sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz 2011!!!


Se quiseres sentir a paz dentro de ti, escuta, meu irmão:

Faze silêncio e espera que volte a primavera, na força da oração.

Transforma teu soluço em riso de esperança no amanhã que vem...

Depois da tempestade surge sempre a bonança, agora ou mais além.

Em tua longa estrada, só tu tens o poder de transformar espinhos

Em flores perfumadas que ao sol da confiança enfeitem teus caminhos.

Olhando ao teu redor verás que almas tristes te pedirão amor.

Tua tristeza esquece, sorri, ampara e aquece, seja o irmão quem for.

Sofrendo chuva e vento, o trigo doura o campo sem falar de sua dor...

E quando a nuvem passa a terra generosa desabotoa em flor.

Imita a Natureza que se desfaz em luz até o entardecer

E quando a noite chega no céu acendem estrelas até o amanhecer.


Cantiga da Paz
Dolores Duran (espírito)

_ _ _

Felicidades para todos e um ano de 2011 excepcional!!!

E antes que me esqueça, estou saindo de férias - que acho merecidas!!!rsrsrs - e o blog entrará de recesso por tempo indeterminado.

Um abraço à todos, e que 2011 supere 2010... nas coisas boas, é claro!!!

até breve

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Produção de petróleo e gás natural é recorde em novembro


A produção brasileira de petróleo e gás natural é recorde em novembro deste ano. Ela cresceu 5,2% na comparação com novembro de 2009 e de 4,6% em relação a outubro de 2010. Já a expansão da produção de gás natural foi 12% maior em relação a novembro do ano passado e de 2% na comparação com outubro.

Os dados constam do Boletim de Produção de Petróleo e Gás Natural de novembro de 2010, divulgado ontem (27) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com o boletim, 91,2% da produção de petróleo e gás natural foram extraídos de campos explorados pela Petrobras. “A plataforma P-52, no Campo do Roncador, na Bacia de Campos (norte do estado do Rio de Janeiro), produziu aproximadamente 156.673 barris de petróleo por dia e continua sendo a unidade com maior produção pelo terceiro mês consecutivo. O Campo de Roncador foi o maior produtor de petróleo e o de Manati, no sul da Bahia, o maior produtor de gás natural”.

Fonte: Agência Brasil

até breve

"Faetec tem 67 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática" alunos de Campos marcam presença

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) teve 67 alunos de 11 escolas da Fundação foram premiados com a Menção Honrosa pela participação na 6ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Publicas (OBMEP). Um projeto que tem o objetivo de criar um ambiente estimulante para o estudo da Matemática entre alunos e professores de escolas públicas de todo o país.

Entre as 11 escolas da Faetec que tiveram alunos premiados, destaque para a Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Henrique Lage e para a Escola Técnica Estadual (ETE) Henrique Lage, ambas localizadas no Barreto, em Niterói. A EEEF Henrique Lage teve 4 alunos agraciados com a Menção Honrosa no Nível 1 – para alunos do 6º e 7º anos do ensino fundamental – e 1 no Nível 2 – para alunos do 8º e 9º anos. Já na ETE Henrique Lage foram 14 agraciados no Nível 3 – para alunos do 1º ano do ensino médio.

Segundo a professora Daniela Salomão, diretora da ETE Henrique Lage, o sucesso é fruto do incentivo e do apoio da escola, que já participou de 4 edições anteriores, à participação dos alunos na competição, inclusive com aulas extras para a resolução de questões formuladas em OBMEPs anteriores.

As outras escolas da rede Faetec que tiveram alunos com Menções Honrosas foram a EEEF República, localizada em Quintino, na Zona Norte do Rio; o Instituo Superior de Educação (Iserj), na Praça da Bandeira, também no Rio; o Instituo Superior de Educação Profº Aldo Muylaert (Isepam) e a ETE João Barcelos Martins, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense; ETE Adolpho Bloch, na Mangueira, no Rio; ETE Ferreira Viana, no Maracanã; ETE João Luiz do Nascimento, em Nova Iguaçu; ETE Juscelino Kubitschek, no Jardim América, também na capital, e as ETEs Oscar Tenório e Visconde de Mauá, ambas em Marechal Hermes, na Zona Norte do Rio.

A OBMEP teve sua primeira edição em 2005 e vem crescendo a cada ano. Em 2009, mais de 19 milhões de alunos se inscreveram na competição e cerca de 99% dos municípios brasileiros foram representados. Os sucessivos recordes de participação fazem da OBMEP a maior olimpíada de matemática do mundo hoje. A edição de 2010 começou em fevereiro, com a abertura das inscrições. Em junho, aconteceram as provas da 1ª fase e em setembro, as provas da 2ª fase. Em 26 de novembro saiu a lista dos premiados.

Fonte: O Repórter

até breve

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Homem apontado como chefe do tráfico em favela de Campos é preso na Rocinha


Apontado como chefe do tráfico de drogas da comunidade Baleeiro, em Campos dos Goytacazes, Edvaldo Ribeiro de Souza, o De Campos, 32 anos, foi preso na madrugada de hoje. Policiais da 73ª DP (Neves) vinham investigando o acusado desde o início do mês.

Segundo a polícia, De Campos pediu abrigo na Rocinha há sete meses porque estava foragido do sistema penitenciário. Contra ele, há três mandados de prisão por tráfico, porte ilegal de armas e roubo, além de uma condenação. De acordo com o delegado Luiz Antônio Ferreira, o acusado foi autorizado a comprar um apartamento na Rocinha pelo chefão do tráfico de lá, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem.

A operação para prender De Campos foi montada no fim da noite de ontem, quando ele deixou a favela para voltar para Campos. A polícia esperou que ele passasse pela Ponte Rio-Niterói para evitar confronto. O preso foi interceptado por volta das 2h na BR-101, na altura do município de Silva Jardim, junto com um homem identificado aprnas como Márcio, que seria o motorista. Eles foram cercados e não tiveram tempo de reagir.

Dentro do forro da porta do carro, a polícia encontrou 420 cápsulas de cocaína, totalizando meio quilo da droga, e daus pistolas calibre 9 milímetros, com kit rajada. Ainda de acordo com o delegado, De Campos usava um carro comprado em nome de uma pessoa que já morreu e identidade falsa.

Fonte: O Dia

até breve

Circuito profissional deverá ter sete etapas, sendo quatro a partir de 22 de janeiro, no Norte Fluminense


Feserj homenageia campeões.

A Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (Feserj) premiou no último sábado os campeões amadores e profissionais dos eventos estaduais em 2010.

A entrega do Troféu Caio Monteiro aconteceu no Parque Marapendi, Recreio dos Bandeirantes, e reuniu os vencedores dos circuitos amadores (sub-14 e sub-18), além do campeão do circuito profissional do Rio de Janeiro.

Depois da entrega dos troféus, os atletas ainda conferiram um vídeo com os melhores momentos das competições em 2010.

"Os eventos superaram as expectativas. Esta festa é um momento único. Um encontro com a energia de Caio Monteiro, ex-técnico da equipe carioca e que dá nome ao troféu, em que os melhores da temporada são homenageados", diz Pedro Falcão, presidente da Feserj.

Pedro deixa a presidência no final do ano e passa a guarda para Abílio Fernandes, atual vice-presidente. Ele assume o cargo de gerente executivo da Feserj e cuidará de toda a comercialização dos eventos, que segundo ele já devem ganhar investimentos para 2011.

"Estamos estudando usar a lei do incentivo para os circuitos sub-14 e sub-18. Já o circuito profissional deverá ter sete etapas, sendo quatro a partir de 22 de janeiro, no Norte fluminense. Já as outras três, com R$ 30 mil em prêmios, acontecem durante a temporada", explica Falcão.

Campeões estaduais do Rio de Janeiro em 2010

Pré-Petit Daniel Templar
Petit João Vitor
Infantil Theo Frésia
Iniciantes Pedro Neves
Feminino Iniciantes Wendy Guimarães
Mirim Daniel Munhoz
Júnior Daniel Gonçalves
Feminino Júnior Luciana Sushi
Surdos Angelo Moura
Longboard Júnior Chloé Calmon
Profissional Masculino Igor Morais

Fonte: Waves

até breve

Prefeitura de Campos assina contratos com a Caixa e Banco do Brasil


A Prefeitura de Campos – Norte Fluminense – assinou nesta quinta-feira, contratos com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal para a operacionalização do Programa Municipal de Microcrédito, do Fundo de Desenvolvimento de Campos (Fundecam). O programa é voltado para microempresas e cidadãos empreendedores do município interessados em montar ou ampliar seu pequeno negócio.

A assinatura aconteceu durante café da manhã no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

- O Fundecam foi reestruturado, porque ele estava funcionando como um banco e, na verdade, não é. O Fundecam não tem que fazer empréstimos e, sim, equalizar taxas, para que pequenos e médios empreendedores possam pegar empréstimo. Nós vamos pagar a diferença da taxa do banco. Com isso, vamos poder oferecer mais empréstimos com taxas menores, destacou a prefeita da cidade, Rosinha Garotinho , acrescentando que quem mais emprega no Brasil são as pequenas empresas.

Rosinha determinou à secretária de Trabalho e Renda, Cecília Ribeiro Gomes, que promova o curso de empreendedorismo para formar microempreendedores, que poderão ter acesso ao microcrédito. Participaram da assinatura dos contratos com a prefeita, o gerente geral do Banco do Brasil, agência Centro, e o superintendente da Caixa Econômica Federal, Carlos Roberto Pereira.

Fonte: Correio do Brasil

até breve

Acidente mata grávida e dois homens na rodovia BR-101


Batida entre Saveiro e Gol ocorreu na localidade de Travessão, em Campos.

Um grávida no sétimo mês de gestação e dois homens morreram em um acidente envolvendo um Saveiro e um Gol na noite do último domingo (26) na rodovia BR-101, na localidade de Travessão, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), os dois veículos bateram de frente e as vítimas morreram na hora. O acidente ocorreu por volta das 21h50 no km 51 da rodovia.

A mulher morta na colisão tinha 26 anos.

Fonte: R7

até breve

Tráfego da OHL, a maior do país, cresce 40% até setembro


Grupo CCR, segundo colocado, teve crescimento de 22,7%.

