer sim, uma vez que a PMCG não é cabide de emprego.



Apenas esperamos que as demissões tenham sido daqueles que estavam sem acrescentar nada para nosso município, e não política!



até breve

O Verão está chegando... e junto com ele a Dengue



Com a chegada do verão a Dengue se torna, infelizmente, muito presente. Abaixo uma dica de prevenção!

A “mosquiterica” foi inventada por um professor da UFRJ (MAULORI CABRAL) em parceria com biólogos da Fiocruz. Foi testada por eles e realmente funciona

MOSQUITECA
É muito simples sua construção.

1. Pegue uma garrafa PET de 1,5 litros ou mais.
2. Corte a parte superior para fazer uma espécie de funil.



3. Corte cerca de 10 cm da Pet, parte da base da garrafa.



4. Lixe a parte interna do pedaço similar a um funil, (pode ser utilizada uma lixa para madeira granulação 60, 100 0u 120. O objetivo é deixar a superfície interna bem áspera em toda a sua extensão.



5. Utilizando o “anel“ parte da tampa da própria garrafa, faça um fechamento com um pedacinho de tela dobrado, (não serve o tule de véu de noiva, pois o buraco é grande o suficiente para que o mosquito passe)


6. Coloque cinco grãos de arroz, ou de alpiste amassados, ou ainda ração para gatos dento da parte inferior da garrafa Pet.

7. Sele as duas partes com fita isolante.


8. Está pronta a armadilha para a fêmea do mosquito transmissor da dengue.


9. Encha com água limpa até cerca de 3 cm da borda do funil. Complete a água à medida que a mesma for evaporando

10. Coloque a armadilha no quintal ou onde ficam os mosquitos. É necessário ser um local sombreado, a fêmeas do mosquito não gostam de sol.

11. A fêmea do mosquito, verfica onde está havendo evaporação da água para colocar os seus ovos.

12. Porque é necessário lixar o “funil”?
A superfície fica corrugada e com isso a água sobe por capilaridade, aumentando a taxa de evaporação atraindo mais facilmente a fêmea do mosquito “Aedes Aegypti”.

13. Porque é necessário colocar os grãos de arroz ou alpiste amassados?
A fêmea só põe ovos onde ela identifica que a água possui alimento para as larvas. Até “os mosquitos” têm instinto materno.

14. Os ovos descerão pelos buracos da tela e ficarão na parte inferior do recipiente a tela, serve de elemento de ligação entre as duas partes e não permite que as larvas passem para a parte superior do recipiente. A presença da barreira de tela é muito importante, se ela estiver rasgada/destruída ao invés de um armadilha para o mosquito você estará fornecendo um criatório para o mesmo.

15. Periodicamente esvazie a parte inferior e mate as larvas com cloro. Verifique se está tudo OK com a tela e encha novamente a armadilha com água. Verifique a sua armadilha todos os dias.

16. O mosquito adulto vive de 30 a 35 dias, e as fêmeas põem ovos de quatro a seis vezes, nesse período. Em cada vez, ela põe cerca de 100 ovos, sempre em locais com água limpa e parada. Se não encontra recipientes apropriados para depositar seus ovos, a fêmea pode voar distâncias de até três quilômetros até localizar um ponto que considere ideal. A temporada de chuva, complica as coisas: um ovo de aedes aegypti pode sobreviver até 450 dias – um ano e dois meses – mesmo que o local em que ele foi depositado fique seco. Se esse local receber água novamente (quando há uma chuvarada, por exemplo), o ovo volta a ficar ativo, podendo se transformar em larva e depois em pupa, e atinge a fase adulta num prazo curtíssimo: de dois a três dias.

17. A MATEMÁTICA DA MOSQUITOEIRA.

Faça como eu: construa dez armadilhas, espalhe 5 pelo seu quintal e dê as outras 5 aos vizinhos, amigos, parentes. Peça que cada um deles faça o mesmo. Veja os números de armadilhas que teremos a cada ciclo:
Ou seja, se cada um fizer a sua parte em 3 rodadas apenas teremos 1.560 armadilhas, enganando as fêmeas do mosquito. Em até 35 dias a fêmea do mosquito estará morta e se não tiver colocado os ovos em local onde os ovos se transformem em mosquitos, teremos (1.560 x10 x 100 = 1.560.000) mosquitos a menos.

