quinta-feira, 30 de junho de 2011

Parabéns ao Maestro Jony William Villela Vianna, e ao Centro Cultura Musical de Campos


Ganhadores do Prêmio de Cultura do Estado do Rio são anunciados

Evento no Theatro Municipal teve shows de Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e Companhia Renato Vieira de Dança em espetáculo dirigido por Rafael Dragaud, com direção de arte de Gringo Cardia

O Governo do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Cultura anunciaram os vencedores do Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro nesta quarta-feira, 29 de junho, em cerimônia para convidados no Theatro Municipal. Em sua segunda edição, o Prêmio teve como inspiração as palavras do poema de Fernando Pessoa: “Navegar é Preciso”. No palco, grupos como o Boi Pintadinho de Miracema e a Companhia Renato Vieira fizeram apresentações.

Intercaladas ao anúncio dos vencedores, as homenagens foram o ponto alto da festa. Beth Carvalho entoou Folhas Secas e Brasil Pandeiro, em homenagem a seus autores, Nelson Cavaquinho e Assis Valente, respectivamente. O poeta Ferreira Gullar e a atriz Adelaide Chiozzo receberam, eles próprios, as homenagens a suas trajetórias artísticas, emocionando a plateia. E o Cacique de Ramos, outro homenageado, encerrou a noite de gala levando ao palco Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Sombrinha e Fundo de Quintal.

“É uma honra poder reeditar esse Prêmio, que revela uma quantidade enorme de coisas inusitadas. O que ele coroa, afinal, é a mistura do mainstream com a vanguarda, da tradição popular com o high tech, do que é produzido na capital e nos municípios do interior”, destacou Adriana Rattes, Secretária de Estado de Cultura.

A cerimônia teve direção-geral de Rafael Dragaud e direção de arte de Gringo Cardia. Este ano, três novas categorias foram adicionadas ao Prêmio: Design, Festas Folclóricas e Arquitetura. Algumas receberam modificações: no lugar de Comunicação, agora existe a categoria Novas Mídias. E Música Erudita passou para Música Clássica. A categoria Registro cresceu e virou Registro e Memória.

O Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro é resultado da unificação dos prêmios Golfinho de Ouro, Estácio de Sá e Governo do Rio de Janeiro. O objetivo da premiação é ressaltar a diversidade da produção cultural no Rio, das mais tradicionais às mais populares. Nesse amplo leque são destacadas pessoas ou iniciativas que contribuem para o fortalecimento da cultura no Estado.

Conheça os vencedores em cada uma das 18 categorias:

1 – Festas Folclóricas:Pastoril da Rua da Matriz (Rio de Janeiro) – Manifestação cultural da comunidade do Morro Dona Marta, em Botafogo.

2 – Design:Karl Heinz Bergmiller (Rio de Janeiro) –É um dos mestres do racionalismo no design industrial brasileiro.

3 – Música Popular:Escola Portátil de Música (Rio de Janeiro) - Criada por músicos de choro, em 2000, a partir da necessidade de se passar adiante seus conhecimentos sobre o gênero. Hoje, são 28 professores e cerca de 800 alunos.

4 – Música Clássica:Maestro Jony Willian Villela Viana (Campos dos Goytacazes) - Fundado em 1990, por iniciativa do Maestro Jony William Villela Vianna, o Centro Cultura Musical de Campos é um ponto de referência no aprendizado da arte musica.

5 – Empreendedorismo:Casa de Artes de Paquetá (Rio de Janeiro) – É uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos. Uma instituição sólida, atua desde 1999. Seu objetivo principal é a preservação e a revitalização da Ilha de Paquetá e de seu acervo cultural e natural.

6 – Patrimônio Material:Márcio Roiter - Instituto Art Déco – O Instituto foi criado em 2005, com o objetivo de preservar, estudar e celebrar o estilo Art Déco no Brasil, em geral, e no Rio de Janeiro, em particular. Com especial atenção à vertente indigenista brasileira, predominantemente influenciada pela Cultura Marajoara.

7 – Patrimônio Imaterial:Mineiro Pau (Santo Antônio de Pádua) – O Mineiro Pau, através de Mestre Nico e de seus participantes, vem dando continuidade a este legado. Através de apresentações locais e regionais, mostra danças de pares soltos envolvendo homens, adultos e crianças.

8 – Teatro:Grupo Contadores de Estórias (Paraty) - Conhecido pela qualidade do seu trabalho, o grupo foi fundado por Marcos e Rachel Ribas em 1971. Desde 1981 está radicado em Paraty e já encantou plateias em mais de 15 países.

9 – Circo:Intrépida Trupe (Rio de Janeiro) - A Intrépida Trupe é o grupo carioca que, desde 1986, mescla seus espetáculos de circo, teatro e dança a uma estética ousada, incorporando luz, música e efeitos especiais, conforme uma linguagem multimídia arrojada e pop.

10 – Dança:Dalal Achcar (Rio de Janeiro) - Criadora da Associação de Ballet do Rio de Janeiro, Dalal Achcar revolucionou a história do ballet no Brasil, melhorando a qualidade do ensino da dança, e esteve à frente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

11 – Registro e Memória:Januário Garcia (Rio de Janeiro) – Nos últimos 30 anos, Januário Garcia tem documentado a vida dos brasileiros afro-descendentes, focalizando diversos aspectos de suas vidas: o social, o político, o cultural e o econômico.

12 – Audiovisual:Festival de Cinema MacacuCine (Cachoeiras de Macacu) – O Festival de Cinema une a paixão pela sétima arte à educação, promovendo sessões nas praças de Cachoeiras de Macacu, região serrana do Rio de Janeiro.

13 – Literatura: Sérgio Rodrigues (Rio de Janeiro) – Escritor e jornalista, foi editor do site NoMínimo e hoje assina no portal Veja.com os blogs Sobre Palavras, sobre a língua portuguesa; e Todoprosa, o melhor da internet brasileira sobre literatura. Tem seis livros publicados.

14 – Novas Mídias:Jecripe (Niterói) - É o primeiro jogo para crianças com Síndrome de Down, com propostas inéditas para a indústria do entretenimento e para o tratamento de pessoas com necessidades especiais.

15 – Artes Visuais:Waltercio Caldas (Rio de Janeiro) - Escultor, desenhista, artista gráfico, cenógrafo. Desde os anos 70 ele constrói objetos e esculturas, que se desdobram em instalações e tornaram-se marca de sua atuação.

16- Gastronomia:Guia de Gastronomia de Rua, Sergio Bloch ( Rio de Janeiro) - O livro é o primeiro fruto de um trabalho que pretende mapear e divulgar a “gastronomia de rua” por todo o Brasil.

17 - Moda:Instituto E – Foi criado por Oskar Metsavaht, da marca de roupas Osklen, como um canal para chamar a atenção para as questões ambientais.

18- Arquitetura:Jorge Hue (Rio de Janeiro) - Ex-aluno de Lúcio Costa e consultor da prefeitura do Rio de Janeiro na área de restauração e preservação de bens culturais.
Fonte: JB
até breve

Defesa civil encontra mais de 1 t de peixes mortos em lagoa de Campos


Vazamento de esgoto pode ter sido a causa da mortandade.

Mais de 1 t de peixes foi encontrada morta na lagoa do Sapo, no parque Eldorado, no distrito de Guarus, em Campos dos Goytacazes, no norte do Estado do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (30).

O subsecretário de Defesa Civil do município, Edson Pessanha, disse que os peixes podem ter morrido por falta de oxigenação na lagoa. Houve um vazamento de esgoto, provocado pelo entupimento da rede. A concessionária Águas do Paraíba informou que o entupimento foi causado por restos de obra e que ainda nesta quinta-feira será feita a desobstrução.

Agentes da Defesa Civil resgataram os peixes vivos e levaram para uma outra lagoa, no mesmo bairro. Os moradores ajudaram no salvamento.

Fonte: R7

até breve

Estado registra 107 mortes causadas por dengue


Já chega a 107 o número de mortes causadas pela dengue em todo o Estado. De acordo com boletim divulgado pela Secretária Estadual de Saúde, entre os dias 02 de janeiro e 25 de junho foram notificados 142.147 casos suspeitos da doença. O município do Rio apresenta o maior número de óbitos, com 36 mortes.

De acordo com a Superintendência de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, permanece a tendência de queda no total de casos notificados. Em janeiro, foram notificados 5.686 casos; em fevereiro 17.518; em março 32.275; em abril 50.821, em maio 31.848 e em junho 3.999.

No período, foram registrados óbitos nas seguintes cidades: Nova Iguaçu (8), Duque de Caxias (9), Magé (2), Cabo Frio (1), São Gonçalo (9), Maricá (2), Mesquita (2), Rio de Janeiro (36), São João do Meriti (5), São José do Vale do Rio Preto (1), Bom Jesus de Itabapoana (1), Itaocara (2), Itaperuna (1), Rio das Ostras (3), Barra Mansa (3), Belford Roxo (2), Campos dos Goytacazes (3), Angra dos Reis (4), Japeri (1), Paraíba do Sul (1), Itaboraí (1), São Pedro da Aldeia (1), Valença (2), Casemiro de Abreu (1), Italva (1), Pinheiral (1) e Volta Redonda (4).

Os municípios com epidemia, até o momento são Iguaba Grande, Angra dos Reis, Volta Redonda, Campos dos Goytacazes, Armação de Búzios, Saquarema, Itatiaia, Pinheiral, Resende e Valença.

Fonte: O Dia

até breve

Oportunidades ODEBRECHT


Para se candidatarem, envie seu CV colocando no assunto (de acordo com os perfis em anexo) o nome da vaga a qual estão se candidatando, para:

elly@interpersona.com.br

1. São vagas para trabalhar na Construtora Odebrecht (mas tem que ter disponibilidade de atuação/mudança para o Brasil inteiro, são vagas em diversos Estados/Cidades):

- Vagas com os perfis abaixo:
- Supervisor Técnico de Elétrica
- Supervisor Técnico de Pintura
- Supervisor Técnico de Isolamento
- Supervisor Técnico Mecânico
- Técnico Pré Comissionamento Calibração – Elétrica
- Engenheiro de Isolamento
- Engenheiro de Pintura

1.1 Vagas que ainda não tenho o perfil, mas já estao precisando:

- Supervisor Técnico de Instrumentação
- Técnico Pré Comissionamento Calibração / Instrumentação
- Supervisor Técnico de Equipamentos Mecânicos
- Supervisor Técnico Pré Comissionamento / Tubulações
- Supervisor Técnico Pré Comissionamento / Mecânica – Rotativos
- Técnicos Pré Comissionamento Equipamentos Estáticos Recheios / Bandejas
- Salários em aberto.