O tráfego de veículos nas áreas das duas maiores empresas do setor de concessões rodoviárias saltou em 2010, engordando o caixa das companhias. Com nove concessões pelas quais administra 3,3 mil quilômetros de estradas brasileiras, a espanhola OHL Brasil S.A verificou disparada de quase 40% no fluxo de veículos em suas rodovias, de janeiro a setembro. Já o grupo CCR, que administra total de 2.437 quilômetros em rodovias, registrou aumento de e 22,7% no mesmo período.

A OHL atribuiu o resultado ao desempenho da economia brasileira no período, bem como à abertura da última praça de pedágio na concessionária federal Fernão Dias, além do início da cobrança em duas praças de pedágio na concessionária estadual Centrovias. Mas foram nas concessões da Autopista Litoral Sul, que liga Curitiba a Santa Catarina, e Fluminense, no Norte do Estado do Rio, que o fluxo de veículos mais cresceu: 87,1% e 85,4% respectivamente.

A Autopista Litoral Sul responde por 382,3 quilômetros do trecho conhecido como Corredor do Mercosul, que compreende o Contorno Leste de Curitiba (BR-116), a BR-376 e a BR-101. Com exceção de um contorno em Florianópolis que ainda deverá ser construído pela concessionária, não há exemplos citados de outras obras de expansão, mas sim de manutenção e melhorias. A empresa informa que venceu a concessão “para administrar e conservar o trecho por 25 anos”, em leilão realizado em 9 de outubro de 2007.

Já o tráfego na Autopista Fluminense, que administra 320 quilômetros no estado do Rio, disparou 85,7%. A concessionária que administra o trecho da BR-101/RJ ligando as cidades de Campos dos Goytacazes, Conceição de Macabu, Quissamã, Carapebus, Macaé, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Silva Jardim, Rio Bonito, Tanguá, Itaboraí, São Gonçalo e Niterói, prevê a duplicação de 176 quilômetros de estrada, além dos investimentos em melhorias, num total de R$ 2,3 bilhões. Além de passagem para o forte turismo na região de Búzios e Cabo Frio, a estrada conecta a região Norte, base da bacia de Campos – a maior produtora de petróleo do País – a outras cidades.

Na Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, o tráfego cresceu 40,7%, enquanto na Régis Bittencourt – que liga Curitiba a São Paulo, houve aumento de 43,8% no fluxo de veículos. Parte do principal corredor rodoviário de interligação das regiões Sudeste e Sul do Brasil, a estrada deve receber investimentos na duplicação de 30,50 km de pista na Serra do Cafezal; contrução do contorno Norte de Curitiba, com 11,6 quilômetros de expansão, além de obras em melhoria e manutenção da rodovia. são

Açúcar, milho e turismo

A CCR cita em seu relatório direcionado a investidores recorde nas exportações de açúcar e milho recordes no trimestre, além da produção de veículos de passeio, que, mesmo sem o incentivo de isenção de IPI, cresceu 8,2% no período. O maior salto foi verificado na subsidiária Via Oeste, que administra 168,62 quilômetros de rodovias no Sistema Castello-Raposo. Dentre as principais obras citadas pela concessionária, destacam-se a construção de uma nova ponte sobre o Rio Pinheiros, a reconfiguração de praças de pedágio, a duplicação da Rodovia Raposo Tavares entre os trechos do km 34 e km 46 e entre os km 92 e km 115,5.

Com aumento de 18,7% no tráfego, a concessionária Rodonorte, no Paraná, têm extensão total de 567 quilômetros, formando o corredor de escoamento de um dos principais polos de produção agrícola do estado. Entre os investimentos feitos na melhoria da malha viária, foram realizados a recuperação do pavimento e dos acostamentos, limpeza das pistas, renovação da sinalização, duplicações e construção de terceiras faixas em alguns trechos, segundo a empresa.

Por meio de nove concessionárias, a OHL Brasil administra rodovias localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná. No terceiro trimestre, a empresa aumentou em 17,9% a receita em relação ao resultado de 2009. De janeiro a setembro, a companhia realizou investimentos de 497 milhões.

A CCR aumentou em 21,6% a receita bruta, para R$ 2,9 bilhões. A empresa administra CCR Ponte (RJ), CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP) e CCR RodoAnel (SP), e, por meio de sua controlada CPC, a SPVias (SP), sendo que a CPC também participa da Renovias (SP).

Fonte: iG


até breve

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL!!!


Senhor, nesta Noite Santa, depositamos diante de Tua manjedoura todos os sonhos, todas as lágrimas e esperanças contidos em nossos corações. Pedimos por aqueles que choram sem ter quem lhes enxugue uma lágrima.

Por aqueles que gemem sem ter quem escute seu clamor.

Suplicamos por aqueles que Te buscam sem saber ao certo onde Te encontrar.

Para tantos que gritam paz, quando nada mais podem gritar.

Abençoa, Jesus-Menino, cada pessoa do planeta Terra, colocando em seu coração um pouco da luz eterna que vieste acender na noite escura de nossa fé.

Fica conosco, Senhor! Assim seja!
_ _ _

Que este Natal seja repleto de alegrias, felicidades e muita paz!

É o que deseja este blogueiro e sua família à todos, que por ventura, um dia, passaram por aqui!!!

Feliz Natal!!!

até breve

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Alguém conhece esse Programa? "CINEMA PARA TODOS "


O CINEMA PARA TODOS é um programa do plano estratégico do Governo do Estado do Rio de Janeiro e uma realização da Secretaria de Estado de Cultura e da Secretaria de Estado de Educação em parceria com o ICEM – Instituto Cultura e Movimento, as empresas distribuidoras, o Sindicato das Empresas Exibidoras do Estado do Rio de Janeiro e o Sindicato das Empresas Exibidoras do Município do Rio de Janeiro.

O que é?
O CINEMA PARA TODOS estimula e democratiza o acesso ao cinema provocando debates e reflexões dentro e fora das salas de aula. O objetivo é estimular a formação de público para o cinema nacional através da distribuição de vales-ingresso gratuitos a alunos, professores e diretores da rede pública estadual. Sua escola é bem-vinda a participar e a contribuir com essa rede que valoriza a educação, a cultura e o lazer de qualidade. Afinal, Cultura e Educação andam de mãos dadas!

Objetivo
O principal objetivo é levar alunos e educadores da Rede Pública Estadual aos cinemas de suas cidades gratuitamente para assistirem a filmes brasileiros. Possibilitar o acesso aos cinemas representa contribuir para a formação cultural das futuras gerações e para a valorização da produção audiovisual nacional.

Quem pode participar?
O público alvo do Programa são alunos e educadores do 9º ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio e o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) da rede pública estadual de ensino.

Como funciona?
O Promotor Cinema Para Todos visita as escolas dos municípios que possuem salas de cinema conveniadas ao Programa para divulgar os filmes e realizar a distribuição de vales-ingresso a alunos e educadores. As escolas são atendidas de acordo com o raio de proximidade aos cinemas conveniados até o final do ano de 2010. Os vales-ingresso devem ser trocados, nas bilheterias dos cinemas conveniados, por ingressos para as sessões de filmes brasileiros em cartaz em qualquer dia da semana, incluindo feriados e férias.

Atualmente, o CINEMA PARA TODOS atua em 21 municípios do Estado do Rio de Janeiro.

Como posso usar meu vale ingresso?
Seu vale-ingresso pode ser utilizado em qualquer uma das salas de cinema conveniadas. No site do CINEMA PARA TODOS você poderá encontrar a programação atualizada e a lista das salas de cinema conveniadas ao Cinema Para Todos.

O que mais o Cinema Para Todos traz este ano?
Sessões com a equipe pedagógica do programa:
em sessões exclusivas para professores, são desenvolvidas atividades pedagógicas a partir do conteúdo dos filmes. Vamos levar a sétima arte para a sala de aula!

Comunicação On-line:
o programa tem agora um canal direto de comunicação com os alunos e professores na internet. Contate-nos através do Orkut, Blog, Twitter, Facebook e Youtube. Alunos e educadores poderão interagir com o Programa na Web postando fotos, textos e vídeos e ainda participar de nossas promoções!

Oficinas de vídeo-interatividade:
As oficinas buscam o amadurecimento do olhar sobre a linguagem audiovisual e desafiam os alunos a realizar um vídeo usando ferramentas digitais presentes em seu cotidiano. Os vídeos produzidos deverão abordar a cultura audiovisual local, trazendo à tona as diversas formas de manifestação e consumo de cinema observadas hoje no Estado do Rio. Saiba mais sobre as oficinas no Blog das Oficinas!

Sua escola é bem-vinda a participar e a contribuir com essa rede que valoriza a educação, a cultura, a identidade brasileira, além do lazer de qualidade. Não perca a oportunidade de redescobrir o universo do cinema e aprender de um jeito super inovador. Afinal, a gente sabe que Cultura e Educação andam de mãos dadas!

O Programa atua em 21 municípios do Estado que possuem salas de cinema comerciais. Atualmente, os municípios participantes são:

Angra dos Reis
Barra Mansa
Bom Jesus do Itabapoana
Búzios
Duque de Caxias
Itaperuna
Macaé
Nilópolis
Niterói
Nova Friburgo
Nova Iguaçu
Petrópolis
Resende
Rio de Janeiro
São Gonçalo
São João de Meriti
Teresópolis
Três Rios
Valença
Vassouras
Volta Redonda
_ _ _

A pergunta é: e Campos, ainda não está nessa por qual motivo?

até breve

No Brasil, refeição saudável está virando coisa do passado


Estudo do IBGE mostra que o consumo de arroz e feijão diminui, enquanto a compra de produtos industrializados cresce. A dieta ficou menos balanceada.

O cardápio do brasileiro está mudando - e para pior. A quantidade média de arroz e feijão comprada pelas famílias diminuiu, enquanto a aquisição de comida industrializada e refrigerantes para consumo em casa cresceu. Além disso, as famílias estão consumindo menos frutas e hortaliças do que é recomendado para uma dieta saudável. É o que revelam os dados da Pesquisa de Orçamento Familiar, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.