O nº é este mesmo: mais de 1,5 milhões de mosquitos, considerando que cada armadilha engane pelo menos 10 fêmeas e que estas fêmeas coloquem ovos apenas 4 vezes na sua vida adulta.

CONCLUSÃO:

Vamos dar a nossa contribuição para interromper esta situação.

Não vou abordar os outros cuidados para não disponibilizar criatórios para os mosquitos. Você já os conhece, mas também é necessário colocar em prática.

até breve

domingo, 22 de novembro de 2009

É antiga mas vale a pena postar


Como é difícil agradar a todos!

*ACONTECEU DE VERDADE NUMA EMPRESA DE SÃO PAULO :

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.

Data:1 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas.

Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de natal...sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar!

A árvore de Natal terá suas luzes acesas às 13:00.
A troca de presentes de amigo secreto pode ser feita a qualquer momento, entretanto, nenhum presente deverá exceder R$20,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos.
Boas festas para vocês e suas famílias,
Patrícia
_________________________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.

Data: 2 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

De maneira alguma nosso memorando de 01 de dezembro pretendeu excluir nossos funcionários judeus!

Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costumam coincidir com o Natal, mas isso não aconteceu este ano.De qualquer forma, passaremos a chamá-la de "Festa de Final de Ano".
A mesma política se aplica a todos os outros funcionários que não sejam cristãos e àqueles que ainda celebram o Dia da Reconciliação.

Não haverá árvore de Natal.

Nada de canções de natal nem coral.

Teremos outros tipos de música para seu entretenimento.

Felizes agora?
Boas festas para vocês e suas famílias,
Patrícia
_________________________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.

Data: 3 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Com relação ao bilhete que recebi de um membro dos Alcoólicos Anônimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... Você não assinou seu nome!

Fico feliz em atender o pedido, mas se eu puser uma placa na mesa " Exclusivo para AA ", vocês não serão mais anônimos... Como faço então?

Nenhuma troca de presentes será permitida, uma vez que os membros do sindicato acham que R$20,00 é muito dinheiro e os executivos acham que $20,00 é muito pouco para um presente.

NENHUMA TROCA DE PRESENTES SERÁ PERMITIDA, certo?

Patrícia
_________________________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.

Data: 7 de dezembro
Assunto: Festa de Natal

Eu não sabia que no dia 20 de dezembro começa o mês sagrado do Ramadan para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia.
Talvez a Churrascaria Grill House possa segurar o serviço de buffet até o fim do dia - ou então, embalar tudo para que vocês levem para casa nas marmitas. O que vocês acham disso?
Novidades:
Neste meio tempo, consegui que os membros do Vigilantes do Peso sentem o mais longe possível do buffet de sobremesas; as mulheres grávidas sentem-se o mais perto possível dos banheiros; teremos assentos mais altos para pessoas baixas e comida com baixa-caloria estará disponível para os que estão de dieta.
Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida.
Desta forma, sugerimos para estas pessoas com pressão alta provar o gosto primeiro.
Haverá frutas frescas de sobremesa para os diabéticos. O restaurante não dispõe de sobremesas sem açúcar.

Nossas profundas desculpas.
Esqueci de alguma coisa?
Patrícia
_________________________________________________________________

Patrícia Gomes - Diretora de Recursos Humanos

COMUNICADO PARA TODOS FILHOS DA P*&$%# QUE TRABALHAM NESTA EMPRESA.

Data: 8 de dezembro
Assunto: Festa de Natal DO C*%$#@¨&+

Vegetarianos!?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar sua opinião de merda
ou reclamar de alguma coisa!!!
Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar, ferrem-se!
Então, como alternativa, seus putos, vocês podem sentar-se quietinhos na mesa mais distante possível da tal " churrasqueira da morte " – como vocês se referiram de forma bastante depreciativa ao utensílio.
E vocês terão também sua mesa de saladas de merda, incluindo tomates hidropônicos da casa do caralho & arrozinho grudento pra comer de pauzinho.

Aqueles que, naturalmente, ainda não gostaram, podem enfiar tudo no c*.

Ah, espero que vocês todos tenham uma bosta de festa de final de ano!

E que dirijam muito, muito bêbados e morram todos, todinhos esturricados por aí.
Escutaram?