1.1 Vagas com o seguinte perfil:

- Engenheiro Civil Sênior – com foco em execução de projetos civis industriais no campo e acompanhamento de subcontratadas - atuar em medição de subcontratadas, acompanhar execução de estacas, bases civis industriais e prédios administrativos com foco em acompanhamento de execução de campo (parte operacional), verificar possíveis ou prováveis interferências entre projeto executivo e
execução.

- Médico do Trabalho – formação em Medicina e Pós Graduação em Medicina do Trabalho, com experiência em empresas de construção civil (em canteiros de obras), preferencialmente obras petrolíferas ou com experiência como Médico do Trabalho em outro tipo de empresa.

- Coordenação de PCMSO com capacidade em Gestão de Sistema de Gestão
Integrada (SGI), atendimento ambulatorial, disponibilidade para
mudanças, trabalhar 8 horas diárias (full time) ou disponibilidade
para atuação em Recife.

- Engenheiro mecânico sênior (engenheiro de obras/produção) –
experiência em montagem mecânica de obra industrial, produção, área
de estrutura metálica, equipamentos, coordenação de grandes equipes
(assistentes técnicos, técnicos e encarregados), disponibilidade para
atuação em Recife.

- Técnico de Documentação – profissional em nível técnico (podendo
ser edificações, mecânica, elétrica, eletrônica etc), trabalhar na
área de controle de qualidade – experiência em obras
petrolíferas/montagem eletromecânica de grande porte, realizar
controle, cadastro e distribuição dos documentos e registros, tais
como – coleta, identificação, arquivamento, manutenção, tramitação e
distribuição dos mesmos, preparar e reunir documentos, registros e
formulários necessários para composição de “data-book”.

– Obs.: preferencialmente para trabalhar no Mato Grosso do Sul,
disponibilidade para mudanças.

- Administração Contratual – formação em Engenharia (indiferente) –
profissional em nível pleno ou sênior, com experiência em obras
petrolíferas ou montagem eletromecânica, experiência em identificação
' de oportunidades de otimizações contratuais, elaboração e
apresentação de pleitos e reivindicações junto ao cliente, negociação
de pleitos, identificar oportunidades de aumentar os ganhos dos
contratos através da elaboração e negociação de pleitos e
reivindicações contratuais (alterações de escopo, alterações
contratuais. Disponibilidade para atuação em Recife ou mobilidade
total para mudanças.

- Engenheiro de Obras Sênior – formação em Engenharia Mecânica –
experiência em coordenação de equipes, montagem de obras
eletromecânicas/petrolíferas, com grandes equipes. Disponibilidade
total para mudanças.

2. VAGAS PARA O EXTERIOR (ARGENTINA)

- Gerente Administrativo e Financeiro – formação em Administração de
Empresas ou Ciências Contábeis – experiência em empresas de
construção civil/obras de montagem eletromecânicas ou petrolíferas,
nas áreas de administração/materiais, gestão de logística do
contrato, compras, orçamentos, gastos, contas a pagar, área de
materiais etc.

- Engenheiro de Produção/Obras – formação em Engenharia Mecânica –
experiência em empresas do segmento de construção civil (obras de
montagem eletromecânica/petrolíferas) – com experiências em nível
pleno ou sênior, em montagem mecânica, tubulação/estrutura metálica.

- Engenheiro de Produção/Obras – formação em Engenharia Elétrica –
experiência em empresas de construção civil (obras de montagem
eletromecânica / petrolíferas) – em nível pleno ou sênior,
experiência em montagem elétrica/instrumentação.

- Engenheiro de Planejamento – formação em Engenharia (civil,
mecânica, elétrica etc), experiência em empresas de construção civil
(obras de montagem eletromecânica/petrolíferas) – experiência em
planejamento físico e financeiro, das áreas de engenharia,
suprimentos, logística, prazos de entrega, mapas de riscos, controle
de materiais, controle de orçamentos e gestão, controle de
vencimentos, grande conhecimento em MS Project ou Primavera, PMI.

- Engenheiro de Qualidade - formação em Engenharia (civil, mecânica,
elétrica etc), experiência em empresas de construção civil (obras de
montagem eletromecânica/petrolíferas) – conhecimento e elaboração de
plano de qualidade do projeto, controle de qualidade e documentação
do canteiro de obras, gestão da qualidade integral do projeto,
organização de auditorias, normas ISO/OSHAS 18001/14001 18001/14001
(IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA),

- Engenheiro de Projetos – formação em Engenharia civil, mecânica ou
elétrica, experiência em empresas de construção civil (obras de
montagem eletromecânica/petrolíferas) – assistência aos clientes,
subcontratados e área de produção nas especialidades de civil,
piping, instrumentação e controle da engenharia de detalhe com a
empresa contratada, apoio na execução do cronograma da engenharia em
obra, equipamentos e inspeção, elaboração de procedimentos e
instrução de trabalhos.

- Administração Contratual - Administração Contratual – formação em
Engenharia (indiferente) – profissional em nível pleno ou sênior, com
experiência em obras petrolíferas ou montagem eletromecânica,
experiência em identificação de oportunidades de otimizações
contratuais, elaboração e apresentação de pleitos e reivindicações
junto ao cliente, negociação de pleitos, identificar oportunidades de
aumentar os ganhos dos contratos através da elaboração e negociação
de pleitos e reivindicações contratuais (alterações de escopo,
alterações contratuais).

3 - OUTRAS VAGAS:

- 10 Inspetores Dimensional N2 (8 CD-CL, 2 CD-TP)
- 10 Inspetores de solda N1
- 13 Inspetores Visual de Solda (EVS)
- 20 Inspetores de Lp/Pm
- 07 Inspetores de Tubulação
- 02 Inspetores Teste Por Pontos
- 03 Inspetores de Equipamento( Um para Recebimento)
- 02 Inspetores de Pintura
- 01 Inspetor de solda N2
- 01 Inspetor de Pintura N2
- 02 Inspetores de Elétrica
- 02 Inspetores de Instrumentação
- 02 Inspetores de Ultrassom (N2-S2.1, N2-S4)
- 05 Inspetores Civil .acm

Obra com Período de 3 anos,com mobilização imediata.Os interessados
favor enviar CV para : Crobertoqualidade@gmail.com



Vaga para 1 inspetor de LP/PM e 1 inspetor de solda ambos com
salvatagem e huet em dia .
Enviar CV para comercial@controlinspecoes.com.br

Vaga para Inspetores na obra das Caldeiras da Imetame do Espirito
Santo aqui na Regap ( Betim ).
Ligar para : 027 9946 7446 e pedir email pra enviar curriculum.

Boca RJ - Manjar Inglês
Obra em angra/rj e com duração prevista de 01 ano.
1.Material Controller
2.Quantity Surveyor
3. HSSE Coordinator
4. Quality Inspector-Structure
5. Welding NDT / Inspetor de Solda, END, TP, TM, RX, TU
6. Piping Quality Inspector
7. Painting Quality Inspector
8. Planning Engineer
9. Document Controller
Envie seu CV e uma mensagem de apresentação EM INGLÊS para:
luivanss@hotmail.com

VAGA INSPETOR PM
EMPRESA NECESSITA DE INSPETOR DE PARTICULA MAGNÉTICA PARA TRABALHAR
INTERIOR DE SP.
INTERESSADOS CONTATAR EMPRESA INSPEWELD E FALAR COM SR.BENEDITO.
TELEFONES: 16 8154 6143
16 3237 8675
Para envio de curriculos e contato, encaminhar email para:
contato@inspeweld.com.br

Inspetor Pintura
Estamos precisando em carater de urgência de 02 Inspetores de
Pintura. Quem se interessar favor entrar em contato pelo fone
(21)8882-9402 ou pelo e-mail: v.linspecoes@yahoo.com.br

Vaga P/ TÉCNICO DE DOCUMENTAÇÃO - PROFISSIONAL
Olá amigos, tem vaga p/ dois técnicos de documentos, p/ Recife,
Favor os interessados encaminhar currículo p/
ricardobizzerra@gmail.com, favor colocar no email minha indicação e
pretensão salarial.
IMPORTANTE: Somente enviar currículos, onde o mesmo possua vasta
experiência em obras e domínio das Normas N-1710 e N-0381.
VAGA SOMENTE P/ TÉCNICOS DE DOCUMENTAÇÃO NAO ENVIAR CURRICULO P/
OUTRAS FUNCOES

Vaga Inspetor PM - URGENTE!!!
Vaga para 1 inspetor de PM com salvatagem em dia.
Enviar CV para juan.marzan@itcbrazil.com.br

OPORTUNIDADE
OPORTUNIDADE!!!
A TECHMODAL INSPECOES SOLICITA CURRICULOS DE INSPETORES DE END PARA
ATUAREM EM
PETROQUIMICA EM DIVERSAS REGIOES.

ENVIEM PARA techmodal@hotmail.com
TRABALHAMOS TAMBEM COM RETREINAMENTOS E CURSOS DE ULTRA SOM E SOLDA
N1.

NAO PERCA OPORTUNIDADE!
ENVIAR NO ASSUNTO AREA E CIDADE
EX: INSPETOR SOLDA / RJ

Boca no ES
União Engenharia contrata
Inspetor de Solda N1
Inspetor de LP/PM
Inspetor Dimensional de Calderaria e Tubulação
Inspetor de Eletrica (Sequi Petrobras)
Tecnico em Documentação
Inspetor Equipamento (com CREA)
Supervisor de Controlede Qualidade (com curso superior de Engenharia)
trabalho Piuma ES, Aracruz ES,Alcobaça BA, e Capão Bonito SP
Inspetor de Teste Por Pontos ( Capão Bonito SP)
e-mail curriculo@uniaoengenharia.ind.brcom pretenção salarial e
coloar no assunto cargo pretendido

boca US-N2
Boca em ctba para US-N2 qualificado, entrar em contato pelo email:
jrassis3317@hotmail.com

VAGA PINTURA
Vagas para inspetores de pintura
A nm engenharia está contratando 01 insp N1 pintura para Macaé e 01
para a região nordeste.
Os interessados devem entrar em contato com o SR. Ricardo Moraes na
matriz em S. Paulo. pelo fone 011 3093 4400.
Boa Sorte.