De acordo com os dados, entre 2002-2003 e 2008-2009, a aquisição per capita do arroz caiu 40,5%; a do feijão, 26,4%; e a do açúcar refinado, 48,3%. No mesmo período considerado pelo estudo, houve um aumento de 39,3% na aquisição de refrigerante sabor cola. O levantamento também indicou que o brasileiro está comendo mais comida pronta. Segundo os dados, houve um crescimento na proporção da participação de comidas industrializadas na dieta, passando de 5,7% para 6,4% no caso dos pães e de 3,3% para 4,6% no consumo de refeições prontas.

A pesquisa mostrou ainda que, em seis anos, a disponibilidade alimentar diária caiu de 1.791 kcal para 1.611 kcal - o que, segundo o instituto, reflete o aumento do consumo de comida fora de casa. No período de 2002-2003, o montante total destinado para a alimentação fora de casa no orçamento das pessoas era de 24,1%. Em 2008-2009, os gastos com consumo alimentar fora do domicílio saltou para 31,1%. Segundo o IBGE, foi possível identificar “características negativas dos padrões de consumo alimentar em todo o país e em todas as classes de renda”.

A dieta brasileira não está totalmente balanceada para atingir parâmetros saudáveis. Para uma alimentação ideal, recomenda-se a disponibilidade de entre 55% e 75% para carboidratos, de 10% a 15% para as proteínas e entre 15% e 30% para calorias lipídicas (de gorduras). Entre 2008-2009, a quantidade de carboidratos na dieta representava 59% das calorias, 12% eram proteínas e 29%, lipídios. Há um excesso, porém, no consumo de açúcar, que representa 16,4% das calorias totais, quando o indicado é 10%. Além disso, frutas, verduras e legumes correspondiam a 2,8% das calorias no período analisado. Recomenda-se que esses tipos de alimentos tenham de 9% a 12% de participação de uma dieta de 2.000 kcal. O consumo de gorduras, especialmente as saturadas, é elevado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Consequências - Os produtos que são escolhidos para compor o carrinho de compras afetam diretamente a saúde da população. "Está havendo uma mudança nutricional no padrão alimentar do brasileiro e sabemos que o impacto disso é o aumento de sobrepeso e de obesidade. Isso pode causar diabetes, problemas cardiovasculares e até ao câncer", diz o endocrinologista Alfredo Halpern.

Ricardo Meirelles, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, acredita que a falta de tempo e o ritmo acelerado das grandes cidades influenciam o consumo de alimentos industrializados. "As pessoas têm menos tempo para cozinhar, então elas compram alimentos prontos", afirma. "O problema é que elas não sabem interpretar o que está no rótulo e fazem opções menos saudáveis".

Segundo levantamento do IBGE, as pessoas compram menos açúcar no mercado. Ao mesmo tempo, a participação do açúcar na alimentação diária está acima do recomendado. "É como um bolo de chocolate. Se a pessoa prepara em casa, ela tem como dosar a quantidade ideal de açúcar. Como não há tempo, ela compra o bolo pronto e consome o que já estava na receita", diz. "Como o açúcar é um alimento altamente palatável, há um consumo excessivo. As pessoas ingerem uma quantidade exagerada de calorias e engordam".

Fonte: veja

até breve

Ana de Hollanda pretende rever lei de Direitos Autorais



A futura ministra da Cultura, Ana de Hollanda, ainda está "tomando pé da casa". Mas em pelo menos uma questão ela já tem opinião formada - a respeito da polêmica proposta de modificações da Lei dos Direitos Autorais. "Vamos ter de rever tudo", afirmou a cantora e compositora, na primeira entrevista coletiva depois que foi anunciada titular da pasta, pela presidente eleita Dilma Rousseff.

A intenção de Ana é convocar juristas, artistas e, se for necessário, reabrir a consulta pública na internet para ouvir opiniões a respeito da proposta, que prevê flexibilização das atuais limitações aos direitos autorais. Ela lembrou que a discussão causou tanta polêmica que o projeto de lei ainda não foi mandado pelo Ministério da Cultura para o Congresso.

"Nós temos de trabalhar dentro (da legislação). O Brasil é signatário de convenções internacionais e não pode ser uma coisa radical, de uma hora para outra", afirmou. "Essa flexibilização, de uma certa forma, já existe (na lei atual). Você pode autorizar, ceder sua música e isso a lei já permite. Acho delicada a flexibilização generalizada. A lei já contempla bastante essa questão."

Ana de Hollanda sabe também que a proposta de modificação da Lei Rouanet, que tramita no Congresso e prevê renúncia fiscal menor, é "outra questão bastante polêmica". "Já ouvi queixas raivosas e grandes elogios. Com certeza, não vamos poder agradar a todos", disse. Ela ressaltou, no entanto, que precisa se informar melhor a respeito da nova lei. "Vamos rever as posições do ministério a respeito da lei, se vamos defender como está ou se vamos propor emendas. Mas tenho de me atualizar para ver como vai ficar."

Sexta dos sete filhos do sociólogo Sérgio Buarque de Hollanda e da dona de casa Maria Amélia, a Memélia, Ana disse que recebeu o apoio da família desde o início das sondagens para que assumisse o ministério, há cerca de dez dias, mas voltou a refutar qualquer interferência do irmão mais famoso, Chico Buarque. "Não tem nada a ver. A presidente foi muito clara comigo: (o convite) foi pelo meu trabalho. Ela sabia do meu trabalho na Funarte, que deu muito certo", contou Ana, que havia estado apenas uma vez com Dilma, antes do convite. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadão

até breve

Faetec: provas para assistente social e nutrição já têm nova data


Ascom da Fundação Ceperj

Os 1.352 candidatos para os cargos de nutricionista e assistente social do concurso público da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) já têm data para nova prova. A Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Pùblicos do Rio de Janeiro) marcou novas provas objetivas para os dois cargos (dos 80 originalmente previstos no edital deste concurso) para o dia 16 de janeiro. A Ceperj fez novo cronograma para estes candidatos, que tiveram as provas canceladas no último domingo (19). Para visualizar, o candidato deve acessar a página da Ceperj: www.ceperj.rj.gov.br.

As provas serão realizadas nos mesmos sete municípios onde ocorreram as de domingo: Rio de Janeiro, Araruama, Campos dos Goytacazes, Itaperuna, Petrópolis, Resende e Três Rios. O horário também será mantido: às 14h. O cartão de confirmação deve ser impresso na página da Ceperj, a partir de 7 de janeiro. Aqueles que não tiverem acesso à internet poderão fazer a impressão no protocolo da sede da Fundação, na Avenida Carlos Peixoto, 54, térreo, Botafogo.

De acordo com o diretor de Concursos e Processos Seletivos da Ceperj, Marcus São Thiago, os conteúdos programáticos das provas para nutricionista e para assistente social serão os mesmos do edital divulgado pela Fundação, em outubro deste ano.

- É importante que os candidatos a estes cargos observem que os conteúdos programáticos das novas provas serão os mesmos já divulgados e que os cartões de confirmação, com os locais de prova, serão emitidos pelo nosso site, a partir de 7 de janeiro – destaca o diretor.

O gabarito preliminar das provas objetivas para nutrição e assistente social serão divulgados no dia 18 de janeiro. Neste mesmo dia, inicia a interposição de recursos contra o gabarito preliminar, que vai até 31 do mesmo mês. O resultado final será divulgado no dia 21 de fevereiro na página da Ceperj e no Diário Oficial, de acordo com o novo cronograma do concurso, formulado especialmente para essas duas carreiras, disponível no site da Ceperj.

No último domingo, a Fundação Ceperj em sintonia com a Faetec, cancelou a prova para nutricionista, devido a uma falha na impressão da mesma. Um dia depois, a mesma decisão foi tomada para o cargo de assistente social, já que os candidatos que faziam a prova na unidade do Centro Universitário Celso Lisboa, em Sampaio, foram prejudicados por outros que concorriam ao cargo de nutricionista. O cancelamento das provas visou resguardar os interesses e a isonomia entre todos os candidatos aos dois cargos.

Fonte: Jornal Diário de Petrópolis

até breve

Real valoriza 108% frente ao dólar no governo Lula


O real é a moeda que mais se valorizou em relação ao dólar na comparação com o euro e com outras sete moedas latino americanas. Levantamento da consultoria Economática mostra que o real subiu 108,16% do dia 31 de dezembro de 2002 até o dia 21 de dezembro deste ano (período do governo Lula).

A consultoria usou como base de comparação a taxa Ptax, que é a média das cotações do dólar verificada pelo Banco Central e ponderada pelo volume de negócios feitos com a moeda. Em 31 de dezembro de 2002 o dólar Ptax para venda estava cotado a R$ 3,533 e na última terça-feira fechou em R$ 1,6974.

Alexandre Chaia, professor do Insper afirma que vários fatores contribuíram para a valorização do real em relação ao dólar. "Mas, na verdade, de quatro anos para cá, os Estados Unidos têm feito uma política de moeda fraca a fim de equilibrar a sua balança comercial. Isso, naturalmente, iria gerar a valorização das outras moedas", explica.

Rogério Bastos, diretor da consultoria de investimentos FinPlan, concorda com Chaia. "A valorização das moedas diante do dólar é um movimento global e não só brasileiro", comenta. Os dois especialistas, no entanto, ponderam que existem fatores nacionais específicos que impulsionaram a cotação do real. O volume de commodities exportadas e o bom desempenho brasileiro durante a crise financeira mundial são os principais pontos que contribuíram para esse movimento, afirmam os especialistas.

Ainda de acordo com a Economática, a maior valorização anual da moeda brasileira ocorreu em 2009, quando o real teve alta de 34,22%. Dos oito anos analisados pela consultoria, apenas o de 2008 demonstrou desvalorização do real sobre o dólar, com recuo de 24,21%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Esatdão

até breve

Lula sanciona lei do pré-sal com veto à partilha dos royalties


Presidente havia adiantado que iria vetar parte da lei.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira (22) a lei que define novas regras para a exploração de petróleo na camada do pré-sal. Como havia prometido, Lula vetou o artigo que determinava a divisão dos royalties do petróleo entre todos os estados e municípios brasileiros. Outro artigo vetado destinava metade do dinheiro do Fundo Social do pré-sal a programas de educação.

Com o veto ao modelo de divisão equânime dos royalties, aprovado pelo Congresso Nacional, o presidente Lula encaminhou ao Parlamento um projeto de lei que garante uma parcela maior de recursos aos estados produtores de petróleo. Assim, cumpre o acordo fechado com os governadores dos principais estados produtores - Rio de Janeiro e Espírito Santo – no ano passado.