A Vaca, diretamente da p)*&% que os pariu.

_________________________________________________________________

Dr. Pacheco - Diretor de Recursos Humanos INTERINO

COMUNICADO PARA TODOS OS funcionários

Data: 10 de dezembro

Assunto: Patrícia Gomes e Festa de Final de Ano

Tenho certeza que falo por todos desejando para a Patrícia um rápido restabelecimento para sua crise de stress e continuarei a encaminhar suas mensagens para ela no sanatório.
Por conta deste fato, a diretoria decidiu cancelar a Festa de Final de Ano e dar folga remunerada para todos na tarde do dia 23 de dezembro.

Boas Festas,

Jonas
_ _ _
até breve

GESTÃO ESTRATÉGICA




SEIS AULAS DE GESTÃO ESTRATÉGICA

AULA 1
Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz: – Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora.
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
- Quem era?
- Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
- Ótimo! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo?
Conclusão: *Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias*.

AULA 2
Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento. Ele para e oferece uma carona que a freira aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas. O padre se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira. A freira olha para ele e diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
O padre sem graça se desculpa:
- Desculpe Irmã, a carne é fraca…
E tira a mão da perna da freira. Mais uma vez a freira diz:
- Padre, lembre-se do Salmo 129!
Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento. Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: ‘ Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso’.
Conclusão: *Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades*.

AULA 3
Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz:
- Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!
- Eu primeiro, eu primeiro – Grita um dos funcionários… – Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida…
Pufff e ele foi. O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas!
Puff, e ele se foi..
- Agora você – diz o gênio para o gerente.
- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!
Conclusão: *Deixe sempre o seu chefe falar primeiro*.

AULA 4
Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome.
Conclusão: *Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.*

AULA 5
Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: – Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?
O corvo responde:
- Claro, porque não?
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.
Conclusão: *Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo *.

AULA 6
Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa, quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
- Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde:
- Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!
Conclusão: *A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente*

_ _ _


até breve

Uma disputa por uma cerveja



Realmente não dá para disputar!

até breve

sábado, 21 de novembro de 2009

Joãozinho mande in Japan



Versão japonesa do Joãozinho!!

No primeiro dia de aulas numa escola secundaria dos EUA a professora apresentou aos alunos um novo colega, Massahiro Suzuki, do Japão.

A aula começa e a professora:

Vamos ver quem conhece a história americana.

Quem disse:

'Dê-me a liberdade ou a morte'?

Silêncio total na sala.

Apenas Suzuki levanta a mão e diz:

- Patrick Henry em 1775 na Filadélfia.


Muito bem, Suzuki.

E quem disse: 'O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se.'?

- Abraham Lincoln em 1863 em Washington.

A professora olha os alunos e diz:

- Vocês não têm vergonha?

Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana que vocês!

Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo:

- Vai tomar no cú, japonês de merda!

- Quem foi? grita a professora.

Suzuki levanta a mão e sem esperar responde:

- General McArthur em 1942 em Guadalcanal, e Lee Iacocca em 1982 na Assembléia Geral da Chrysler.A turma fica super silenciosa, apenas ouve-se do fundo da sala:

- Acho que vou vomitar.

A professora grita: - Quem foi?

E Suzuki:

- George Bush (pai) ao Primeiro-Ministro Tanaka durante um almoço, em Tókio, em 1991.

Um dos alunos grita:

- Chupa o meu pau!

E a professora irritada!Acabou-se!

Quem foi agora?

E Suzuki, sem hesitações:

- Bill Clinton à Mônica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, em 1997.

E outro aluno se levanta e grita:- Suzuki é uma merda!

E Suzuki responde:

- Valentino Rossi no Grande Prêmio de Moto no Rio de Janeiro em 2002.

A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta se abre e entra o diretor, que diz:

- Que merda é essa, nunca vi uma confusão destas!

Suzuki:

- Lula para o ministro da Aeronáutica, a respeito do caos aéreo em Dez/2006, Brasília.

E outro aluno, num sussurro que ecoou:- Ihhh... agora fodeu de vez!

Suzuki:

- Lula de novo, após a queda do avião da TAM

O diretor fica estarrecido com a impetulancia do japonês e da euforia da turma e diz:

- Cambada de trombadinhas filhos da puta, definitivamente o lugar de vocês não é aqui!