BOCA PINTURA
Oportunidade de trabalho urgente"!!!!!!
URGENTE BOCA DE INSPETOR DE PINTURA N-1, PARA FORTALEZA CEARA SALARIO
R$ 4800,00 MAIS 30% LIVRE , MAIS HORAS EXTRAS + HOSPEDAGEM + UMA
PASSAGEM AERIA UMA VEZ POR MES , POR CONTA DA EMPRESA.
ENTRAR EM CONTATO COM NATANOELPELO TELEFONE 19-3844-4826.

emprego
“Vaga para inspetor de equipamentos”
experiência mínima de 2 anos na área de manutenção
Brasman manutenção industrial – Parada da Repar
Email: brasman@brturbo.com.br

INSPETOR DE PINTURA
Vagas para inspetores de pintura
A nm engenharia está contratando 01 insp N1 pintura para Macaé e 01
para a região nordeste.
Os interessados devem entrar em contato com o SR. Ricardo Moraes na
matriz em S. Paulo. pelo fone 011 3093 4400.
Boa Sorte.
Senhores,
Gostaria que vocês divulgassem entre os vossos contatos, nossa
necessidade de contratação de inspetores, nas modalidades abaixo
relacionadas. Por orientação da nossa gerência, será dada preferência
para quem tenha residência na região. Trata-se de um contrato de
manutenção de 2 (dois) anos na REPLAN/PAULÍNIA.

Os interessados devem enviar os curriculum's para este e-mail.
adherbal.santos@construelos.ind.br
MODALIDADES DE INSPEÇÃO:
- Insp. Recebimento de Materiais (Caldeiraria, Elétrica,
Instrumentação e Civil);
- Inspetor de Elétrica Qualificado;
- Inspetor de Instrumentação Qualificado;
- Inspetor de Civil;
- Inspetor de Equipamentos;
- Inspetor de Solda;
- Inspetor de Pintura;
- Inspetor Dimensional;
- Inspetor de Fabricação (Estrutura/Tubulação);
- Inspetor de Ensaio por Líquido Penetrante/Partículas Magnéticas;
- Inspetor de Ensaio por Ultra Som;

Sem mais, aguardo vosso retorno.

CONSTRUTORA ELOS
Adherbal A. Santos
Coordenador da Qualidade
(71) 9277-9979
PREZADOS SENHORES INSPETORES BOM DIA,

A PHYSICAL ACOUSTICS SOUTH AMERICA -PASA, ESTÁ PRECISANDO URGENTE DE
UM INSPETOR E UM AUXILIAR.

PELO PERÍODO DE 30 DIAS EM CUBATÃO / SP.

ESTÃO DANDO PREFERENCIA POR QUEM ESTIVER NAS PROXIMIDADES OU MORANDO
NA REGIÃO.

ENTRAR EM CONTATO COM ENGº RICARDO TEL CEL 011 - 9461- 9248 OU PASA
011 - 3082-5111


REYNALDO
011-94782853 E 013-8123-5454



VAGAS DE EMPREGO



Fique atento e confira as vagas de emprego da Associação de Inspetores:











Erro! O nome de arquivo não foi especificado. Vaga
Erro! O nome de arquivo não foi
especificado. empresa

Vaga:

CONTRATAÇÕES PERMANENTES
1) 01 Inspetor de Ultrassom com qualificação ASNT
2) 01 Inspetor de equipamentos formado com pelo menos 2 anos de
experiência
3) 02 Auxiliares técnico com formação em técnico em mecânica ou com algum
curso na área de inspeção de equipamentos, tais como LP, ME
4) 01 Técnico metalúrgico Trabalhar com análise de falhas, Réplicas
Metalográficas
5) 02 Inspetores de equipamentos formados (01 com pelo menos 5 anos de
experiência preferencialmente com qualificação em ME ou LP)
Maiores Informações entrar em contato .



Empresa: Araujo Engenharia.
Contato: Andrea Ksyvickis
Tel: 19 - 3826 5436
Site: www.araujoengenharia.com.br
E-mail:
andrea@araujoengenharia.com.br

Vaga:

CONTRATAÇÕES TEMPORÁRIAS
1) 04 Inspetores de equipamentos formados com pelo menos 05 anos de
experiência.
2) 03 ajudantes (auxiliar) para preparação de superfície (trabalho com
lixadeira) para apoio a ensaios não destrutivos
3) 01 Ultrassionista com qualificação US-N2-S4.
4) 01 Técnico de segurança do trabalho.

OBS: Todos com NR-33 e Curso de Permissão de trabalho.
Maiores Informações entrar em contato .



Empresa: Araujo Engenharia.
Contato: Andrea Ksyvickis
Tel: 19 - 3826 5436
Site: www.araujoengenharia.com.br
E-mail:
andrea@araujoengenharia.com.br

Vaga:

Vaga para Inspetor de Correntes Parasitas
Maiores Informações entrar em contato .


Empresa: SP Qualidade.
Contato: Matheus Alexandre
Tel: 16 - 8138 - 1417
Site: www.spqualidade.com.br
E-mail:
matheus.alexandre@spqualidade.com.br




- 10 Inspetores Dimensional N2 (8 CD-CL, 2 CD-TP)
- 10 Inspetores de solda N1
- 13 Inspetores Visual de Solda (EVS)
- 20 Inspetores de Lp/Pm
- 07 Inspetores de Tubulação
- 02 Inspetores Teste Por Pontos
- 03 Inspetores de Equipamentos( Um para Recebimento)
- 02 Inspetores de Pintura
- 01 Inspetor de solda N2
- 01 Inspetor de Pintura N2
- 02 Inspetores de Elétrica
- 02 Inspetores de Instrumentação
- 02 Inspetores de Ultrassom (N2-S2.1, N2-S4)
- 05 Inspetores Civil


Obra com Perí­odo de 3 anos,com mobilização imediata.Os interessados favor
enviar CV para : Crobertoqualidade@gmail.com
até breve

CSN aumenta exportações em 198%


De janeiro a maio deste ano, a CSN aumentou em 198,81% suas exportações, na comparação com o mesmo período do ano passado. A siderúrgica voltou a assumir a quarta posição entre os maiores exportadores do Estado do Rio, posto que ocupava até cerca de dois anos atrás, e que foi perdido quando a empresa decidiu focar mais seus esforços comerciais no mercado interno, que permitia a obtenção de maiores lucros. Os dados constam de relatório da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O valor das exportações da Companhia nos primeiros cinco meses do ano chegou a US$ 232 milhões (cerca de R$ 371,2 milhões) contra US$ 77,7 milhões (cerca de R$ 124,32 milhões) no mesmo período do ano passado. De acordo com os números do primeiro trimestre deste ano, a Companhia vende 15% de sua produção de aço para o exterior e 85% no Brasil. Mas a maior parte do resultado obtido pela empresa provavelmente vem de vendas de minério de ferro. A CSN usa suas instalações no Porto de Itaguaí para vender minério de ferro, e 94% das vendas desse produto, no primeiro trimestre deste ano, foram para o exterior.

O volume de vendas da CSN para o exterior por crescer ainda mais no curto prazo, já que a Companhia comprou recentemente duas usinas de aços longos na Espanha e uma distribuidora de aço na Alemanha do grupo Alfonso Gallardo. Se optar por vender insumos nacionais para as novas unidades, como faz com a CSN LLC, em Terre Haute, Indiana, e com a Lusosider, em Portugal, a empresa pode ampliar muito suas exportações.

Das três empresas que exportaram mais que a CSN, duas são do setor de petróleo. A Petrobras é a maior exportadora do Estado do Rio, com mais de três quartos das exportações fluminenses nos cinco primeiros meses do ano (US$ 6 bilhões, ou R$ 9,6 bilhões).

A segunda maior exportadora do Estado do Rio é a CSA, siderúrgica do Grupo Thyssen, da Alemanha, em sociedade com a Vale, que funciona em Santa Cruz, zona oeste do Rio. A CSA, que foi concebida para produzir com vistas ao mercado externo, vendeu pouco mais de US$ 770 milhões (R$ 1,232 bilhão) no período entre janeiro e maio de 2011.

Em terceiro lugar vem outra petrolífera, a Chevron, que é sócia da Petrobras numa área da bacia de Campos e exportou US$ 489 milhões (R$ 782,4 milhões).

A região tem ainda outras duas empresas entre as dez maiores exportadoras do Estado do Rio: a PSA Peugeot Citroën, em sétimo lugar e a Man Latin America, em oitavo.

Municípios

Os dados das exportações por município, liberados pela Secex, apontam cinco municípios da região entre os dez maiores exportadores do Estado do Rio. Angra dos Reis, que lidera a lista, é também o maior exportador do Brasil, graças às vendas de petróleo e derivados. Em sétimo lugar, aparece Porto Real, com as vendas da montadora PSA Peugeot Citroën, e em oitavo, Resende, sede da Man Latin America e de outras indústrias, como a Votorantim Siderurgia.

A nona posição fica com Volta Redonda - por conta de exportações de aço da CSN - e a décima com Itatiaia.

Os municípios de outras regiões na lista dos maiores exportadores são o Rio, em segundo lugar, Macaé, em terceiro, Itaguaí em quarto, Niterói em quinto e Duque de Caxias, em sexto lugar.

Fonte: Diário do Vale

até breve

Porto do Açu: entre o público e o privado


Se o Brasil tivesse um dono, este poderia atender pelo nome de Eike Fuhrken Batista, filho do ex-presidente da ex-Companhia Vale do Rio Doce (hoje apenas Vale), Eliezer Batista. Apelidos e adjetivos não faltam a Batista, o filho. De um lado, o sucesso. Os milhões próprios e públicos. Na outra ponta, a sociedade, brigando sozinha, tendo de fazer atos e protestos para ser ouvida, mas assim mesmo os ouvidos públicos continuam moucos aos reclamos.

Por isso, causa pouca surpresa a notícia de que a OSX, empresa do setor naval offshore do Grupo EBX, recebeu a Licença de Instalação para sua Unidade de Construção Naval (UCN), que será instalada no Complexo Industrial do Superporto do Açu, no município de São João da Barra (Rio de Janeiro).

A propaganda na OSX nos informa que a UCN Açu será o maior estaleiro das Américas, gerará cerca de 14.000 empregos diretos, sendo 10.000 na fase de operação e os demais durante a fase de implantação. E na operação?

Ficamos sabendo ainda que a UCN Açu possui condições únicas de integração logística, eficiência operacional e sinergias industriais locais, em decorrência de sua localização no Complexo Industrial do Superporto do Açu.

Mas será que a situação está as mil maravilhas para quem está do outro lado do superporto do Açu e que não goza do dinheiro e do prestígio do filho pródigo Eike Batista?

Uma dica nos é dada por Alcimar das Chagas Ribeiro, economista, mestre e doutor em Engenharia de Produção e professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense.

“O fortalecimento do Movimento Social Nossa São João da Barra é essencial para dar voz à sociedade excluída, buscando um melhor equilíbrio de forças. A ideia é que mantido o contexto atual, as relações democráticas fluam na condição, comparativamente, a um jogo de futebol, onde o arbitro não mede esforços para apoiar o time mais forte, o que acaba levando o time mais fraco a uma extrema derrota e humilhação ao final da partida. Porém, respeitando o papel da empresa e a liberdade de mercado, o recurso utilizado para os negócios privados representa um bem comum (o mar), portanto a sociedade precisa ser compensada de acordo com o processo evolutivo da geração de riqueza no território, o que representa um paradoxo a condição anterior”.