O modelo aprovado pelos parlamentares e vetado pelo presidente previa a partilha dos royalties conforme os percentuais do Fundo de Participação dos Estados e dos Municípios. Caberia à União compensar os estados produtores pelas perdas com a divisão.

O ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmerman, acredita que o projeto de lei encaminhado ao Congresso será aprovado no ano que vem. “Isso é do maior interesse da sociedade brasileira. Tenho certeza que o Congresso brasileiro vai achar uma forma de agilizar para que a gente possa fazer as rodadas [de licitação de blocos do pré-sal no novo modelo de partilha] necessárias”, afirmou.

Em relação ao segundo veto, uma comissão definirá qual o percentual do Fundo Social que deverá ser repassado para cada área. Os recursos do fundo se destinam à educação, ao esporte, ao meio ambiente, à ciência e tecnologia e ao combate à pobreza.

A lei sancionada muda o modelo de exploração de petróleo do pré-sal, de concessão para partilha. De acordo com a lei, empresas serão contratadas para explorar os blocos e terão que dividir os lucros com a União. Serão escolhidas as empresas que oferecerem a maior parcela da produção ao governo.

Na cerimônia de sanção, o presidente Lula ressaltou que o pré-sal vai por o país na lista dos grandes produtores de petróleo. “Fará com que o Brasil, em poucos anos, figure entre os maiores produtores do planeta. Trata-se de um extraordinário momento histórico”, afirmou Lula.

Fonte: Época

até breve

Orçamento é aprovado com salário mínimo de R$ 540


A proposta passou pela Comissão Mista de Orçamento e seria levada ontem à noite para o plenário.

Para atender a pressão da bancada do PDT, o Governo Federal fez manobra contábil de deixar à disposição R$ 5,6 bilhões no Orçamento Geral da União de 2011 para o reajuste do salário mínimo. Dessa forma, a Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional aprovou ontem o novo mínimo na ordem de R$ 540. Com a reserva, o Planalto deixou em aberto a possibilidade de, por meio de medida provisória, aumentar o mínimo no decorrer do próximo ano. A matéria precisa ser aprovada ainda em plenário. Até o início da noite de ontem, os parlamentares não a haviam apreciado.

A estratégia do governo foi adotada para evitar que a presidente eleita Dilma Rousseff (PT) comece sua gestão sem Orçamento, levando em conta a possibilidade de o Congresso entrar em recesso sem apreciar a matéria.

O impasse sobre o valor do salário mínimo começou anteontem, quando o PDT — partido da base aliada — anunciou que não votaria o orçamento se o mínimo ficasse em R$ 540 em 2011, como propôs a relatora Serys Slhessarenko (PT) em seu relatório.

Para conter a rebelião comandada pelo PDT, o governo aceitou incluir uma reserva de R$ 5,6 bilhões na peça orçamentária que poderão ser usados para um reajuste maior do salário mínimo em 2011. Os governistas criaram a "reserva" para garantir uma margem de negociação das centrais sindicais com o governo — o que abriu caminho para o acordo — já que as entidades que representam os trabalhadores reivindicam reajuste dos atuais R$ 510 para R$ 580. "Quando for votar a medida provisória do salário mínimo, vão falar que não tem dinheiro. Então, para que a gente possa chegar lá com mais tranquilidade, a gente tem que reservar o máximo de dinheiro possível", disse o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical.

O governo também teve de usar a ‘força’ política que tem no Congresso Nacional para derrotar a oposição, que pretendia limitar o remanejamento de recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Os governistas conseguiram manter a regra atual que permite o livre remanejamento de 30% dos recursos do programa.

O líder do PSDB na comissão, deputado Rogério Marinho (RN), disse que iria buscar a supressão do dispositivo que permite ao governo remanejar livremente 30% dos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) — o equivalente a R$ 12 bilhões — por decreto em plenário.

O deputado afirmou que o governo foi autorizado em julho a remanejar uma parte do PAC dentro de uma mesma ação, mas descumpre a regra que o obriga a comunicar essas alterações ao Congresso a cada trimestre.

Ainda na votação na comissão, o DEM conseguiu aprovar uma emenda que veda o cancelamento de emendas coletivas de bancada estadual nos projetos de créditos suplementares ao Orçamento. A relatora havia excluído apenas as emendas individuais e 50% do valor das de bancada.

BR-163 no PAC
A duplicação da BR-163 em Mato Grosso do Sul foi incluí-da nas obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no relatório final do Orçamento Geral da União de 2011. A iniciativa partiu do deputado federal Waldemir Moka (PMDB-MS), que é o presidente da Comissão Mista do Orçamento, e foi acatado pelo colegiado. Para as obras na rodovia no próximo ano estão assegurados R$ 104 milhões.

A vantagem da inclusão da BR-163 na relação de obras do PAC é que o Governo federal tem autonomia para remanejar livremente 30% dos recursos do programa, o equivalente a R$ 12 bilhões, o que facilita a execução de qualquer obra no País.

Fonte: CORRERIO DO ESTADO

até breve

Dilma escolhe seus 37 ministros


Primeiro escalão do governo tem 28 homens e nove mulheres.

Com a indicação da deputada Iriny Lopes (PT-ES) para a Secretaria de Políticas para as Mulheres e do deputado eleito Afonso Florence (PT-BA) para o Ministério do Desenvolvimento Agrário, anunciadas nesta quarta-feira (22), a presidente eleita, Dilma Rousseff, completa a composição dos 37 ministérios que assumem o governo do país a partir de 1º de janeiro.

Ao comentar as indicações, Dilma lembrou que a orientação é que os assessores diretos trabalhem pelo cumprimento do programa de governo de promoção do desenvolvimento com distribuição de renda e demais metas de progresso social, assegurando a melhoria de vida de todos os brasileiros.

São nove mulheres e 28 homens. O PT aparece como legenda com mais indicados, 18 no total – quase metade. As personalidades sem partido vêm a seguir, com oito. O PMDB surge como aliado do partido de Dilma com mais prestígio, já que acumula seis cargos, enquanto PCdoB, PDT, PP, PR e PSB ficam com um representante cada no primeiro escalão do governo.

Lista completa

Advocacia Geral da União Luís Inácio Lucena Adams Sem partido
Agricultura Wagner Rossi PMDB
Banco Central Alexandre Tombini Sem partido
Casa Civil Antonio Palocci PT
Chefia de Gabinete Gilles Azevedo PT
Cidades Mário Negromonte PP
Ciência e Tecnologia Aloizio Mercadante PT
Comunicações Paulo Bernardo PT
Controladoria Geral da União Jorge Hage Sem partido
Cultura Ana de Hollanda Sem partido
Defesa Nelson Jobim PMDB*
Desenvolvimento Agrário Afonso Florence PT
Desenvolvimento Social Tereza Campelo PT
Desenvolvimento, Indústria e Comércio Fernando Pimentel PT
Direitos Humanos Maria do Rosário PT
Educação Fernando Haddad PT
Esporte Orlando Silva CdoB
Fazenda Guido Mantega PT
Gabinete da Segurança Institucional José Elito Carvalho Siqueira Sem partido
Igualdade Racial Luiza Bairros PT
Justiça José Eduardo Cardozo PT
Meio Ambiente Izabella Teixeira Sem partido
Minas e Energia Edison Lobão PMDB
Pesca Ideli Salvatti PT
Planejamento Miriam Belchior PT
Previdência Garibaldi Alves PMDB
Relações Exteriores Antonio Patriota Sem partido
Saúde Alexandre Padilha PT
Secretaria das Mulheres Iriny Lopes PT
Secretaria de Assuntos Estratégicos Moreira Franco PMDB
Secretaria de Comunicação Social Helena Chagas Sem partido
Secretaria de Relações Institucionais Luiz Sérgio PT
Secretaria Especial dos Portos Leônidas Cristino PSB
Secretaria-Geral Gilberto Carvalho PT
Trabalho e Emprego Carlos Lupi PDT
Transportes Alfredo Nascimento PR
Turismo Pedro Novais PMDB

* Cota pessoal

Fonte: Rede Brasil Atual

até breve

Detro estará em terminais para garantir Viagem Segura no feriado de Natal


Cerca de 100 fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) estarão de plantão a partir desta quinta-feira (23/12) nos principais terminais do estado com a ação Viagem Segura, para orientar os passageiros que viajarão para aproveitar o fim de semana prolongado pelo feriado do Natal.

A operação terá início às 14h e prosseguirá durante todo o dia. Na sexta-feira (24/12), a fiscalização será mantida das 6h até as 16h. As equipes do Detro atuarão no interior dos terminais para orientação dos passageiros e no entorno dos mesmos para coibir a prática do transporte irregular.

O Viagem Segura do Detro estará presente nas rodoviárias e terminais Novo Rio, Américo Fontenelle (Central), Mariano Procópio (Praça Mauá), Menezes Cortes e Praça XV, na capital; Roberto Silveira e João Goulart, em Niterói; Alcântara, em São Gonçalo; Duque de Caxias e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; Volta Redonda, Resende, Barra do Piraí, Barra Mansa, Cabo Frio, Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Campos dos Goytacazes, Angra dos Reis e Paraty, no interior do estado.

Os fiscais ficarão encarregados da orientação aos passageiros e de garantir o embarque, por exemplo, daqueles que têm direito à gratuidade dentro do previsto na regulamentação do transporte intermunicipal. O objetivo principal não é a fiscalização dos ônibus para não retardar as viagens, porém, caso algum destes apresente irregularidade que comprometa a segurança dos passageiros, como, por exemplo, pneus carecas, a substituição do veículo terá que ser prontamente providenciada pela empresa.

Nas linhas intermunicipais têm direito ao transporte gratuito idosos com 65 anos ou mais e portadores de deficiência, sendo duas vagas por veículo de cada linha. Conforme portaria do Detro, para usufruir deste benefício, o idoso deve apresentar a carteira de identidade e/ou o cartão do RioCard caso o possua. Os portadores de deficiência só podem viajar gratuitamente mediante a apresentação do cartão do RioCard especial.