Suzuki:

- Paulo Autuori para o time do Flamengo nas finais do campeonato brasileiro de 1997 (Show de Edmundo!!!).

O diretor fica inconformado e desolado e diz a turma quase saindo de fininho da sala:

- Vocês ganharam, cambada de viadinhos....

Suzuki:

- Vanderley Luxemburgo para a torcida do São Paulo no final do campeonato brasileiro 2008.
_ _ _

até breve

Mascote do São Paulo F. C.



Como flamenguista, não podia deixar de postar.

até breve

Certidão Eleitoral Eletrônica


Você ainda guarda aquelas tirinhas de papel ridículas para comprovar que votou nas últimas eleições?

Afinal de contas sem essa comprovação não dá para tirar Passaporte, CTPS, etc. não é mesmo?

Pois pode jogar todas as suas tirinhas no lixo!

Basta apresentar a Certidão de Quitação Eleitoral que não custa um centavo sequer e que você mesmo imprime em casa.

Basta acessar o site abaixo e preencher com os dados que você encontra no seu Título de Eleitor:

http://www.tse.gov.br/internet/servicos_eleitor/quitacao_blank.htm


até breve

sábado, 14 de novembro de 2009

O pau está quebrando...


muita correria e pouquíssimo tempo!

Por esses motivos não tenho dado muita atenção ao blog!

Muito serviço e viagens, graças a Deus, fora o fato de que minha vida particular está passando por um turbilhão (benigno) de emoções!

Mas assim que puder retornarei com força total!

E isto está bem próximo!

até breve

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Bebe lamparão!!!

Mais uma da Série Manguaça!



Me lembrou um coroa lá de Santa Clara!

até breve

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Bom Dia!


Caminhando contra o vento
Sem lenço e sem documento
No sol de quase dezembro
Eu vou...

O sol se reparte em crimes
Espaçonaves, guerrilhas
Em cardinales bonitas
Eu vou...

Em caras de presidentes
Em grandes beijos de amor
Em dentes, pernas, bandeiras
Bomba e Brigitte Bardot...

O sol nas bancas de revista
Me enche de alegria e preguiça
Quem lê tanta notícia
Eu vou...

Por entre fotos e nomes
Os olhos cheios de cores
O peito cheio de amores vãos
Eu vou
Por que não, por que não...

Ela pensa em casamento
E eu nunca mais fui à escola
Sem lenço e sem documento,
Eu vou...

Eu tomo uma coca-cola
Ela pensa em casamento
E uma canção me consola
Eu vou...

Por entre fotos e nomes
Sem livros e sem fuzil
Sem fome, sem telefone
No coração do Brasil...

Ela nem sabe até pensei
Em cantar na televisão
O sol é tão bonito
Eu vou...

Sem lenço, sem documento
Nada no bolso ou nas mãos
Eu quero seguir vivendo, amor
Eu vou...

Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...
Por que não, por que não...

Alegria, Alegria
Composição: Caetano Veloso


_ _ _

Quero comunicar que o "dim-dim" voltou a pintar... e sendo assim, vou aproveitar o que não pude no feriad(inh)o. Hehehehe...

Mas já volto!

até breve

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O Mundo... para os Americanos!

Clique na imagem para aumentar.

até breve

Nunca se justifique para ninguém


Nunca se justifique para ninguém. Porque a pessoa que gosta de você não precisa que você faça isso, e quem não gosta não acreditará

Não deixe que alguém se torne uma prioridade em sua vida, quando você é somente uma possível opção na vida dessa pessoa.
Relacionamentos funcionam melhor quando são equilibrados.

De manhã quando você acorda, você tem simplesmente duas opções: voltar a dormir e a sonhar ou levantar e correr atrás dos seus sonhos. A escolha é sua.

Nós fazemos chorar aqueles que cuidam de nós.
Nós choramos por aqueles que nunca cuidam de nós.
E nós cuidamos daqueles que nunca vão chorar por nós. Essa é a vida, é estranho mas é verdade.
Uma vez que você entenda isso, nunca será tarde demais para mudar.

Não faça promessas quando você estiver alegre.
Não responda quando você estiver triste.
Não tome decisões quando você estiver zangado.
Pense duas vezes.... Seja esperto.