Fonte: Portogente

até breve

quarta-feira, 29 de junho de 2011

E para terminar a noite...



até breve

PT tenta barrar candidatura da mãe de Eduardo Campos a ministra do TCU

O PT resolveu comprar uma nova briga dentro da base do governo.

A bancada do partido na Câmara assinou em peso um manifesto de apoio à candidatura do petista Sérgio Barradas Carneiro (BA) a ministro do Tribunal de Contas da União.

O ex-presidente do TCU Ubiratan Aguiar deverá se aposentar no segundo semestre, abrindo uma vaga para o órgão. O problema é que a deputada Ana Arraes (PSB-PE), mãe do governador Eduardo Campos, já havia lançado sua candidatura, com o apoio do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Um candidato com apoio unânime do PT pode inviabilizar a candidatura da mãe de Eduardo Campos e criar um tremendo mau estar na base.

Mas Sérgio Carneiro não pensa assim. Busca até o apoio da presidenta Dilma Rousseff:



até breve

Anac deve abrir chamada pública para projetos de concessão e ampliação de aeroportos

Empresas interessadas em subsidiar projetos de expansão, manutenção e exploração de aeroportos brasileiros que venham a ser concedidos à iniciativa privada poderão apresentar estudos e projetos técnicos à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) quando houver uma chamada pública.

A resolução foi aprovada ontem (28) pela diretoria da agência e publicada hoje (29) no Diário Oficial da União.

A realização dos estudos para estruturação de projetos de concessão será feita sem exclusividade, o que significa que mais de uma empresa poderá se manifestar e obter a autorização.

Se Anac avaliar que nenhum dos estudos apresentados atende satisfatoriamente ao escopo indicado na autorização, não selecionará qualquer deles para utilização em futura licitação.

A chamada pública indicará prazo para realização dos estudos e apresentação dos projetos. Também poderão ser estabelecidos prazos intermediários para apresentação de informações e relatórios de andamento no desenvolvimento dos estudos. Caso os projetos necessitem de mais detalhes ou correções, a Anac abrirá prazo para reapresentação.

Fonte: Agência Brasil

até breve

Fundo Global amplia tratamento de Aids a 3,2 milhões de pessoas


O Fundo Global de Luta contra Aids, Tuberculose e Malária anunciou na terça-feira que 3,2 milhões de pessoas infectadas pelo HIV recebem tratamento por meio de programas financiados pelo fundo, registrando um aumento de 14 por cento em relação ao ano passado, mas alerta que é preciso "esforço renovado" para seguir avançando.

Segundo a iniciativa, no último ano mais de 400 mil pessoas infectadas pelo HIV passaram a receber tratamento com anti-retrovirais através de programas apoiados pelo fundo. Em junho de 2010, o total de pessoas que recebiam medicamentos era de 2,8 milhões.

"Estes progressos nos dão a esperança de poder alcançar o ambicioso objetivo definido pela comunidade internacional no início deste mês de proporcionar tratamento a 15 milhões de pacientes com Aids até 2015", disse o diretor-executivo do Fundo Global, Michel Kazatchkine, em comunicado. Atualmente, cerca de 6,6 milhões de pessoas recebem tratamento contra Aids no mundo.

Apesar de ambiciosa, essa meta não deve ser temida, segundo Kazatchkine, que listou como base para avançar nesse sentido o comprometimento político, a mobilização social, os avanços científicos e acesso a recursos.

O diretor-executivo do fundo lembrou, no entanto, que no momento não há todos os recursos necessários e que é preciso criar uma estratérgia que permita alcançar essa meta até 2015. No caso, além dos tradicionais doadores, como os países do G8 (grupo que reúne as oito principais economias mundiais), é preciso voltar-se ao G20.

Segundo Kazatchkine, que participa em São Paulo de um fórum de parceiros do Fundo Global, o Brasil pode ter um papel importante nesse sentido, assim como no passado já liderou a iniciativa entre países em desenvolvimento de combinar tratamento e prevenção para deter o avanço da doença.

De acordo com dados do Unaids, programa da ONU para HIV/Aids, o número de pessoas vivendo com o HIV chegou a 34 milhões no final de 2010, ante 33,3 milhões no ano anterior. O gasto no combate à doença no ano passado chegou a quase 16 bilhões de dólares em países de renda baixa e média.

O Fundo Global divulgou também avanços na prevenção da malária e no tratamento da tuberculose, ampliando este último a mais 1,2 milhão de pessoas entre junho de 2010 e junho deste ano. Com isso, 8,2 milhões de pessoas receberam tratamento para tuberculose desde 2003.

Fonte: Estadão

até breve

Estudo diz que mulheres se sentem atraídas por carros de luxo


Pesquisadores afirmam que gastar muito é sinal de ousadia.

Uma das discussões mais antigas entre os fãs de automóveis é o poder que um carro importado pode exercer sobre as mulheres. Há quem diga que elas não ligam para bens materiais, enquanto outros defendem com unhas e dentes que um carrão de luxo pode ajudar na hora da conquista.

Seja qual for sua opinião, um estudo realizado pela Universidade do Texas provaria – pelo menos na teoria – que as mulheres, realmente, se sentem atraídas por homens que dirigem esportivos ou carros de luxo.

Segundo os pesquisadores, os homens que gastam dinheiro de forma descompromissada ou excessiva em bens supérfluos indicam ao sexo oposto que buscam um relacionamento rápido. Além disso, eles demonstram ousadia, algo que poderia fazer toda a diferença principalmente no caso de mulheres que vivem relacionamentos conservadores ou monótonos com seus respectivos parceiros.

Os profissionais da universidade comparam o comportamento com o mundo animal, principalmente com o pavão macho, que se exibe de forma nada discreta para a fêmea na tentativa de conquistá-la.

Os pesquisadores ainda afirmam que, se o homem procura uma relação estável que culmine em casamento, a escolha ideal seria por um carro mais conservador, como o Toyota Prius. Curiosamente, os homens tem um comportamento totalmente oposto ao das mulheres. Na opinião deles, uma mulher que dirige carros de luxo e gasta dinheiro sem cerimônias é vista como uma parceira ideal.

Fonte: EXAME

até breve

Brasileiros devem tentar se prevenir contra restrições de entrada na Europa, dizem autoridades


A informação de que, pelo segundo ano consecutivo, os brasileiros são os estrangeiros que sofrem mais restrições para entrar em países da União Europeia por via aérea aumentou o alerta das autoridades no Brasil. Segundo a Agência Europeia de Controle de Fronteiras (Frontex), o brasileiro forma o sexto grupo com mais permanências ilegais detectadas.

“Não temos essas informações porque o que nos chegam são reclamações de brasileiros que se sentem injustiçados de alguma forma. Mas o dado é preocupante da mesma forma”, disse à Agência Brasil a diretora do Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior do Itamaraty, Maria Luiza Ribeiro Lopes da Silva.

Pelos dados da Frontex, divulgados segunda-feira (27) pela BBC Brasil, apenas em 2010, 6.072 brasileiros foram impedidos de entrar na Europa. Os números equivalem a 12% do total de entradas recusadas. Segundo a agência, a maioria dos recusados tentava entrar em Portugal e na Espanha.

O Brasil aparece como o país com mais permissões negadas para entrar na Europa. No ano passado, a Frontex registrou 13.369 brasileiros vivendo ilegalmente na União Europeia - 3,8% do total. Mas quem lidera a lista de maior número de residentes ilegais na Europa é o Marrocos, com 6,3% do total. O Brasil fica na sexta posição, atrás ainda do Afeganistão, da Albânia, Sérvia e Argélia.

No ano passado, as autoridades do Brasil, da Inglaterra, da Espanha e de Portugal se reuniram para a elaboração da cartilha de orientações para os imigrantes. As autoridades brasileiras negociaram com os representantes dos serviços de migração desses países para estabelecer o intercâmbio dos policiais, de forma que cada um possa conhecer a cultura do outro. Houve também reuniões entre os representantes dos consulados.

No esforço de evitar constrangimentos, os diplomatas recomendam que o viajante providencie todos os documentos exigidos pelo país que irá visitar. Lembram ainda que o turista poderá ser entrevistado, no idioma local, por isso é necessário tentar responder de forma clara e objetiva, assim como comprovar que está com a documentação adequada.

Na lista de documentos exigidos, o Itamaraty ressalta que o passaporte deve ser válido por no mínimo mais seis meses além da data da viagem. É preciso ainda que o viajante lembre de levar o comprovante autenticado de emprego no Brasil e seguro médico internacional. Caso o turista se sinta alvo de arbitrariedade ou desrespeito, tem direito a requerer a presença de uma autoridade consular brasileira.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos telefones 61-3411-6456, no caso de quem está no Brasil. Se o viajante estiver no exterior deve ligar para +55 (61) 3411-8803. Também é possível obter dados na internet - www.portalconsular.mre.gov.br.
Fonte: Agência Brasil

até breve

Mercosul chega aos 20 anos com plano de expansão e temor de 'invasão comercial'


Criado com o intuito de integrar as economias de Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, o Mercosul completa 20 anos em 2011 em espírito "reflexivo" e com a ambição de se adaptar aos novos ventos econômicos globais - em que a China detém poder cada vez maior -, de expandir sua atuação e de proteger-se das turbulências que atingem os países desenvolvidos.

A avaliação é de ministros de Estado que participaram na terça-feira da abertura da 41ª cúpula do bloco, em Assunção, Paraguai.

“Quando o Tratado de Assunção foi assinado, em 1991, o mundo era diferente: a China não era um parceiro comercial significativo dos países do bloco, e o mundo em desenvolvimento não era o motor do comércio internacional. (…) Essas características fazem com que vivamos em ambiente de acelerada transformação, o que exige acompanhamento detido para que não sejam perdidas oportunidades interessantes de inserção internacional”, disse a jornalistas o chanceler Antonio Patriota.

O ministro afirmou que o bloco vive momento favorável, tendo atingido o recorde de US$ 45 bilhões em trocas comerciais internas em 2010. Neste ano, diz esperar que o comércio alcance ao menos US$ 50 bilhões.

Ainda assim, o chanceler afirmou que o bloco passa por momento de “reflexão sobre o futuro”, em que têm sido discutidos “novos rumos e correções de assimetrias”. Entre as ideias destacadas pelo ministro estão a adesão da Bolívia e do Equador.

Segundo Patriota, a proposta conta com a simpatia dos dois países e foi objeto de debate entre os chanceleres do bloco nesta terça-feira.