Piratas apreendidos

Nesta quarta-feira, a fiscalização do Detro deu continuidade à operação Papai Noel em vários bairros do Rio, com apreensão de 18 veículos irregulares entre vans e kombis. As equipes de fiscais fizeram as apreensões em Vaz Lobo, Marechal Hermes, Cascadura e Santa Cruz. A Papai Noel visa coibir a prática do transporte irregular de passageiros, em especial nas regiões de acesso a centros comerciais da Região Metropolitana do Rio, onde, em função do aumento da demanda de passageiros, cresce o número de veículos atuando neste segmento sem a devida autorização.

Fonte: O Repórter


até breve

Acusado de matar jornalista em São Fidelis é preso em Três Rios


Policiais militares do 38º Batalhão da PM (Três Rios), prenderam na tarde de hoje, Israel dos Anjos Rosa, o Benzinho, de 49 anos. Ele é acusado de matar o jornalista Aristeu Guida da Silva, dono do jornal a Gazeta de São Fidélis. O crime foi no dia 12 de maio de 1995, em São Fidélis, no Norte Fluminense.

Benzinho, que foi preso em Três Rios, no Centro Sul Fluminense, é foragido da Justiça e responde por outros três homicídios e formação de quadrilha. Segundo a polícia, Benzinho é matador de aluguel e estava sendo investigado desde quinta-feira passada, quando tentou matar um vereador em São Sebastião do Alto, também no Norte Fluminense.

O crime só não se consumou porque houve um cerco policial, mas Benzinho conseguiu escapar. Na ocasião, ele deixou cair um documento falsificado e um celular. - Com esses materiais apreendidos foi feito um trabalho conjunto entre os policiais da 155ªDP (São Fidélis) e do 38ºBPM. Na fuga, Israel abandonou um veículo roubado e no seu interior foi encontrado um cartão de memória de uma máquina fotográfica com várias imagens, sendo que algumas delas identificavam locais de Três Rios - disse um policial que participou das investigações.

Após a análise das imagens, foi feito um mapeamento dos locais onde o criminoso poderia estar escondido em Três Rios. - Hoje (ontem) localizamos Benzinho e interceptamos o carro em que ele estava, um Prisma preto, com placa de Niterói roubado. Ele foi levado para a 108ª DP (Três Rios) - completou o policial.

Os policiais descobriram que Benzinho estava há 12 anos morando em Três Rios, onde era conhecido como Nelson. Na casa do acusado, foram apreendidos diversos documentos falsos do criminoso com o nome de Nelson, além de espelhos de documentos de veículos, computador e impressoras que eram utilizados na falsificação de documentos.

Benzinho é procurado pela polícia de São Fidélis há mais de 10 anos.

O nome de Benzinho foi citado durante o extinto programa Linha Direta, da Rede Globo, exibido em dezembro de 2005, e que destacou o assassinato de Aristeu Guida. O tema do programa foi casos de jornalistas assassinados e perseguição contra a liberdade de imprensa. A reportagem retratou que o mandante do crime teria sido o vereador de São Fidélis na época, Juarez Carlos Rodrigues da Silva, o Joaninha, que teria se irritado com reportagens feitas pelo jornalista, que denunciava o uso excessivo do dinheiro público por parte de alguns vereadores da Câmara Municipal de São Fidélis.

Um policial militar conhecido como De Pinho também foi acusado de participar de um grupo de extermínio e ter executado o jornalista. Já Vladimir Raineri Pereira Sobrosa foi condenado a 28 anos de prisão, também por participação no assassinato. Porém, ele foi submetido a novo julgamento, porque sua pena foi maior do que 20 anos. Em 20 de março de 2007, foi condenado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Niterói a 21 anos de reclusão em regime fechado por homicídio qualificado.

Fonte: DIÁRIO DO VALE

até breve

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Natal tropical no Brasil: calor, sol e chuva



Se você é brasileiro e costuma passar o Natal no país, tente lembrar, se a memória deixar, quantos Natais nos últimos 5 anos foram sem nenhuma chuvinha. Difícil…..

No Natal 2010, o ar quente e úmido predomina em todo o país, com calor acima do normal no Rio Grande do Sul.

Como a umidade alta, o calor e uma frente fria perto do litoral da Região Sudeste, toda a Região poderá ter fortes pancadas de chuva entre os dias 24 e 26 de dezembro.

Nos Estados do Centro-Oeste e do Norte, o Natal 2010 será com as características típicas do verão: dias muito abafados e úmidos, com muitas nuvens, períodos com sol e muitas pancadas de chuva e que podem ser fortes.

A maioria das áeras do Nordeste passa o Natal 2010 com muito sol e pouca chuva. Mas uma frente fria vai deixar o tempo mais instável em parte da Bahia.

Na maior parte do país, o fim de semana do Natal será com sol, calor, muitas nuvens e pancadas de chuva. A menor possibilidade de chuva é para o Sul do Brasil.

Região Sudeste – Natal com risco de temporais

No Natal 2010, as condições de chuva no Sudeste serão altas, por conta da passagem de uma frente fria pelo litoral da Região. Até a noite do dia 24, a frente fria alcança o Espírito Santo e deve ficar quase parada no litoral capixaba. Esta frente fria não provocar frio, mas vai trazer chuva e ventos fortes na sua passagem para várias áreas do Sudeste. A sensação será de abafamento em todo o Sudeste. Na maioria das áreas da Região, todo o período entre os dias 24 e 26 de dezembro será com muitas nuvens, pancadas de chuva e mormaço.

O dia 24 de dezembro deve ser um dia nublado e com muita chuva sobre o Espírito Santo, incluindo a Grande Vitória, no norte do Estado do Rio de Janeiro e na região serrana fluminense, na Grande Belo Horizonte, na zona da mata mineira, no vale do rio Doce, em Minas Gerais. O Grande Rio, a região de Angra dos Reis e de Paraty, a região de Búzios e de Cabo Frio e no leste e sul de São Paulo, onde estão a capital, o litoral paulista, a região de Sorocaba, de Campinas e o vale do Paraíba, o sol aparece na maior parte do dia, mas as pancadas de chuva voltam a partir da tarde e podem ser moderadas a fortes. As outras áreas da Região Sudeste passam o dia 24 de dezembro com várias pancadas de chuva e mormaço.

No Dia de Natal, a chuva persiste sobre o Espírito Santo, nas regiões mineiras dos vales dos rios Doce e Jequitinhonha podendo ser forte e causar problemas. Nas outras áreas do Sudeste o sol aparece entre muitas nuvens e as pancadas de chuva voltam a ocorrer especialmente à tarde e à noite. Pode chover forte. Os maiores períodos de sol devem ocorrer no sul de Minas, no centro-sul do Rio de Janeiro, incluindo a cidade do Rio, e no leste de São Paulo, onde estão a capital e o litoral paulista.

Mas o fim de semana de Natal deve terminar com muita chuva por todo o Sudeste. No domingo, dia 26, toda a Região terá mais pancadas de chuva principalmente à tarde e à noite, podendo ser fortes em muitas áreas de todos os Estados.

Fonte: Climatempo



até breve

"Petrópolis, com 4 marcas, terá a terceira participação em Núcleos Criativos do SENAC Rio Fashion Business" - Campos também se faz presente



Petrópolis volta pela terceira vez aos Núcleos Criativos do SENAC Rio Fashion Business, maior bolsa de negócios da moda da América Latina, que acontece de 10 a 13 de janeiro, na Marina da Glória, com quatro marcas, que vão mostrar a coleção outono-inverno 2011.

Na mostra primavera-verão, em maio, o sucesso das empresas selecionadas para o Núcleo Criativo pelo Sindicato de Comércio Varejista de Petrópolis foi tanto, que quatro delas (Kylt, Unabella, Art Rio e Queens) abdicaram desta edição para poderem atender às encomendas de lojistas para o verão. Melhor para a Emporio Josephina e a Malagueta, que virão pela terceira vez mostrar sua moda feminina, na companhia das estreantes Mananciais, também de moda feminina, e dos bijus da Badulaque.

Todas as regiões – Os Núcleos Criativos são uma iniciativa do Sistema Fecomércio-RJ para apoiar a inserção da moda carioca e fluminense junto aos milhares de compradores nacionais e internacionais presentes à bolsa de negócios. Os núcleos cresceram de oito para 12 em relação à mostra primavera-verão, em maio, contemplando todas as regiões do Estado.

Estreiam nesta edição o Núcleo de São Gonçalo, o de Tecidos e Vestuário do Município do Rio de Janeiro, o de Angra dos Reis e o de Nova Friburgo, cujos representantes serão definidos nesta quarta-feira (22.12). Para atender ao sonho de todo micro e pequeno empresário da moda por um lugar na vitrine da bolsa de negócios, o número de marcas saltou de menos de 40 para mais de 50. O mercado de roupas e acessórios do Rio de Janeiro é o terceiro empregador do estado e o segundo no Brasil, responsável por mais de três milhões de empregos formais.

O SENAC Rio Fashion Business é realizado e organizado pela Dupla Assessoria e a Escala Eventos, com patrocínio máster do Senac Rio, e patrocínio do Sesc RJ, Sebrae e Correios. Conta ainda com apoio institucional do Sistema Fecomércio-RJ, que investiu R$ 16 milhões nesta 17ª edição, com a mostra outono-inverno 2011, do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Prefeitura do Rio de Janeiro, além do apoio Instituto Brasileiro de Gemas e Metais, do Sistema Ajorio e da Rio Marina da Glória.

Tecidos e Vestuário (Rio) – Seis pequenas e micro empresas da cidade do Rio de Janeiro foram beneficiadas pela organização de um Núcleo Criativo pela Fecomércio-RJ e o Sindicato Têxtil e de Vestuário do Município do Rio de Janeiro, com o acesso a grandes compradores de roupas e acessórios no SENAC Rio Fashion Business. Mirando no potencial do mercado de moda infantil (4 a 12 anos), que Felipe Rocha considera um ”ótimo filão de mercado no Brasil”, para que os estilistas cariocas também influenciem a moda das crianças como ocorre com a moda adulta, foram selecionadas três confecções cariocas: a Savanah Kids, a Zazen, e a JardimSX. No segmento de bolsas e acessórios, a escolhida foi a Brígida. A Q’Arte vai apresentar sua linha de sapatos femininos e a FZ mostrará sua coleção de bijus.