O tempo é como um rio.
Você nunca poderá tocar a mesma água duas vezes, porque a água que passou nunca passará novamente.
Aproveite cada minuto da sua vida...

Se você continuar dizendo que está ocupado, então você nunca estará livre.
Se você continuar dizendo que não tem tempo, então você nunca terá tempo.
Se você continuar dizendo que fará isso amanhã, então o amanhã nunca chegará.

_ _ _


até breve

Bom Dia!


foto: morro do rato.

Você lembra, lembra!
Daquele tempo
Eu tinha estrelas nos olhos
Um jeito de herói
Era mais forte e veloz
Que qualquer mocinho
De cowboy...

Você lembra, lembra!
Eu costumava andar
Bem mais de mil léguas
Prá poder buscar
Flores-de-maio azuis
E os seus cabelos enfeitar...

Água da fonte
Cansei de beber
Prá não envelhecer
Como quisesse
Roubar da manhã
Um lindo pôr-de-sol
Hoje não colho mais
As flores-de-maio
Nem sou mais veloz
Como os heróis...

É! Talvez eu seja
Simplesmente
Como um sapato velho
Mas ainda sirvo
Se você quiser
Basta você me calçar
Que eu aqueço o frio
Dos seus pés...

Água da fonte
Cansei de beber
Prá não envelhecer
Como quisesse
Roubar da manhã
Um lindo pôr-de-sol
Hoje não colho mais
As flores-de-maio
Nem sou mais veloz
Como os heróis...

É! Talvez eu seja
Simplesmente
Como um sapato velho
Mas ainda sirvo
Se você quiser
Basta você me calçar
Que eu aqueço o frio
Dos seus pés...

Talvez eu seja
Simplesmente
Como um sapato velho
Mas ainda sirvo
Se você quiser
Basta você me calçar
Que eu aqueço o frio
Dos seus pés...

Sapato Velho
Composição: Mu - Claudio Nucci - Paulinho Tapajós


até breve

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Isso que dá brincar em serviço!



até breve

O anel de ouro!


Um aluno chegou ao seu professor com um problema.

- Venho aqui, professor, porque me sinto tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada.

- Dizem que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e muito idiota.

Como posso melhorar?

O que posso fazer para que me valorizem mais?

O professor sem olhá-lo, disse:

- Sinto muito meu jovem, mas agora não posso ajudá-lo, devo primeiro resolver o meu próprio problema. Talvez depois.

E fazendo uma pausa falou:

Se me ajudar eu posso resolver meu problema com mais rapidez e depois talvez possa ajudar a resolver o seu.

- Claro, professor – gaguejou o jovem,mas se sentiu outra vez desvalorizado.

O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno, deu ao garoto e disse:

Monte no cavalo e vá até o mercado. Deve vender esse anel porque tenho que pagar uma dívida.

É preciso que obtenha pelo anel o máximo possível, mas não aceite menos que uma moeda de ouro.

Vá e volte com a moeda o mais rápido possível.

O jovem pegou o anel e partiu.

Mal chegou ao mercado começou a oferecer o anel aos mercadores.

Eles olhavam com algum interesse até quando o jovem dizia o quanto pretendia pelo anel.

Quando o jovem mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saiam sem ao menos olhar para ele, mas só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel.

Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas.

Depois de oferecer a jóia a todos que passavam pelo mercado e abatido pelo fracasso, montou no cavalo e voltou. O jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando a preocupação de seu professor e assim podendo receber sua ajuda conselhos.

Entrou na casa e disse:

- Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu.

Talvez pudesse conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel.

Importante o que me disse meu jovem, contestou sorridente. Devemos saber primeiro o valor do anel. Volte a ontar no cavalo e vá até o joalheiro. Quem melhor para saber o valor exato do anel? Diga que quer vender o anel e pergunte quanto ele te dá por ele.

Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o venda. Volte aqui com meu anel.

O jovem foi até ao joalheiro e lhe deu o anel para examinar. O joalheiro examinou o anel com uma lupa, pesou o anel e disse:

- Diga ao seu professor que, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro pelo anel.

58 MOEDAS DE OURO!!!

- Exclamou o jovem.

Sim, replicou o joalheiro, eu sei que com tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente ...

O jovem correu emocionado a casa do professor para contar o que ocorreu.