O subsecretário-geral da América do Sul, Central e Caribe, Antonio Simões, disse que uma delegação do Mercosul deve visitar em breve ambos os países para discutir a viabilidade do ingresso.

Atualmente, Bolívia e Equador são Estados associados do Mercosul, ao lado de Chile, Colômbia, Peru e Venezuela – este depende apenas de um aval do Congresso paraguaio para ingressar no bloco.

Proteção de turbulências

Se por um lado o bloco busca expandir sua atuação e tirar maior proveito das mudanças mundiais em curso, por outro, pretende proteger-se de respingos da crise econômica global.

Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, “nós devemos cuidar que nossos mercados sirvam para estimular o nosso crescimento, e não o crescimento dos outros países”.

Mantega, que se reuniu na terça-feira com os ministros da Fazenda da Argentina, Uruguai e Paraguai, disse que serão discutidas na reunião entre os chefes de Estado do bloco, na quarta-feira, formas de impedir que os mercados sul-americanos “sejam invadidos por produtos de países que não têm para quem vender”.

“O que nós combinamos é que os mercados latino-americanos devem ser desfrutados pelos países do continente. Devemos preservar esses mercados para nós”, disse o ministro.

Ele afirmou que as medidas visam responder à postura tanto dos Estados Unidos e da União Europeia quanto de países asiáticos, que tradicionalmente exportam para europeus e americanos, mas, devido à crise nessas regiões, têm buscado com avidez os mercados sul-americanos.

Encontro bilateral

A presidente Dilma Rousseff aproveitará a cúpula do Mercosul para fazer uma reunião bilateral com o governo paraguaio. No encontro, os governos devem tratar de cooperação nas áreas de segurança, pesca e de televisão digital.

Será o primeiro encontro de Dilma com o presidente paraguaio, Fernando Lugo, após o Brasil aprovar o aumento nos valores pagos ao Paraguai pelo uso da energia da usina hidrelétrica de Itaipu.

Após se encontrar com Lugo, Dilma deve se reunir com outros chefes de Estado do Mercosul. O grupo, no entanto, estará desfalcado: a presidente argentina, Cristina Kirchner, cancelou sua visita ao Paraguai. Ela sofreu uma queda na semana passada e disse ter sido aconselhada a evitar a viagem.

Fonte: BBC Brasil

até breve

PSD precisa ter registro na Justiça Eleitoral até 7 de outubro para participar das eleições de 2012


O PSD, partido em construção articulado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, precisa conseguir seu registro na Justiça Eleitoral até o dia 7 de outubro para participar das eleições de 2012. Esta é a data limite imposta pelo calendário eleitoral aprovado hoje (28) à noite pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A escolha da data tem ligação com o primeiro turno das eleições de 2012, que ocorre exatamente um ano depois. O dia 7 de outubro também é a data limite para que candidatos interessados em concorrer ao pleito estejam filiados ao partido, dentro do domicílio eleitoral da cidade em que vão concorrer.

Para a criação do PSD, os interessados devem apresentar ao TSE uma lista com cerca de 490 mil assinaturas de apoio, o que corresponde a 0,5% dos votos válidos para deputado federal em 2010. As assinaturas devem vir de pelo menos um terço das unidades da Federação.

Outra regra imposta pela legislação eleitoral é que as listas de assinaturas de cada estado devem conter pelo menos 0,1% dos votos válidos computados localmente nas últimas eleições. Quando a lista for entregue, o TSE coloca o assunto em regime de urgência.

O calendário aprovado hoje pelo TSE também determina que, a partir do dia 1º de janeiro de 2012, os institutos de pesquisa são obrigados a registrar seus levantamentos. Na mesma data, a administração pública fica proibida de distribuir bens, valores ou benefícios gratuitamente, exceto em casos especiais. Os eleitores interessados em pedir registro ou transferência da cidade em que votam têm até o dia 9 de maio para fazê-lo.

As convenções para escolha dos candidatos podem ser realizadas entre os dias 10 e 30 de junho. Os registros dos candidatos podem ser feitos até o dia 5 de julho. No dia seguinte, fica liberada a propaganda eleitoral, mas a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV só começa no dia 21 de agosto.

Fonte: Agência Brasil

até breve

São João da Barra recorre no STJD e pode paralisar Segundona do Rio


Na próxima quinta-feira, a Série B do Campeonato Carioca poderá ser toda modificada. Os jogos que foram realizados na fase final da competição podem ser cancelados e novas partidas poderão ser realizadas.

O time do São João da Barra se sentiu prejudicado após ser declarado como eliminado e recorreu da decisão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O clube já chegou a paralisar a competição, mas o Tribunal de Justiça Desportiva da Ferj decidiu pela continuação da Segundona.

O presidente da equipe reclama que o regulamento não foi usado de forma correta. Na regra, os cinco primeiros e os dois melhores por índice técnico passavam. No lugar do time do Norte Fluminense entrou o Teresópolis que fez mais pontos, mas que teve menos índice técnico que o São João da Barra.

Fonte: SRZD

até breve

Brasil Offshore 2011 projeta R$ 170 milhões para os próximos 12 meses


A 6ª Edição da Feira e Conferência da Indústria de Petróleo e Gás, Brasil Offshore, demonstrou a consolidação da indústria offshore brasileira e evidenciou o crescimento de oportunidades que o mercado oferece, principalmente na região Norte Fluminense do Rio de Janeiro. Durante os quatro dias de evento, de 14 a 17 de junho, 52.100 pessoas passaram pelo Centro de Exposições Jornalista Roberto Marinho, na cidade de Macaé.

A 16ª Rodada de Negócios Nacional, promovida pela Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), em parceria com o SEBRAE-RJ, teve destaque no evento, gerando, aproximadamente, R$ 170 milhões em negócios para os próximos doze meses.

Foram realizados 320 encontros entre 19 empresas âncoras e 78 fornecedores do setor de petróleo e gás. Já na 3ª edição da Rodada de Negócios Internacional, promovida pela ONIP e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), participaram sete companhias estrangeiras e 24 fornecedores nacionais.

Esta edição da Brasil Offshore foi marcada pela grande participação de empresas internacionais. No total foram 155 expositores internacionais de 38 países. Polônia, Áustria, Dinamarca, Espanha, Austrália, Bélgica, Canadá e Irlanda participaram pela primeira vez da Feira. Já os países França e Alemanha duplicaram a quantidade de empresas que trouxeram em comparação a 2009.

Segundo o diretor da Reed Exhibitions Alcantara Machado, Paulo Rezende, o crescimento do interesse de outros países na Feira mostra a consolidação das empresas brasileiras no setor. Para o diretor, a convivência de companhias internacionais, respeitando as políticas e regulamentações de exploração, evidencia o mercado promissor do segmento de petróleo e gás.

“A confirmação que a cidade de Macaé sediará a Brasil Offshore por mais 10 anos insere definitivamente o evento no calendário mundial do segmento”, analisou.

A Show Manager do evento, Ivani Andreotti, explica que a Brasil Offshore tem contribuído na sinergia entre os mais diferentes personagens do setor, ajudando a fomentar as parcerias de sucesso entre governos, iniciativa privada e universidades, por exemplo.

“Acredito que cada vez mais a Brasil Offshore se consolida como um evento completo, que contempla assuntos técnicos, por meio da Conferência, e abre espaço para as empresas que querem fornecer produtos e serviços para as grandes petroleiras com operações no Brasil, por meio da rodada de negócios e da exposição”, avaliou.

Durante o evento, também ocorreu a Conferência Internacional da Indústria de Petróleo e Gás, na qual foram apresentados 270 trabalhos de 21 países. O encontro foi organizado pela Society of Petroleum Engineers (SPE, na sigla em inglês) e pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP). Cerca de 50% dos trabalhos foram voltados para tecnologia de construção de poços, área que demanda maior investimento quando se trata de pré-sal.

Mesmo com o crescente interesse internacional na indústria brasileira de petróleo e gás, o “conteúdo nacional” foi bastante debatido durante o evento. De acordo com Fernando Machado, Co-Chair da conferência, os desafios da camada pré-sal, devido às grandes profundidades, levaram as sessões a terem um grande apelo para tecnologia visto que ela é fundamental para a otimização dos processos, resultando em redução de custos.

“Um dia de operação de uma plataforma custa cerca de US$ 800 mil. O primeiro poço perfurado no pré-sal levou quase um ano para ser perfurado e com o passar do tempo e o desenvolvimento tecnológico, este processo foi sendo apurado e o tempo de perfuração, reduzido”, explicou.

O Subsecretario de Governo, Fernando Amorim, ressalta a importância do evento para a cidade e comemora sua permanência por mais 10 anos.

“A garantia de que teremos a Brasil Offshore em Macaé por mais uma década nos dá a certeza de que estamos no caminho certo. A logística da cidade, a infraestrutura e o fato de termos diversas empresas aqui possibilitou a afirmação da Brasil Offshore como a maior feira do setor no Brasil. Além dos benefícios que ela traz à cidade como geração de empregos e aumento do número de visitantes. A feira é um paralelo do que acontece na cidade”, afirmou Amorim.

Fonte: JB

até breve

Prêmio de Cultura do Rio de Janeiro acontece nesta quarta no Theatro Municipal


A edição deste ano do Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro marcará um encontro de grandes nomes da cultura brasileira. A noite de gala será no Theatro Municipal, nesta quarta-feira (29), às 20h, com presença de Zeca Pagodinho e Beth Carvalho, entre outros. Ao todo, são 54 indicações, distribuídas em 18 categorias.

A cerimônia ainda fará homenagens especiais à cantora Adelaide Chiozzo, ao músico Nelson Cavaquinho, ao poeta Ferreira Gullar, ao compositor Assis Valente e ao Cacique de Ramos.

Este ano, a premiação conta com três novas categorias: Design, Festas Folclóricas e Arquitetura. Já outras categorias sofreram modificações, como foi o caso de Comunicação, que agora é substituída por Novas Mídias, e Música Erudita, que passou para Música Clássica.

Em sua segunda edição, o Prêmio tem como inspiração as palavras do poema de Fernando Pessoa “Navegar é Preciso”. A ideia do tema é mostrar que o termo navegar está presente constantemente nos dias de hoje, se referindo ao que se encontra na grande rede da internet.

Confira os indicados em cada uma das 18 categorias:

1 – Festas Folclóricas:
Pastoril da Rua da Matriz (Rio de Janeiro) – Manifestação cultural da comunidade do Morro Dona Marta, em Botafogo.

Encontro de Folias de Duas Barras (Duas Barras) - Reúne cerca de 60 folias de Duas Barras e 40 Folias de Monnerat.