São Gonçalo – O Núcleo Criativo, ligado ao Sindicato do Comércio Varejista de São Gonçalo, que estréia com cinco marcas, aposta principalmente na moda feminina, com três representantes, a Porus Fashion, a Rigf e a Peahi, que também apresenta moda masculina. A Sandra Bijoux vem com acessórios e a L Sants traz sua linha de cintos femininos.

Angra dos Reis – O Núcleo Criativo Sul Fluminense, que reúne a representação dos Sindicatos do Comércio Varejista de Angra dos Reis já garantiu a estréia de duas marcas e deve confirmar uma terceira. A Vicentini mostrará suas bolsas no estilo de patchwork. A Grimauri, aposta na homewear.

Niterói – A moda feminina estará mais uma vez representada pela Estorani, Maria Silvia e Cotton de Fadas, em terceira participação. A Patuá mostrará suas bolsas e acessórios. A Redesign, de Rô Ribeiro, apresenta a criatividade da arte em bijus de acrílico. A estreante é designer de jóias Raquel Pádua, com suas criativas peças em banho de prata e ouro.

Teresópolis – Quatro empresas foram selecionadas pelo Sindicato de Comércio Varejista de Teresópolis e região para integrar a segunda participação do Núcleo Criativo local no SENAC Rio Fashion Business. Sucesso na estréia, em maio, Cláudia Barros mostrará a nova coleção de biojóias para o outono-inverno 2011. A Elementto vem com a moda feminina. A Lugaresi mostrará coleção em malha de tricô.

Três Rios e Miguel Pereira – O Núcleo Criativo que reúne os sindicatos de comércio varejista das duas regiões do Médio Paraíba traz de volta três marcas de Três Rios que fizeram sucesso, em maio, na mostra primavera-verão, do SENAC Rio Fashion Business: a Femme Sensuelle, de Luciene Moreira, além da delicadeza da lingerie, apresentará uma linha de roupas no estilo homewear –; Bethania Lima traz sua coleção de moda feminina; e a Zanatta+ estreia com sua linha de bolsas. De Miguel Pereira, a Flower Creation volta com sua linha de camisaria feminina e masculina.

Cabo Frio – O Núcleo Criativo que congrega as empresas selecionadas pelo Sindicato de Comércio Varejista de Cabo Frio, Araruama, Búzios e Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Saquarema e Iguaba Grande terá a presença de cinco marcas no. De Araruama, virá pela terceira vez Sandra Mendes, com suas bolsas de fibras naturais. A Wow apresenta colares e bordados. A Movimente-se mostrará roupas femininas na linha esportiva e em homewear. Armação de Búzios estará representada pelos cintos de Berenice, e Arraial do Cabo, pela moda feminina da Maria Mariá.

Campos dos Goytacases Representado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Campos dos Goytacazes, a segunda participação do Núcleo Criativo local na bolsa de negócios apresenta seis marcas e um projeto de Ação Social, o CRAS, que mostra a criatividade das mulheres artesãs de Campos. Três marcas vêm com bolsas: a Donna Onça, a Raquel Motta e Conceição Fernandes, que faz um trabalho especial ao mesclar materiais reciclados com fibras. A moda feminina vem representada por Angela Bechara e La Reina. Já Anabela Camilo vai expor bijus.

Itaperuna – O Núcleo Criativo que reúne as empresas filiadas ao sindicato de comércio varejista de Itaperuna e região participa pela terceira vez dos Núcleos Criativos do SENAC Rio Fashion Business com a Salish, que aproveitará o verão para vender moda praia. O núcleo vem reforçado por duas confecções estreantes: a moda feminina da Vitória da Moda e a moda infantil da Baby Jane, segmento que é uma das apostas dos organizadores do evento.

Barra Mansa, Barra do Piraí, Valença e Volta Redonda – O Núcleo Criativo que reúne os Sindicatos do Comércio Varejista de Barra do Piraí, Barra Mansa, Valença e Volta Redonda, apresenta a criatividade de quatro marcas. Cris Silvares, de Valença, e Dona Chica, de Volta Redonda defendem a moda feminina para o outono-inverno 2011. De Barra Mansa, virá a Amparo Brasil. Já a Fiz de Contas, de Maria Inês Lavinas, de Barra do Piraí, é um dos grandes exemplos da sustentabilidade, com a transformação de sobras do setor têxtil e de confecção em belas peças artesanais. Presentes na última edição, a Lila Bolsas e a Florarte, Ação Social da Retalhos da Moda, de Valença, tiveram tantas encomendas e pedidos de parceria que preferiram ficar de fora desta edição para cumprir os compromissos assumidos. Paula Ardo também preferiu não participar para cuidar das novas lojas de bijus no país.

Fecomércio terá programa para ampliar a capacitação de Núcleos Criativos em 2011.

Felipe Rocha, coordenador dos Núcleos Criativos, que seleciona e orienta as marcas sobre tendências da moda, destaca como novidades da mostra, “a aposta na moda infantil, com três empresas da capital e uma do interior, e no estilo homewear, a roupa para quem trabalha em casa, mais descontraído, mas não pode fazer feio numa saída à rua”, com três empresas. Os 12 estandes virão com nova roupagem visual. Na decoração padronizada, serão separados por parede com a logo de cada Núcleo e as localidades que representam, além de uma cor da cartela de cores Pantone da estação.

O Superintendente de Produtos e Serviços da Fecomércio-RJ, Laumar Mello Junior, destaca que a ampliação de oito para 12 no número de regiões apoiadas pelos Núcleos Criativos traduz o esforço do Sistema Fecomércio-RJ em fomentar o maior número de empresas nas diversas regiões do Estado do Rio, e confirma o “comprometimento do Sistema Fecomércio-RJ e dos sindicatos locais com o desenvolvimento do mercado da moda”. Para isso, ao longo do ano há um processo de seleção e capacitação, que inclui a preparação de empresas em temas como, por exemplo, a “precificação dos produtos” para que pequenas empresas possam conquistar compradores nacionais e estrangeiros na bolsa de negócios, explica.

Programa de capacitação – Diante do sucesso progressivo das micro e pequenas empresas presentes a cada edição do SENAC Rio Fashion Business, o Superintendente de Produtos e Serviços da Fecomércio-RJ, anunciou que em 2011 o programa será intensificado. Entrevistas individuais de avaliação serão feitas com as marcas já selecionadas, para valorizar o talento e a qualidade do produto criativo, e também identificar as dificuldades de cada uma.

A cada trimestre, haverá workshops em grupo – que poderá ser ampliado em cada região. Em seguida, a assessoria direta de especialistas cuidará do “banho de loja”. Ou seja, uma repaginação dos pontos de venda, com sugestões de melhoria na iluminação, na vitrine, na exposição dos produtos, e no fluxo dos clientes. Tudo com o objetivo de gerar mais emprego e renda nas empresas das regiões do Estado do Rio inseridas na cadeia de moda, afirma o Superintendente do Sistema Fecomércio-RJ.

Fonte: Diário de Petrópolis

até breve

Anvisa proíbe importação de produtos de emagrecimento


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a importação e comercialização de produtos que contenham em sua composição o insumo Caralluma Fimbriata e de produtos da marca Divine Shen. Ambos são utilizados na perda de peso e serão retirados do mercado. A determinação, divulgada na segunda-feira, foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União.

O primeiro produto prometia acelerar a perda de peso, enquanto o segundo era capaz de reduzir a vontade do indivíduo de se alimentar. A determinação, já em vigor, vale para todo o território nacional.

Caralluma Fimbriata
A Anvisa afirmou que nenhum produto que contenha em sua composição a Caralluma Fimbriata encontra-se regularizado no País. Segundo a agência, o consumidor deve abandonar o consumo, pois a sua composição não foi analisada.

A primeira ação da Anvisa em relação às falsas alegações de propriedades relacionadas ao emagrecimento foi tomada em maio deste ano, quando houve a proibição de propaganda de insumos anunciados como naturais e com propriedade capazes de acelerar a perda de peso.

Divine Shen
A medida quanto ao produto Divine Shen, preventiva, vale até que seja esclarecido como algo registrado como alimento foi misturado ao medicamento Sibutramina, cuja ação no sistema nervoso central pode reduzir a sensação de fome. A 2ª Promotoria de Justiça Criminal iniciou a apuração depois de receber a denúncia de que o produto, proveniente da China, estaria adulterado.

Sibutramina é uma substância usada no tratamento da obesidade e controla a vontade de se alimentar. Porém, de acordo com a Anvisa, estudos europeus mostraram que pacientes com histórico de doença cardiovascular podem ter aumentado o risco de doença coronariana, acidente vascular cerebral, taquicardia e aumento da pressão arterial quando expostos ao medicamento.

A Anvisa notificará Organização Mundial da Saúde e a Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre a decisão, para que a medida tomada não seja classificada como uma violação ao comércio internacional. A agência também fará contato com as autoridades chinesas para obter informações sobre o produto.

Fonte: terra

até breve

Filmes e músicas que sempre lembram o Natal

Pinheirinhos de plástico, presentes, Papai Noel, presépio e o intermitente piscar de luzes por todos os lados. Mesmo que você não seja cristão, não há como escapar do Natal. Influenciado pela onipresença do espírito natalino, o Caderno VOCÊ apresenta uma pequena seleção de músicas e filmes inspirados na festividade. Partindo das conhecidas versões de Simone até o estranho filme que traz um serial killer vestido de Papai Noel, a listinha oferece algumas opções para que você não fique limitado ao “Jingle Bells” tocando como música de fundo no supermercado. Boas Festas.

SIMONE
Há 15 anos a versão de “Happy Christmas - War Is Over”, de John Lennon, traz a Simone um sucesso incomum. A música, batizada de “Então é Natal”, parte integrante do disco “25 de Dezembro”, fez com que o álbum vendesse um milhão de cópias no Natal de 1995. O disco marcou a carreira da cantora romântica como seu trabalho mais bem-sucedido e... o mais criticado. Como precursora dos álbuns natalinos tupiniquins, as músicas de Simone tocaram até a exaustão. Controvérsias a parte, em pouco mais de uma década, o refrão “E então é Natal” proferido com o carregado sotaque da intérprete baiana parece ter se tornado uma tradição tão antiga quanto peru na ceia.