- Senta, disse o professor e depois de ouvir tudo que jovem lhe contou e disse:

- Você é como esse anel, uma jóia valiosa e única.

Só pode ser avaliada por um especialista.

Pensava que qualquer um poderia descobrir o seu verdadeiro valor?

E dizendo isso voltou a colocar o anel no dedo.

Todos nós somos como esta jóia.

Valiosos e únicos e andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem.

Repense seu valor !!!

_ _ _


até breve

Divisão de bens entre Adão e Eva


Quando Deus criou Adão e Eva, disse aos dois:
- Tenho dois presentes para distribuir entre vocês: um é para fazer xixi em pé e...

Adão, ansiosíssimo, interrompeu, gritando:
- Eu! Eu! Eu! Eu! Eu quero, por favor... Senhor, por favor, por favor, Sim? Facilitaria-me a vida substancialmente! Por favor! Por favor! Por favor!

Eva concordou e disse que essas coisas não tinham importância para ela.
Então, Deus presenteou Adão.

Adão ficou maravilhado. Gritava de alegria, corria pelo jardim do Éden fazendo xixi em todas as árvores. Correu pela praia fazendo desenhos com seu xixi na areia. Brincava de chafariz. Acendia uma fogueirinha e brincava de bombeiro...

Deus e Eva contemplavam o homem louco de felicidade, até que Eva perguntou a Deus:
- E... qual é o outro presente?

Deus respondeu:

- Cérebro, Eva, cérebro.

_ _ _



Essa é para não dizerem que sou machista.



até breve

CREMAÇÃO DA SOGRA


Após a cerimônia de cremação da velha, todos os familiares e amigos da mesma se encontram ao redor da urna contendo as cinzas, para as últimas homenagens.

Depois de alguns minutos em que muitos murmuravam diante da cena, o genro, depois de beber todas, com muita dificuldade pede a palavra para discursar.

Sobe em uma cadeira e diz:

- E agora, meus amigos, uma salva de palmas pro assador...
_ _ _


até breve

A lógica da freira



Duas freiras saíram do convento para vender biscoitos.
Uma é a Irmã Maria e a outra é a Irmã Léia.
Irmã Maria: Está ficando escuro e nós ainda estamos longe do convento !!!
Irmã Léia: Você reparou que um homem está nos seguindo há uma meia hora?
Irmã Maria : Sim, o que será que ele quer?
Irmã Léia: É lógico! Ele quer nos estuprar.
Irmã Maria: Oh, não! Se continuarmos neste ritmo ele vai nos alcançar,no máximo em 15 minutos. O que vamos fazer?
Irmã Léia: A única coisa Lógica a fazer é andarmos mais rápido!!!
Irmã Maria: Não está funcionando.
Irmã Léia: Claro que não! Ele fez a única coisa lógica a fazer, ele também começou andar mais rápido.
Irmã Maria: E agora, o que devemos fazer? Ele nos alcançará em 1 minuto!
Irmã Léia: A única coisa lógica que nos resta fazer, é nos separar! Você vai para aquele lado e eu vou pelo outro. Ele não poderá seguir-nos as duas, ao mesmo tempo.
Então, o homem decidiu seguir a Irmã Léia.
A Irmã Maria chegou ao convento, preocupada com o que poderia ter acontecido à Irmã Léia.
Passado um bom tempo, eis que chega a Irmã Léia.
Irmã Maria: Irmã Léia !!! Graças a Deus você chegou! Me conte o que aconteceu!!!
Irmã Léia: Aconteceu o lógico. O homem não podia seguir-nos as duas,então ele optou por me seguir.
Irmã Maria: Então, o que aconteceu?
Irmã Léia: O lógico, eu comecei a correr o mais rápido que podia e ele correu o mais rápido que ele podia, também...
Irmã Maria: E então?...
Irmã Léia: Novamente aconteceu o lógico: ele me alcançou.
Irmã Maria: Oh, meu Deus! O que você fez?
Irmã Léia: Eu fiz o lógico: levantei meu hábito.
Irmã Maria: Oh, Irmã Léia !!!! E o que o homem fez ?
Irmã Léia: Ele, também, fez o lógico: abaixou as calças.
Irmã Maria: Oh, não!!!!! O que aconteceu depois?
Irmã Léia: Não é óbvio, Irmã Maria? Uma freira com o hábito levantado consegue correr muito mais rápido do que um homem com as calças abaixadas.
_ _ _


Pensou besteira?


até breve

JANE NUNES, ROSE DAVID E TODA SUA TURMA, NÃO TEM MAIS BLOG...


mas continuam procurando o que fazer!