Festa do Divino de Paraty (Paraty) - Atribuída à Rainha Isabel, a Festa do Divino chegou ao Brasil trazida pelos colonizadores e vem acontecendo em Paraty desde o século XVIII.

2 – Design:
Karl Heinz Bergmiller (Rio de Janeiro) –É um dos mestres do racionalismo no design industrial brasileiro.

José Carlos Lippi (Teresópolis) - Discípulo de Antoine Ruhle, tem um atelier/marcenaria em Teresópolis. Entre seus trabalhos, destacam-se a decoração da Fundação Eva Klabin e a restauração dos principais camarotes do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Retina 78 (Rio de Janeiro) - Escritório de design gráfico. Seus principais projetos incluem capa de livros, CDs e DVDs, e videoclipes.

3 – Música Popular:
Escola Portátil de Música (Rio de Janeiro) - Criada por músicos de choro, em 2000, a partir da necessidade de passar adiante seus conhecimentos sobre o gênero. Hoje, são 28 professores e cerca de 800 alunos.

Orquestra Voadora- Nascida da união de músicos que se conheceram tocando nos mais diversos blocos de marchinhas do carnaval de rua do Rio, a Orquestra Voadora surgiu da vontade de continuar fazendo som durante o ano todo, sem parar após o Carnaval.

Paulinho Moska – Cantor e compositor carioca, fundador dos grupos Garganta Profunda e Inimigos do Rei. Mais recentemente, criou o programa de TV “Zumbido”.

4 – Música Clássica:
David Chew (Rio de Janeiro) – Coordena o International Cello Encounter, festival de violoncelo que acontece, anualmente, nas principais salas da cena musical carioca.

PIM – Programa Integração Pela Música (Vassouras) - Fundamentado na música, com o apoio institucional da UNESCO e selecionado pelo MinC como um dos Pontos de Cultura nacionais, o PIM trabalha a inclusão social e o exercício da cidadania com mais de 800 alunos.

Maestro Jony Willian Villela Viana (Campos dos Goytacazes) - Fundado em 1990, por iniciativa do Maestro Jony William Villela Vianna, o Centro Cultura Musical de Campos é um ponto de referência no aprendizado da arte musica.

5 – Empreendedorismo:
A História Que Eu Conto – Ponto de cultura em Vila Aliança (Rio de Janeiro) - O Centro Cultural A História Que Eu Conto (CCHC) é uma organização não governamental sem fins lucrativos, criada a partir do “Encontro de Sonhos” de três moradores da Comunidade de Vila Aliança: Samuel Muniz (Samuca), George Cleber (Binho) e Jeferson Cora (Jê).

Casa de Artes de Paquetá (Rio de Janeiro) – É uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos. Uma instituição sólida, atua desde 1999. Seu objetivo principal é a preservação e a revitalização da Ilha de Paquetá e de seu acervo cultural e natural.

Queremos - (Rio de Janeiro) - O projeto “Queremos” é fundamentado na proposta de se custear todo o valor de um show pelo público interessado, no Rio de Janeiro, em dia, hora e local previamente combinados.

6 – Patrimônio Material:
Casa de Stefan Zweig - (Petrópolis) – A ideia de se transformar a última morada de Stefan Zweig em um museu é antiga. Mas só em 2005 um grupo de amigos e admiradores do autor austríaco se reuniu para fundar uma associação.

Márcio Roiter - Instituto Art Déco – O Instituto foi criado em 2005, com o objetivo de preservar, estudar e celebrar o estilo Art Déco no Brasil, em geral, e no Rio de Janeiro, em particular. Com especial atenção à vertente indigenista brasileira, predominantemente influenciada pela Cultura Marajoara.

Museu de Astronomia e Ciências Afins – Laboratório com exposições de módulos interativos de Astronomia e Física. É lá onde fica o Observatório Nacional.

7 – Patrimônio Imaterial:
Ciranda de Tarituba (Paraty) - Diferente da ciranda pernambucana, que é uma dança de roda, a ciranda da pequena comunidade de Tarituba é um baile composto de várias danças, inclusive uma ciranda em fila.

Mineiro Pau (Santo Antônio de Pádua) – O Mineiro Pau, através de Mestre Nico e de seus participantes, vem dando continuidade a este legado. Através de apresentações locais e regionais, mostra danças de pares soltos envolvendo homens, adultos e crianças.

Dona Maria Ana (Mesquita) - A Folia Sete Estrelas é um dos maiores e mais emocionantes encontros de Cultura Popular do estado do Rio de Janeiro. Sua líder, Dona Maria Ana, mesmo com a saúde muito comprometida, não abre mão de estar à frente de sua Folia – em atividade há 144 anos.

8 – Teatro:
Grupo Contadores de Estórias (Paraty) - Conhecido pela qualidade do seu trabalho, o grupo foi fundado por Marcos e Rachel Ribas em 1971. Desde 1981 está radicado em Paraty e já encantou platéias em mais de 15 países.

Cia. Nossa Senhora do Teatro (Nova Iguaçu) - Fundada em 2003, a companhia é fruto da Oficina de Leitura Dramatizada realizada pela atriz Fernanda Montenegro em 2002, no SESC de São João de Meriti. Atende crianças, jovens, adultos e idosos e desenvolve oficinas de formação de professores em teatro-educação.

Pedro Brício – Autor, ator e diretor teatral, em 2010 escreveu “A comédia russa” e “Me Salve, o musical” – expoente da nova dramaturgia.

9 – Circo:
As Marias da Graça (Rio de Janeiro) - As Marias da Graça ganharam seus narizes vermelhos em julho de 1991 e resolveram formar um grupo de mulheres palhaças, algo totalmente novo no país. Em seus projetos procuram sempre diversificar os locais de apresentação - do Leme ao calçadão de Bangu.

Circo-lo de Criação – Associação Bem-Querer (Armação de Búzios) - A escola de circo de Búzios funciona há quatro anos e é uma das mais antigas oficinas da cidade. As aulas são gratuitas, realizadas através de profissionais da área, revelam um mundo novo para a comunidade. Muitos alunos nunca sequer foram ao circo.

Intrépida Trupe (Rio de Janeiro) - A Intrépida Trupe é o grupo carioca que, desde 1986, mescla seus espetáculos de circo, teatro e dança a uma estética ousada, incorporando luz, música e efeitos especiais, conforme uma linguagem multimídia arrojada e pop.

10 – Dança:
Cia Membros (Macaé) - A dança política que nasce em Macaé. Um grupo de jovens oriundos de escolas do município de Macaé decidiu acreditar no seu potencial para fazer do corpo sua principal via de comunicação.

Dalal Achcar (Rio de Janeiro) - Criadora da Associação de Ballet do Rio de Janeiro, Dalal Achcar revolucionou a história do ballet no Brasil, melhorando a qualidade do ensino da dança, e esteve à frente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

João Saldanha (Rio de Janeiro)- Fundador da companhia Atelier de Coreografia, em atividade há 25 anos. Como maître, desenvolve sua linguagem corporal nas companhias de Deborah Colker, Lia Rodrigues e Carlota Portella.

11 – Registro e Memória:
Januário Garcia (Rio de Janeiro) – Nos últimos 30 anos, Januário Garcia tem documentado a vida dos brasileiros afro-descendentes, focalizando diversos aspectos de suas vidas: o social, o político, o cultural e o econômico.

Lithos (Rio de Janeiro) - Com 1700 pedras litográficas, contendo registros históricos desde o inicio do século passado, a oficina da Lithos tem hoje um dos mais importantes acervos gráficos do país.

Rádio Batuta - IMS (Rio de Janeiro) - inaugurada no final de agosto e criada pelo IMS (Instituto Moreira Salles), tem como objetivo lançar luz sobre seu acervo de mais de 100 mil fonogramas.

12 – Audiovisual:
Festival de Cinema MacacuCine (Cachoeiras de Macacu) – O Festival de Cinema une a paixão pela sétima arte à educação, promovendo sessões nas praças de Cachoeiras de Macacu, região serrana do Rio de Janeiro.

5 visões - Formação Técnica em Audiovisual (Rio de Janeiro) – O projeto tem como objetivo promover a formação técnica na área de audiovisual para jovens de baixa renda, com idades de 18 a 24 anos, residentes no Estado do Rio de Janeiro, por meio de cursos gratuitos de nível técnico, voltados para as inovações do mercado de audiovisual.

Recine (Rio de Janeiro) - Festival temático que acontece na cidade do Rio de Janeiro desde 2002, o Recine – Festival Internacional de Cinema de Arquivo – é uma parceria entre o Arquivo Nacional e a empresa Rio de Cinema Produções Culturais.

13 – Literatura:
Ler é 10 - Complexo do Alemão (Rio de Janeiro) - vencedor do prêmio Faz Diferença - O Globo 2008. O estudante Otávio Junior, pesquisou sozinho sobre atividades lúdicas para a promoção da leitura, captou livros infanto-juvenis e hoje atua em mais de 14 comunidades dos complexos de favelas da Penha e do Alemão, levando literatura a crianças que vivem em situação de grande risco social.

João Paulo Cuenca (Rio de Janeiro) – Ele começou sua trajetória no Folhetim Bizarro (1999-2001), um blog de diálogos na internet. Hoje é um dos mais destacados escritores de sua geração.

Sérgio Rodrigues (Rio de Janeiro) – Escritor e jornalista, foi editor do site NoMínimo e hoje assina no portal Veja.com os blogs Sobre Palavras, sobre a língua portuguesa; e Todoprosa, o melhor da internet brasileira sobre literatura. Tem seis livros publicados.

14 – Novas Mídias:
Overmundo (Rio de Janeiro) – O Overmundo é um site colaborativo voltado para a cultura brasileira e a cultura produzida por brasileiros em todo o mundo, em especial as práticas, manifestações e a produção cultural que não têm a devida expressão nos meios de comunicação tradicionais.

Jecripe (Niterói) - É o primeiro jogo para crianças com Síndrome de Down, com propostas inéditas para a indústria do entretenimento e para o tratamento de pessoas com necessidades especiais.

Festival Estética Central (Rio de Janeiro) – É um festival de vídeos de celular inovador que transgride os padrões da interação com o público-produtor. Idealização de ex-alunos do projeto OiKabum!.

15 – Artes Visuais:
Projeto Portinari (Rio de Janeiro) - O acervo do Projeto Portinari é resultado do levantamento e catalogação de quase 5.000 obras e aproximadamente 30.000 documentos relacionados a estas obras.

Waltercio Caldas (Rio de Janeiro) - Escultor, desenhista, artista gráfico, cenógrafo. Desde os anos 70 ele constrói objetos e esculturas, que se desdobram em instalações e tornaram-se marca de sua atuação.