BOB DYLAN
O 34º álbum de estúdio de Bob Dylan é provavelmente o mais estranho de uma carreira já repleta de lançamentos pouco convencionais. Em “Christmas in the Heart”, Dylan canta 15 canções de feriados religiosos. Isso mesmo: é Natal, é Dia de Ação de Graças, é fim de ano. São todas canções tradicionais, antigas, como “Here Comes Santa Claus” (Lá vem o Papai Noel), “I’ll Be Home for Christmas” (Estarei em Casa para o Natal), “Must Be Santa” (Deve ser o Papai Noel). Será que o ícone da música folk americana, com uma carreira de músicas politizadas e vida voltada para causas sociais estaria levando o espírito ameno de Natal a sério ou será uma piada do velho Dylan? Bom, a venda do disco lançado em 2009 tinha como destino programas sociais que alimentam pobres nos Estados Unidos. Papai Noel e milagres de Natal devem existir mesmo.

CAVAQUINHO
Em um país tropical como o nosso, a iconografia do Natal com neve, renas e um velhinho com roupão grosso de lã sempre será surreal. O CD “Natal de Cavaquinho” parece querer estreitar a distância entre esses dois mundos. Produzida por Sérgio Chiavazzoli, músico de apoio da banda de Gilberto Gil, a coletânea traz os principais cânticos natalinos em ritmo de samba. São versões de “Bate o Sino”, “Noite Feliz” e “What A Wonderful World” tocadas em violão, cavaquinho e bandolim.

HUMOR
Esqueceram de Mim (Home Alone, 1990) – Se dá para aprender alguma coisa com filmes sobre Natal é que para ser tocado pelo verdadeiro espírito natalino você deve perder tudo que dá por garantido para depois encontrar a redenção. Em “Esqueceram de Mim”, o então garotinho Macaulay Culkin perde a família para se ver então sozinho em casa e perseguido por bandidos. Ao final, o garoto prende a lição: valorizar os entes queridos, mas sem antes sadicamente aplicar armadilhas dignas de um desenho de “Tom & Jerry”contra os invasores.

GÓTICO
Dentro da mitologia natalina há também contos góticos, como em “O Estranho Mundo de Jack” (Nightmare Before Christmas, 1993), de Henry Selick e Tim Burton, animação em que o herói odeia o Natal e faz tudo para substituí-lo pelo Halloween. Apesar do tema aparentemente doentio do enredo, a animação em stop motion oferece uma versão tocante, porém sombria, do feriado.

NATAL SANGRENTO
Sutileza não existe no vocabulário de “Natal Sangrento” (Silent Night, Deadly Night, 1984). O filme B dirigido por Charles E. Sellier Jr. conta a história de um garoto que presencia o assassinato dos pais durante o Natal, para depois de crescido se tornar um assassino serial vestindo a roupa de Papai Noel. Funciona como um antídoto extremo da doçura exacerbada da temporada, mas se não quiser traumatizar ninguém, é melhor manter o filme longe do alcance de crianças.

Fonte: Diário do Pará

até breve

Unificação de títulos nacionais vai sair do papel

Dossiê reivindicando o reconhecimento dos polêmicos títulos nacionais de 1959 a 1970 só espera a assinatura do presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Veredicto sai no máximo até amanhã.


O parecer sobre o pedido de unificação dos títulos nacionais a partir de 1959 já está nas mãos do presidente da CBF, Ricardo Teixeira. O dirigente pretende anunciar o resultado oficial hoje ou no máximo amanhã. O diretor de comunicação da entidade, Rodrigo Paiva, não revelou o conteúdo, mas admitiu que a tendência é de oficializar os campeonatos de 59 a 70 como Brasileiros. A provável unificação gera polêmicas, como dois campeões nacionais no mesmo ano, e abre alguns precedentes. Outros clubes veem brechas na iminente decisão.

Para os seis requerentes (Bahia, Botafogo, Cruzeiro, Fluminense, Palmeiras e Santos), porém, um parecer positivo repara injustiças históricas. É o que argumenta o jornalista Odir Cunha, autor do dossiê de mais de 200 páginas apresentado à CBF. “Justamente no período de 1959 a 1970 o Brasil tinha os melhores times e jogadores do planeta. Negar que os vencedores da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa foram campeões brasileiros é negar a melhor fase da história do nosso futebol. Um país que organiza Copa do Mundo não poderia ser tão desleixado com sua história”, disse ao Correio.

A discreta reunião que marcou oficialmente o pontapé inicial do debate ocorreu na sede da entidade, em 10 de novembro. Estiveram na CBF dirigentes de Santos, clube que lidera a iniciativa, Botafogo e Cruzeiro. Todos saíram do encontro com a impressão de que conseguiram sensibilizar Ricardo Teixeira. A carta na manga foi a defesa de João Havelange, presidente de honra da Fifa e ex-mandatário da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), precursora da CBF. O dirigente apareceu em um vídeo de oito minutos, que contou também com depoimentos de Pelé e ídolos do passado.

A reportagem do Correio esteve na CBF no dia do encontro e conversou com os cartolas envolvidos no pedido. Eles são unânimes em argumentar que a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa (no último ano com nome de Taça de Prata) davam ao vencedor o status de campeão brasileiro e o direito de representar o país na Libertadores.

Críticas
O principal alvo dos ataques é a Taça Brasil, competição que reunia os campeões regionais em caráter mata-mata, semelhante à atual Copa do Brasil. Paulistas e cariocas só entravam na fase final. Alguns clubes sagraram-se campeões disputando apenas quatro jogos: Palmeiras em 1960, Santos em 63 e 65 e Botafogo em 68. Outra polêmica é o fato de termos dois campeões em 67 e 68, quando a Taça Brasil e o Robertão foram disputados simultaneamente.

Precedentes
A provável unificação atiçou a cobiça de clubes que não serão beneficiados. A Portuguesa já solicitou estudos para tentar comprovar que as conquistas de 1952 e 1955 no Rio-São Paulo merecem ser “nacionalizadas”. Em 1920, a antiga Federação Brasileira de Football promoveu um torneio com os campeões gaúcho (Brasil-RS), carioca (Fluminense) e paulista (Paulistano), dando ao time de São Paulo, já extinto. Há outros casos como o Torneio dos Campeões de 1937 vencido pelo Atlético-MG, e o Torneio do Povo, em 71, 72 e 73 conquistado por Flamengo, Coritiba e Corinthians.

Estatísticas e curiosidades

Santos e Palmeiras liderariam novo ranking
Com a provável unificação das taças, Santos e Palmeiras tornam-se octacampeões, ultrapassando o rival São Paulo, que tem seis títulos nacionais. Em entrevista ao Correio há uma semana, Rodrigo Paiva informou que nem todos os títulos pleiteados podem ser reconhecidos como nacionais. A expectativa no Rio, contudo, é de que a oficialização seja completa.

As principais peças do dossiê

Aval de João Havelange
Presidente da Confederação Brasileira de Desportos na época, Havelange é personagem fundamental no projeto de unificação dos títulos a partir de 1959. Após o encontro em novembro, quando o dossiê foi entregue, Rodrigo Paiva destacou a importância da participação do veterano dirigente no pedido. Atual presidente de honra da Fifa, ele defendeu a unificação num vídeo apresentado à CBF. O dossiê mostra uma entrevista de Havelange na edição de 25 de outubro de 1958 da revista Manchete Esportiva, em que o dirigente explica que a Taça Brasil fora criada para eleger o campeão nacional. Com o título de “Taça Brasil, a nova revolução de Havelange”, a matéria ganhou duas páginas.

Testemunhos da imprensa
O dossiê apresentou uma série de manchetes e de matérias da época com o propósito de mostrar que os jornais tratavam o vencedor desses campeonatos como campeões brasileiros. “Imprensa, a testemunha mais importante”, diz o documento. Na edição de 1º de abril de 1969, O Globo destacou o título do Bahia sobre o Santos: “Bahia, primeiro campeão do Brasil de todos os tempos, um título único e inédito de uma importância sem igual”.

Escrita por Armando Nogueira, a reportagem do Jornal do Brasil de 8 de dezembro de 1966 exaltou o Cruzeiro, campeão da Taça Brasil daquele ano sobre o Peixe: “O campo enlameado do Pacaembu consagrou, ontem à noite, o grande campeão do Brasil, o Cruzeiro de Tostão, Dirceu Lopes, Natal e Raul, isso para citar apenas quatro jogadores de uma das melhores equipes que o futebol brasileiro já viu nascer e crescer”. No mesmo dia, o Estado de Minas realçou o “triunfo épico do futebol mineiro” com a conquista do “maior troféu do futebol nacional” pelo Cruzeiro.

Era de ouro do futebol
Os requerentes alegam que países com histórias menos vitoriosas no futebol reconhecem seus campeões desde os primórdios do século 20, enquanto o Brasil conta seus vencedores a partir de 1971, ignorando o que o dossiê classificou como “época de ouro”. O documento destaca que a Seleção Brasileira ganhou três das quatro Copas do Mundo disputadas entre 1958 e 1970.

Fonte: Super Esportes

Como flamenguista... nada a declarar!

ate breve

Custo do crédito aumenta após medidas do governo


Do ponto de vista quantitativo, não houve tempo ainda para se mensurar o quanto o spread bancário bruto - diferença entre a taxa de juros que os bancos pagam na captação do dinheiro e a que cobram dos clientes - subiu após a entrada em vigor, há duas semanas, das medidas de restrição ao crédito anunciadas pelo Banco Central. Mas, de acordo com o economista-chefe da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Rubens Sardenberg, qualitativamente é claro que está em curso um movimento de encarecimento do crédito em resposta à elevação dos custos das instituições bancárias.

"Nas próximas pesquisas da Febraban já deveremos ter alguns números mostrando o aumento", antecipou Sardenberg ontem, durante a última entrevista coletiva on-line do ano.

No dia 3, em decisão conjunta, o CMN (Conselho Monetário Nacional) e o Banco Central elevaram a exigência de depósito compulsório dos bancos sobre os depósitos à vista e a prazo. Na ocasião do anúncio das medidas, chamadas de macroprudenciais pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, Sardenberg previu que o conjunto de medidas iria aumentar o spread bruto dos bancos, ou seja, da diferença entre as receitas de operações de crédito e a despesa total de captação.

Segundo Sardenberg, pesquisa feita pela Febraban entre os dias 16 e 20, com 28 instituições, mostra que ainda não há no mercado um consenso sobre o impacto que as medidas têm sobre o que o Banco Central vai fazer nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária. "O mercado está dividido", diz o economista-chefe da Febraban.