Calma gente... vou explicar!

Elas não têm mais a extenção ".blogspot.com", pois adquiriram o "DOMÍNIO".

Eis o comentário enviado por este blog e a resposta da Jane:

"Cabrundo do Chuvisco disse...


A lista de blogs que vc's seguem não está aparecendo!

até breve

4 de Novembro de 2009 00:24

Jane Nunes disse...


tenho que colocar tudo de novo, porque adquirimos o domínio,ârre égua...

4 de Novembro de 2009 01:39"

Quem pode... pode!!!

Mas Jane, só para informação, quais as vantagens de se ter um domínio?

até breve

Bom Dia!


Foto: Lagoa Feia

Meu amor
Eu nem sei te dizer quanta dor
Mesmo a noite não sabia
O que o amor escondia

Minha vida
Que fazer com minha alma perdida
Foi um raio de ilusão
Bem no meu coração

E veio com tudo
Dissabor e tudo
Veio com tudo
Dissabor e tudo

Eu sei,
Eu não sei viver sem ela
Assim, um simples talvez me desespera
Ninguém pode querer bem sem ralar
Na há nada o que fazer
Amar é tudo

Amar é Tudo
Djavan


até breve

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Nariz de Palhaço na Uniban


Atualizando:


"Aluna hostilizada falta à aula e colegas usam nariz de palhaço em protesto Geysi Arruda disse que voltaria à universidade nesta terça-feira (3).

Em 22 de outubro, ela precisou de escolta da PM para sair do campus.

A Uniban parou novamente na noite desta terça-feira (3). Desta vez, para acompanhar a volta às aulas da estudante de turismo Geysi Arruda, hostilizada após ir à faculdade de vestido curto há pouco mais de duas semanas. Mas ela não apareceu." Matéira na íntegra aqui.

até breve

"Vou voltar à Uniban"


Deu hoje, 03/11, no G1:

"Aluna da Uniban promete voltar nesta terça à aula, mas de calça comprida.

Estudante diz que não quer criar mais polêmica após usar vestido curto.
Ela fala em 'estudar' de calça, blusa e salto alto em faculdade no ABC.

Após ser hostilizada pelos colegas da universidade por usar um vestido curto e virar o assunto da semana, a estudante de turismo Geysi Arruda prometeu voltar ao palco da discórdia na noite desta terça-feira (3). Desta vez, usando calça comprida, blusa e salto alto.

'Vou voltar à Uniban. Vou correr o risco de receber insultos, ser xingada. Mas é um direito meu voltar a estudar', disse." Matéria na íntegra aqui.


até breve

Essa é F#%&!!!



E ainda dizem que eu é que bebo!

"Tão de sacanagem!"

até breve

...até a abertura da última “ampola”.







Diante de problemas da ordem econômica, o feriado pretendido fora encurtado!

Ao chegar fui direto ao computador.

Abri o e-mail.

Deparei-me com alguns comentários no blog e fiz a moderação cabível.

Preparando-me para sair para almoçar recebi um telefonema.

Um churrasco estava sendo armado!

Tive o prazer de estar com pessoas que não me reunia a um certo tempo.

Pessoas ilustres como políticos, funcionários públicos da esfera municipal e também estadual, e, é claro, funcionários da iniciativa privada.

O papo estava animado, ao som do chiado da churrasqueira e ao fundo, por algumas vezes, Chico Buarque!

A cerveja estava gelada, fator esse, importantíssimo, para manter o grupo até a abertura da última “ampola”.

Como já era de se esperar, sempre há um “raxaxá”.

Desprovido, tive que sacar um qualquer da madame!

E a carne continuava a queimar, com muita fartura! Picanha, contra-filé, frango, lingüiça, entre outras iguarias.

Falávamos sobre assuntos variados.

Não me contive!

Sabia que dentre os convidados havia um funcionário do Ministério Público, e tentei sugar informações para futuras postagens.