Coletivo Opavivará (Rio de Janeiro) – Coletivo carioca de artistas visuais. Desde sua criação, em 2005, o grupo vem participando ativamente no panorama das artes contemporâneas do Brasil. A proposta é realizar experiências poéticas coletivas interativas.

16- Gastronomia:
Guia de Gastronomia de Rua, Sergio Bloch ( Rio de Janeiro) – O livro é o primeiro fruto de um trabalho que pretende mapear e divulgar a “gastronomia de rua” por todo o Brasil.

Dona Laura Góes, Pousada de Alcobaça (Correas, Petrópolis) - Proprietária e chef da Cozinha da Pousada de Alcobaça. Aos 80 anos, continua na ativa.

Felipe Bronze – Chef à frente do restaurante Oro. Iniciou sua carreira cedo, aos 16 anos, estagiando em alguns restaurantes premiados do Rio de Janeiro.

17 - Moda:
OESTUDIO (Rio de Janeiro) - O coletivo OEstudio foi criado em 2001 e desde então vem construindo soluções para empresas, utilizando elementos como tecnologia, arte, design e moda.

A La Estampa – Estamparia criada em 2002. Sua missão é inspirar quem cria moda, trazendo para o mercado brasileiro o que existe de melhor em tecidos planos e malhas.

Instituto E – Foi criado por Oskar Metsavaht, da marca de roupas Osklen, como um canal para chamar a atenção para as questões ambientais.

18- Arquitetura:
Jorge Hue (Rio de Janeiro) - Ex-aluno de Lúcio Costa e consultor da prefeitura do Rio de Janeiro na área de restauração e preservação de bens culturais.

Escritório Bernardes + Jacobsen – O escritório está desenvolvendo atualmente mais de 60 projetos, entre sedes de empresas, escritórios e restaurantes.

Ivan Resende – Além de realizar projetos arquitetônicos, atua na área de design de produtos. Seu escritório recebeu várias premiações, como a do Museu da Casa Brasileira e do IAB.

Fonte: O REPÓRTER

até breve

terça-feira, 28 de junho de 2011

Fiscais agropecuários farão campanha para ensinar consumidores a controlar qualidade de alimentos


Cerca de 300 fiscais agropecuários vão orientar os consumidores sobre a importância de se controlar a qualidade dos alimentos não só na hora da compra, mas também no momento do preparo. A campanha Passou pela Gente, Tá Legal ocorrerá em supermercados de 12 capitais brasileiras, entre os dias 30 de junho e 2 de julho.

A iniciativa é do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários, que comemora 11 anos de criação da carreira de fiscal agropecuário. Segundo o presidente do sindicato, Wilson Roberto de Sá, a ideia é mostrar o trabalho desses profissionais e conscientizar a população de que o consumidor também tem papel fundamental no controle da qualidade dos alimentos.

“Aqueles produtos que passam pela fiscalização agropecuária recebem um selo. O consumidor, no momento de adquirir esse produto, deve fazer uma verificação, observando a procedência, se o produto está dentro da validade, se o produto teve o acondicionamento recomendado que está estampado no rótulo do produto, se requer tratamento de frio, se não pode ficar à exposição da luz do sol”, disse.

Durante a campanha, serão também distribuídas cartilhas que mostram, de forma bem-humorada, como funciona o trabalho dos mais de 3,5 mil fiscais agropecuários federais.

Fonte: Agência Brasil

até breve

Myrian Rios causa polêmica ao relacionar gays com pedofilia no Rio


Assessoria da deputada estadual disse que houve um 'mal-entendido'. Ela é contrária à PEC 23/2007, que deve ser votada em agosto.

A deputada estadual Myrian Rios (PDT - RJ) causou polêmica entre homossexuais e simpatizantes ao declarar-se contra a PEC 23/2007, que muda a constituição do estado do Rio incluindo a orientação sexual como direito fundamental.

Ao discursar na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), na última terça-feira (22), ela disse que não contrataria empregados gays para trabalhar em sua casa, já que eles poderiam praticar pedofilia contra seus filhos e utilizar a prerrogativa da PEC para se manter no emprego, mesmo após cometer o crime.

“Eu tenho que ter o direito de não querer um funcionário homossexual na minha empresa, se for da minha vontade. Digamos que eu tenho duas meninas em casa, seja mãe de duas meninas, e resolva contratar uma babá. E essa babá mostra que a orientação sexual dela é de ser lésbica. Se a minha orientação sexual não for essa, for contrária, e eu querer demiti-la, eu não posso. Eu vou estar enquadrada nessa PEC, como preconceituosa e discriminativa. Ué são os mesmos direitos", afirmou.

Myrian Rios continuou o seu discurso, dizendo que "o direito que a babá tem de se manifestar da orientação sexual dela como lésbica, eu tenho como mãe, de não querê-la na minha casa, para ser babá das minhas filhas. Me dá licença? São os mesmo direitos. Com essa PEC, eu vou ter que manter a babá na minha casa, cuidando das minhas meninas, e sabe Deus, se ela inclusive não vai cometer a pedofilia com elas. E eu não vou poder fazer nada. Eu não vou poder demiti-la”.

Este é o primeiro mandato de Myrian Rios como deputada estadual. Em sua ficha no site da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), ela diz que tem duas formações - atriz e missionária católica.

Motorista homossexual
Myrian Rios diz ainda que caso contratasse um motorista para seus filhos, e ele fosse gay, ele poderia também cometer pedofilia contra seus filhos.

“Aqui em casa, eu gostaria que meus filhos crescessem pensando em namorar uma menina para perpetuar a espécie, como está em Gênesis. No momento em que eu descobrir que o motorista é homossexual e poderia, de uma maneira ou de outra, tentar bolinar o meu filho, eu não sei. De repente, poderia partir para uma pedofilia com os meninos. Eu não vou poder demiti-lo. A PEC não permite porque eu vou estar causando um prejuízo a esse rapaz homossexual”.

Parentes gays
Ao final de seu discurso, a deputada disse que tem parentes gays, mas mesmo assim é contra a PEC 23/2007.

“Agora é um testemunho. Eu na minha casa, eu tenho primos e familiares lésbicas e homens homossexuais. O que eu posso fazer? São pessoas íntimas da minha família, que eu respeito, que eu amo, oro, rezo, clamo e vou fazer o que? É a opção sexual deles. Agora não os desrespeito, não sou preconceituosa, não deixo de conversar com eles, não deixo de amá-los como seres humanos e filhos de Deus. Mas não vou permitir que por uma desculpa de querer proteger ou para que se acabe com a violência e a homofobia, a gente abra uma porta para a pedofilia.”

"Mal-entendido", diz assessoria
A assessoria de imprensa da deputada informou, nesta segunda-feira (27), que houve um “mal-entendido” em relação ao discurso. Ainda segundo os assessores de Myrian Rios, ela não é contra o homossexualismo e defende o direito de liberdade sexual.

A segunda votação da PEC 23/2007, de autoria do deputado Gilberto Palmares (PT-RJ), não aconteceu por falta de quórum. Segundo a assessoria de imprensa da Alerj, o presidente da casa, o deputado Paulo Melo (PMDB-RJ) vai definir uma nova data para votação, o que deve acontecer apenas em agosto, após o recesso dos parlamentares que se inicia em 1º de julho.

Nota de repúdio do Conselho Estadual dos Direitos da População LGBT
O presidente do Conselho Estadual dos Direitos da População LGBT, Cláudio Nascimento afirmou, por meio de nota, que repudia "veementemente as declarações - irresponsáveis e equivocadas da deputada estadual Myrian Rios no plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) a respeito da homossexualidade, relacionando-a à prática de pedofilia".

Ele disse ainda que "homossexualidade e a pedofilia são totalmente distintas entre si" e que "jamais em uma entrevista de emprego devemos levar em consideração a orientação sexual do profissional , mas sim a sua capacidade de execução das tarefas. Tal postura se configura como um atentado violento à cidadania e aos direitos humanos de lésbicas, gays, travestis e transexuais e que deve ser combatida".

Fonte: G1

até breve

'Gene da magreza' é associado a problemas no coração


Genes que produzem pessoas magras foram associados a problemas no coração e à Diabetes do tipo 2 - condições normalmente vinculadas ao excesso de peso.

O estudo, feito pelo Medical Research Council da Grã-Bretanha, sugere que variantes do gene IRS1 reduzem a gordura sob a pele, mas não têm efeito sobre a gordura presente nas vísceras, em torno de órgãos como o coração e o fígado - muito mais perigosa.

O trabalho foi publicado na revista científica Nature Genetics e envolveu estudos genéticos com 76 mil pessoas.

A associação entre as variantes genéticas e as doenças foi maior forte nos homens.

Magros

A chefe do estudo, Ruth Loos, pesquisadora da Epidemiology Unit do Institute of Metabolic Science, em Cambridge, na Inglaterra, disse que quando os cientistas perceberam a associação genética ficaram intrigados.

"Fizemos uma fascinante descoberta genética", disse Loos. E aconselhou:

"Não são apenas os indivíduos obesos que podem estar predispostos a essas doenças metabólicas. Indivíduos magros não devem pressupor que são saudáveis com base em sua aparência", disse Loos.

O médico Iain Frame, diretor de pesquisas da entidade de auxílio a diabéticos Diabetes UK, disse que o estudo pode "esclarecer por que 20% das pessoas com diabetes do tipo 2 sofrem da condição apesar de terem um peso saudável".

(A pesquisa) "também é uma mensagem clara de que pessoas magras não podem ser complacentes em relação à sua saúde".

Comentando o novo estudo, o médico Jeremy Pearson, um dos diretores da British Heart Foundation, entidade britânica de combate às doenças do coração, disse:

"Esses resultados reforçam a ideia de que, para riscos ao coração, é particularmente importante não apenas quão obeso você é, mas sim onde você deposita a gordura".

"A gordura armazenada internamente é pior para você do que a armazenada sob a pele".

"Entretanto, isto não elimina o fato de que ser obeso é ruim para a saúde do seu coração, então devemos continuar tentando ficar magros e em boa forma física".

Fonte: BBC Brasil

até breve

Abílio quer ser dono do Pão de Açúcar e do Carrefour ao mesmo tempo


Empresário faz proposta de fusão de seus ativos do Pão de Açúcar com as ações do grupo francês Carrefour.

O Carrefour afirmou ter recebido, na manhã desta terça-feira, uma proposta formal de parceria estratégica com Abílio Diniz. Por meio do fundo Gama, capitalizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) e gerido pelo BTG Pactual, as ações do empresário na Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar) seriam unidas às do grupo Carrefour. Se a proposta for aceita, Diniz se tornará um grande acionista de ambas as empresas varejistas. Vale ressaltar que a proposta não significa uma proposta de fusão feita pelo grupo Pão de Açúcar, e sim por Abílio Diniz utilizando sua participação acionária no grupo.