O que a pesquisa mostra é que a taxa básica de juros, a Selic, deverá subir ao longo de 2011, para 12,25% ao ano. Para Sardenberg, o conjunto de medidas deverá ter um complemento. O BC vai ter de olhar o que vai acontecer sobre o ritmo de crescimento do crédito e da inflação e esperar o que o novo governo vai anunciar em termos fiscais. Para ele, o mercado ainda conta com medidas em linha com uma política fiscal mais austera.

Fonte: Diário do Grande ABC

até breve

Novos ares na Cultura


A confirmação do nome da cantora e atriz Ana de Hollanda para o Ministério da Cultura do governo Dilma Rousseff, na última segunda-feira, de forma geral, foi bem recebida pelo meio cultural brasileiro. Os entusiastas ressaltam o fato de ela ter visão moderna da cultura

Recebida com desalento no Ministério da Cultura (MinC), que ainda contava com a possibilidade de permanência de Juca Ferreira, a indicação, na segunda-feira à tarde, da cantora e atriz Ana de Hollanda, de 62 anos, para a pasta, teve, de maneira geral, boa acolhida no meio cultural. "Ela tem uma compreensão bastante moderna da cultura e não faz parte de jogos de cartas marcadas", declarou o produtor de cinema Luiz Carlos Barreto, liderança na articulação política do setor de cinema.

Irmã do cantor Chico Buarque, Ana de Hollanda postou, em seu perfil no Twitter, no início da tarde de ontem, suas primeiras palavras após a indicação: "Estou honradíssima com o convite da Presidenta Dilma. O desafio é enorme, mas nada que seja impossível para quem respira cultura. Conto com ajuda essencial de todos que criam e produzem arte".

Ana já havia sido sondada, mas a necessidade de atender a costuras regionais acabou suspendendo a intenção de indicá-la. Dilma pensou em contemplar com o posto a ala do PT de Minas Gerais ligada ao ex-ministro Patrus Ananias, até agora sem cargo no primeiro escalão. Chegou a convidar o ministro Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência), que recusou o convite por considerar cumprida sua missão no governo. A necessidade de compensar Patrus surgiu após a nomeação de Fernando Pimentel (PT-MG) para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Os dois mineiros disputam espaço e influência no Estado.

Prestígio
A presidente eleita segue determinada a prestigiar Patrus, ou uma pessoa chancelada por ele. O lobby do atual titular da Cultura, Juca Ferreira, para continuar no cargo acabou não rendendo resultado. A pasta tem um orçamento global de R$ 2,3 bilhões, conforme dotação do ano de 2010.

Com a escolha, prevaleceu a ideia de Dilma de ter uma mulher à frente do cargo. A eleita está próxima de concluir as indicações para a Esplanada. Os últimos nomes são esperados para hoje. Só então se dedicará a compor os cargos de estatais, o que deve ocorrer entre janeiro e fevereiro do ano que vem.

O nome de Ana de Hollanda, ex-diretora de Música da Funarte, foi sugerido pelo PT do Rio de Janeiro. Chegaram a ser cotados o sociólogo Emir Sader e o músico Wagner Tiso.

Quem é Ana
Quando pequena, ela era chamada de "queridinha do papai". Já adulta, ao encampar a carreira de cantora, teve de driblar outra alcunha: a de "irmã do Chico". A provocação dos irmãos é revelada no documentário "Raízes do Brasil", sobre Sérgio Buarque de Hollanda (1902-1982).

Apesar de ter debutado no palco aos 16 anos, acompanhando Chico, Ana gravou só quatro discos, o mais recente, "Só na Canção", de 2009. Como atriz, Ana participou de peças e do musical "Nunca Te Vi, Sempre Te Amei". A veia política fez com que militasse no Partido Comunista na juventude. Entre 1986 e 1988, ela foi secretária de Cultura de Osasco (SP).

Durante o governo Lula, Ana chegou a fazer parte dos quadros do MinC, como diretora de Música da Funarte, entre 2003 e 2007, na gestão de Antonio Grassi. Após a demissão de Grassi, que saiu criticando a administração de Gilberto Gil, ela também deixou o cargo. Sua indicação para o Ministério teria sido capitaneada por Grassi, um dos líderes do movimento da chamada "retomada" da pasta pelo PT.

Fonte: Diário do Nordeste

até breve

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Rio Branco X Macaé, previsto para 13 de janeiro


Gerente do Macaé confirma pré-temporada em Rio das Ostras.

Alvianil fará mais quatro amistosos antes da estreia do Carioca contra a Cabofriense.

O gerente de futebol do Macaé Esporte, Guilherme Kroll, confirmou nesta terça-feira que o Alvianil ficará durante uma semana em Rio das Ostras, no mês de janeiro. O objetivo é intensificar a pré-temporada de olho na estreia do Campeonato Carioca, no dia 20, contra a Cabofriense, no Estádio Cláudio Moacyr.

Segundo o cartola, a delegação chega à cidade fluminense no dia 12 do próximo mês e retorna a Capital do Petróleo apenas no dia 19, véspera da estreia da equipe na competição.

- Ficaremos hospedados em um bom hotel e vamos treinar em Rio Dourado e em Professor Souza. A expectativa é uma de boa preparação para começar bem o Campeonato Carioca – disse.

O dirigente ainda confirmou que o Macaé Esporte vai fazer mais quatro amistosos antes do inicio do Estadual. Na próxima quinta-feira, a equipe comandada pelo técnico Dário Lourenço encara o Sampaio Correa, às 17h, na Fazendinha. No dia 30, o adversário será o São João da Barra, no mesmo local.

O Macaé volta a atuar no Estádio Cláudio Moacyr apenas no dia 8 de janeiro, quando o Alvianil recebe o Friburguense. O último amistoso da equipe ainda não está confirmado, mas deve acontecer no dia 13 de janeiro, também no "Moacyrzão", contra o Rio Branco, de Campos dos Goytacazes.

Fonte: LANCE!NET

até breve

França faz parceria com o Rio para melhorar monitoramento do ar da cidade


O cônsul geral da França, Jean Claude Moyret, será um dos condutores de uma parceria entre o seu país e o governo do Estado do Rio, por meio do qual a França fará a concessão de equipamentos para a melhoria do sistema de monitoramento da qualidade do ar no Rio de Janeiro, iniciativa inserida no projeto Ar do Rio. Órgãos ambientais do estado e do município também estão na parceria, que será oficializada por um convênio, cuja assinatura será hoje, às 15h, no auditório do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão executivo da Secretaria Estadual do Ambiente (SEA).

Participam da solenidade a secretária de Estado do Ambiente, Marilene Ramos; o vice-prefeito e secretário Municipal de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz; o presidente do Inea, Luiz Firmino Martins Pereira; o presidente da Aria Technologies, Jacques Moussafir; o diretor da Aria Brasil, Marc Chiappero; o diretor da Gerdau, Nelson Mundstok; e o diretor presidente da UTE Norte Fluminense S/A, Patrick Christian Marie Simon.

O projeto Ar do Rio tem como objetivo dotar o Inea e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio de um sistema operacional de modelagem da qualidade do ar, equipado com as melhores tecnologias disponíveis, para realizar gestão e previsão da poluição do ar, estudos de impacto da qualidade do ar em longos prazos e análise de cenários e definição de estratégias de redução da poluição do ar em áreas consideradas críticas.

O projeto também prevê a atualização do Inventário de Fontes Emissoras de Poluentes Atmosféricos da Região de Metropolitana do Rio de Janeiro, a realização do inventário de fontes fixas e móveis para a Região do Médio Paraíba e Região Norte Fluminense, também identificadas como críticas em termos de poluição do ar; georreferenciamento de todas as fontes de emissão; instalação de modelos meteorológicos, fotoquímicos e de emissões; capacitação da equipe por meio de uma série de treinamentos; e um sistema de divulgação da previsão da qualidade do ar, entre outras iniciativas.

Com duração de 15 meses, o convênio prevê o investimento de R$ 1,4 milhão, dos quais R$ 800 mil serão investidos pelo Inea e R$ 400 mil pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. O restando virá de recursos repassados pelas empresas que apoiam o projeto. A participação da Aria Technologies teve o apoio da Agência Francesa de Meio Ambiente (Ademe).

Fonte: Extra

até breve

Mais mudanças nos batalhões do Estado do Rio


Unidades na capital e no interior passarão por alterações até o início do ano que vem. Comandante do Bope vai para Niterói.

Até o início do ano que vem, a Polícia Militar promoverá mais mudanças nos comandos de unidades da capital e do interior. Já há pelo menos dez alterações definidas. Uma das principais será no 6º Comando de Policiamento de Área (CPA), que reúne os batalhões do Norte Fluminense, mas a lista de novidades ainda não foi finalizada. Na Região Metropolitana, o único nome ainda não escolhido é o do substituto do coronel Aristeu Leonardo para a Assessoria Parlamentar da corporação. O oficial vai para o 2º CPA.

Os comandos dos batalhões do Méier, Praça da Harmonia, Recreio, Pádua e Resende serão trocados. O Centro de Comunicação e Informática (CCI) também sofreu alteração. Já o batalhão de São João de Meriti, anunciado a princípio, não terá mudanças. As modificações, que devem ser publicadas hoje em boletim interno, ainda preveem a promoção de oito oficiais ao último posto.

O comandante do Bope, tenente-coronel Paulo Henrique Azevedo de Moraes, disse ontem que sua ida para o 12º BPM (Niterói) já estava prevista há meses. “Faz parte da filosofia mudar. O tenente-coronel René (Wilman René, atual subcomandante e que vai assumir a unidade) está há 15 anos aqui no Bope, conhece bem o trabalho e vai dar continuidade aos projetos”, disse Paulo Henrique.

René participou dos principais planejamentos do Bope, tanto no aprimoramento das instruções quanto na preparação da unidade para os grandes eventos na cidade. Ele também atuou durante a ocupação dos complexos da Penha e do Alemão.

O oficial já foi tenente no 12º BPM e disse que, quando assumir o posto, provavelmente na semana que vem, quer fazer um trabalho em parceria com o comando do 7º BPM (Alcântara).

Fonte: O Dia

até breve