Em vão!

Acho que o MP é um braço da maçonaria. Rsrsrsrs!

O cara se fechou-se em copas! Não saia nada.

Um político, mais astuto, sentiu minha ânsia por conhecimento, e também não escondia a sua, tentou desabrochar o integrante do parquet. Esforçou-se em vão!

Acho que a presença política inibiu-o.

Mas a farra continuou!

9 da noite, quase que de forma ensaiada, todos levantaram-se!

Um “boa noite”, quase uníssono, foi dado!

Não restava uma só ampola!

até breve

sábado, 31 de outubro de 2009

Juro que tentei desligar o PC...

mas ao passar pelo blog da Jane deparei-me com esta pérola e não podia deixar de postar.



Agora, para aqueles que já tiveram a oportunidade de ver "Maravilha", o vendedor de picolé da frente do colégio Auxiliadora, bêbado, pergunto: é isso ai ou não??? Rsrsrsrsrs

até breve

Bom Feriado!


O bom dia de hoje foi dado tarde e a escolha da música foi proposital!

Vou explicar: estou fugindo... de Campos!

Piorei a explicação, né?

Estou indo viajar neste momento. (Ficou melhor agora?)

Retorno na quarta.

Se tiver tempo posto alguma bobagem por lá, se não...

BOM FERIADO A TODOS!

até o retorno

(é mais forte do que eu)

até breve

Bom Dia!


Vamos fugir!
Deste lugar
Baby!
Vamos fugir
Tô cansado de esperar
Que você me carregue...

Vamos fugir!
Pr'outro lugar
Baby!
Vamos fugir
Pr'onde quer que você vá
Que você me carregue...

Pois diga que irá
Irajá, Irajá
Prá onde eu só veja você
Você veja a mim só
Marajó, Marajó
Qualquer outro lugar comum
Outro lugar qualquer...
Guaporé, Guaporé
Qualquer outro lugar ao sol
Outro lugar ao sul
Céu azul, Céu azul
Onde haja só meu corpo nu
Junto ao seu corpo nu...

Vamos fugir!
Pr'outro lugar
Baby!
Vamos fugir
Pr'onde haja um tobogã
Onde a gente escorregue...

Vamos fugir!
Deste lugar
Baby!
Vamos fugir
Tô cansado de esperar
Que você me carregue...

Pois diga que irá
Irajá, Irajá
Prá onde eu só veja você
Você veja a mim só
Marajó, Marajó
Qualquer outro lugar comum
Outro lugar qualquer...
Guaporé, Guaporé
Qualquer outro lugar ao sol
Outro lugar ao sul
Céu azul, Céu azul
Onde haja só meu corpo nu
Junto ao teu corpo nu...

Vamos fugir!
Pr'outro lugar
Baby!
Vamos fugir
Pr'onde haja um tobogã
Onde a gente escorregue...

Tô cansado de esperar
Que você me carregue
Todo dia de manhã
Flores que a gente regue...
Uma banda de maçã
Outra banda de reggae...

Todo dia de manhã
Flores que a gente regue...
oooo ... ooo ..

Uma banda de maçã
Outra banda de reggae...

Vamos Fugir
Composição: Arnolpho Lima Filho / Gilberto Gil


(desculpe-me pela demora)

até breve

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Bom Dia!



Você já pensou em chegar
Numa boa aos quarenta?
Por que você não tenta?
Por que não experimenta?
Você quer dançar ao som do Soul
Dos anos sessenta
Então por que não reinventa?
Por que não experimenta?

Não tenha medo da loucura
Do escuro da solidão
Nem do Elefante Branco na contra mão
E se o mundo da tanta volta
Não há tempo de olhar pra trás
Repetindo os velhos erros dos nossos pais

As vezes a vida voa
As vezes ralenta
E as vezes arrebenta
Por que não experimenta?
E tudo que a gente não fez
E agora lamenta
Por que você não tenta?
Por que não experimenta?

Não tenha medo da loucura
Do escuro da solidão
Nem do Elefante Branco na contra mão
E se o mundo da tanta volta
Não há tempo de olhar pra trás
Repetindo os velhos erros dos nossos pais
Que descanse em paz!!!

Elefante Branco
Tigres de Bengala
Get this widget | Track details | eSnips Social DNA


até breve