A engenharia financeira delineada no negócio permitiria a Diniz controlar as operações do grupo Carrefour no Brasil, além de fazer com que o grupo francês seja acionista indireto do Pão de Açúcar, segundo fontes ouvidas pelo site de VEJA e que participaram da operação. O fundo Gama contaria com participação acionária igualitária entre ambas as empresas. O Carrefour Brasil é uma subsidiária da matriz francesa, que possui capital aberto na Bolsa de Paris. Desta forma, o empresário se tornaria acionista da operação global do Carrefour e o fundo Gama contaria com uma cadeira no conselho de administração do Pão de Açúcar,

O Casino, que já esperava esse desfecho para as negociações, não reagiu com surpresa. Afirmou, em comunicado, se tratar de uma operação "ilegal entre Abílio Diniz e o Carrefour". É público um artigo do acordo de união entre o varejista francês e o brasileiro, que prevê que nenhuma das partes pode negociar uma sociedade com outra empresa sem ter o aval do sócio. “Já se sabe que o Casino tentará impedir o negócio”, afirmou ao site de VEJA um executivo que participou da operação. O grupo francês Casino é dono de 37% do capital social do Pão de Açúcar.

A proposta deverá ser discutida pelo conselho de administração do Carrefour nos próximos dias – com interesse maior dos sócios Bernard Arnault (Groupe Arnault SAS) e Colony Capital, que desde 2010 se mostravam descontentes com os rumos das operações do Carrefour em mercados emergentes. Se aprovada, poderá criar o maior conglomerado de varejo do país. Ainda não se sabe se as operações se manterão separadas ou não; menos ainda sobre como Abílio Diniz fará para uni-las, sendo que em 2012, o Casino terá o direito de destituí-lo do comando do conselho de administração e eleger um novo presidente. Mas, mesmo diante de tal incerteza, a proposta relata que as sinergias poderão chegar a um total de 700 milhões de euros por ano, além de um total de 2.386 lojas situadas em todas as regiões brasileiras. O aporte do BNDES e do BTG Pactual no negócio poderá chegar a 2 bilhões de euros.

Leia no Radar on-line, por Lauro Jardim

O governo brasileiro abençoa a proposta (e a participação do BNDESPar diz tudo). Seria uma reedição do que fez o trio Jorge Paulo Lemann, Marcell Telles e Beto Sicupira, quando em 2003 viraram sócios importantes da belga Interbrew, criando a InBev. Se o negócio der certo, apenas no Brasil a nova empresa seria dona de 2 386 pontos de vendas – e Abílio terá dado a volta por cima. Aparentemente, a proposta que agora torna-se pública é a mesma que Abílio propôs ao Carrefour há dois meses, quando iniciaram conversações.

Essa resposta, aliás, poderá ser dada pelos papéis apreendidos na semana passada na sede do Carrefour francês pela Justiça francesa, a pedido do Casino. Oficialmente, Abílio dirá que foi surpreendido pela proposta e irá estudá-la. E agora cabe ao Casino dizer se quer ter laços societários com o seu maior concorente na França.

Fonte: veja

até breve

Juros do cheque especial atingem máxima em 12 anos


Os juros do cheque especial para as famílias atingiram 185,4% ao ano em maio de 2011, o maior valor desde abril de 1999, quando chegou a 193,6% ao ano, segundo divulgou nesta terça-feira o Banco Central (BC).

O montante de abril chegou a 178,1%, o maior em oito anos. Esta é a modalidade mais cara de obtenção de empréstimos, de acordo com a autoridade monetária. O valor dos juros do crédito pessoal caiu de 49,9% em abril para 49,7% em maio. A média para a aquisição de bens passou de 32,2% para 31,8%, incluindo programas de financiamento habitacional e de veículos.

A inadimplência em maio atingiu 6,4% das famílias, o maior percentual desde junho do ano passado, quando o indicador medido foi 6,5%. Já o percentual das empresas devedoras foi de 3,9% em maio, 0,2 ponto percentual maior que o medido em abril deste ano.

A taxa de juros cobrada das famílias permaneceu num patamar estável em maio ante a abril, em 46,8%. Os juros às empresas subiu 0,1 ponto percentual em maio, passando de 31% para 31,1% no mês passado.

Fonte: JB

até breve

Mercadante defende recursos de royalties do pré-sal para educação e ciência e tecnologia


O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, disse hoje (28) que se o projeto dos royalties do pré-sal for mantido como está – com o veto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à distribuição igualitária dos recursos – o ministério perderia R$ 12 bilhões em nove anos. Mercadante aponta como solução para o problema a priorização da educação, ciência e tecnologia na aplicação dos recursos dos royalties.

“Se priorizarmos educação, ciência e tecnologia, vamos criar uma base diferente nesse país, para fazer uma transição para uma economia de baixo carbono e desenvolvimento”, disse. “Sou totalmente simpático à tese de distribuir com equilíbrio, mas sem taxar os produtores. Tem de ter uma compensação, mas tem de distribuir com justiça”, completou.

Na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Mercadante fez um esboço do trabalho do Ministério. Ele destacou a produção de tablets no país, com a participação da empresa chinesa ZTE que vai gerar dois mil empregos com investimentos de US$ 200 dólares na fábrica que será montada em Hortolândia (SP).

O ministro foi convidado para falar na Comissão de Assuntos Econômicos sobre o tema Economia e Competitividade: a Importância da Inovação”, mas, na prática, os senadores tinham interesse em perguntar sobre um suposto dossiê durante as eleições de cinco anos atrás.

O ministro petista Aloizio Mercadante é acusado de ter encomendado um falso dossiê contra José Serra, do PSDB, na época em que os dois concorreram ao governo de São Paulo, nas eleições de 2006. Na semana passada, em entrevista à revista Veja, o ex-diretor do Banco do Brasil, Expedido Veloso, apontou Mercadante como um dos mentores do suposto esquema, que resultou na prisão militantes do PT, flagrados com dinheiro sem comprovação de origem.

Fonte: Agência Brasil

até breve

Faça-se a luz... elétrica!


Por Deonísio da Silva

Quando chega a noite hoje no mundo, a luz pode ser trazida de volta para 79% da população mundial. Basta apertar um botão na parede.

Nem sempre foi assim, naturalmente. Faz tanto tempo que temos este conforto que estranhamos a falta de luz por alguns segundos. Minutos ou horas, então, são uma tragédia. Aliás, não suportamos sequer falta de luz durante o dia. Tudo cai. A geladeira, o computador, o ar-condicionado, o telefone, o rádio, a televisão, o som etc. Somos dependentes eletroeletrônicos. Não é luz que falta, é energia, mas o povo diz que falta luz, mesmo de dia.

Antes da eletricidade, a luz não chegava aos pobres. Na Grécia e na Roma antigas, havia apenas poucas tochas acesas, em geral à entrada das casas. A escuridão habitava as ruas. O trabalho era de sol a sol. Quando a noite chegava, todos se recolhiam. Hoje, muitos vão para o trabalho quando ainda é escuro. E voltam para casa quando a escuridão retornou.

A virada começou no século 17. Era a primeira mudança decisiva desde a invenção das primeiras fogueiras, há cerca de 500 mil anos, e da descoberta dos óleos carburantes de vegetais e animais. Várias cidades europeias, entre as quais Paris e Londres, implantaram redes de iluminação pública com lampiões a óleo.

Os governos diziam que as luzes combatiam a criminalidade. Mas em 1689 o Senado português recusou a iluminação pública porque os criminosos enxergariam melhor suas vítimas. Lisboa seguiu Roma e Madri, e só foi iluminar as ruas nos fins do século 18.

A invenção da luz elétrica alterou mais a vida do homem nos dois últimos séculos do que em toda a sua história. Em 1820, ligando uma bateria a duas hastes de carvão mineral, o inglês Humprhy Davy fez com que um arco de 10 cm se inflamasse de luz, mas não encontraram aplicação prática para seu invento. Apenas em 1879, depois de décadas de pesquisas e experimentos, Thomas Alva Edison inventou a lâmpada incandescente e passou a comercializá-la.

Nos finais do século 19, a iluminação elétrica chegava ao Brasil. Campos dos Goytacazes tornou-se nossa primeira cidade a ter um serviço público de iluminação, em 1883. Outras cidades do interior do Brasil também precederam as capitais na iluminação das ruas.

Os cabos elétricos chegaram com as lâmpadas e substituíram burros e cavalos nos bondes. Com a iluminação pública, as ruas ficaram menos inseguras. Cafés, bares e restaurantes passaram a atender também à noite. E a vida social e a cultural floresceram num ritmo alucinado.

A energia elétrica ajuda-nos a subir escadas, que agora são rolantes. Leva-nos de elevador às alturas de qualquer prédio. Imprime nossos escritos, roda nossos jornais e revistas, leva ao ar as ondas do rádio e as imagens da televisão.

Quando escurecia a maioria das pessoas ia para a cama. Para dormir ou para procriar. As famílias tinham muitos filhos devido a vários fatores, mas principalmente porque não havia o que fazer.

Hoje, a energia elétrica e a luz não nos deixam desocupados nunca! E já se fala em carro elétrico. Curitiba, sempre pioneira, já tem táxi elétrico.

A eletricidade trouxe também o terror com a cadeira elétrica. Ela foi utilizada pela primeira vez no estado de Nova York, em 6 de agosto de 1890. Até então os condenados à morte eram enforcados. William Kemmler, americano descendente de alemães, foi o primeiro a ser eletrocutado com 2.000 volts, por ter assassinado a noiva.

Muitas cenas macabras têm ocorrido durante as execuções. Nem sempre o condenado morreu com a primeira descarga. Nem com a segunda. Nem a terceira. Nem com as seguintes. A solução encontrada foi raspar a cabeça e embeber uma esponja em água com sal, colocada entre o eletrodo e o crânio, para aumentar a condutividade.

Cerca de 4.500 pessoas foram executadas na cadeira elétrica desde a sua introdução, substituindo a forca, por ser um meio mais humanitário. Os enforcados não morrem na hora. Muitos deles têm uma longa agonia.

Em 1978, a cadeira elétrica tornou-se uma opção para o condenado, não mais para o Estado, que a substituiu pela injeção letal.

A eletricidade, inventada para trazer luz, também contribuiu para aumentar o terror. Assim caminha a Humanidade, como diz o filme famoso.

* Deonísio da Silva,escritor e doutor em letras pela USP, é pró-reitor de Cultura e Extensão da Universidade Estácio de Sá e diretor de Relacionamento. Seus livros são publicados no Brasil pela Editora Leya e Novo Século.

Fonte: JB

até breve