sábado, 31 de julho de 2010

Os Mandamentos


Deus perguntou aos Gregos:
-- Vocês querem um Mandamento?
-- Qual seria o mandamento, Senhor?
-- Não matarás!
-- Não obrigado. Isso interromperia as nossas conquistas.
Então, Deus perguntou aos Egípcios:
-- Vocês querem um mandamento?
-- Qual seria o mandamento, Senhor?
-- Não cometerás adultério!
-- Não obrigado. Isso arruinaria os nossos fins-de-semana.
Chateado, mas não derrotado, Deus perguntou aos Assírios:
-- Vocês querem um mandamento?
-- Qual seria o mandamento, Senhor?
-- Não roubarás!
-- Não obrigado. Isso arruinaria a nossa economia.
Deus, enfim, perguntou aos Judeus:
-- Vocês querem um mandamento?
-- Quanto custa?
-- É de graça.
-- Então manda DEZ!

até breve

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Auxílio



Auxiliar espontaneamente é refletir a Vida Divina por intermédio da vida de nosso “eu”, que se dilata e engrandece, à proporção que nos desdobramos no impulso de auxiliar.

A Eterna Providência é o reservatório do Amor Infinito, em doação permanente, solicitando canais de expressão que o distribuam, aos quais provê com matemática precisão.

É necessário, porém, estejamos de atalaia no celeiro de nós mesmos, a fim de que não impeçamos o eterno dar-se de Nosso Pai, dando incessantemente dos bens de que Ele nos enriquece.

Quem observa os princípios da eletricidade não ignora que o fluxo constante da força, para a consecução dos benefícios que ela produz, reclama um circuito completo. Se não houvesse pólos positivos e negativos, não disporíamos do favor da luz e do movimento.

Quem conhece igualmente o manancial sabe que a água, para manter-se pura, exige escoadouro.

Toda obstrução, por isso mesmo, significa inércia e enfermidade.

A lei do auxílio permite a solicitação, mas determina a expansão para que a ajuda não desajude.

O sangue que não circula gera a necrose que traduz cadaverização dentro do corpo vivo.

O homem que saiba governar muitos bens reunidos, construindo com eles a base do trabalho e da educação de muitos, é qual represa em lide, no campo social, missionário do progresso que as leis da vida nutrem de esperança e saúde, segurança e alegria; ao passo que o detentor de numerosos bens, sem qualquer serventia para a comunidade, é um sorvedouro em sombra à margem do caminho, usurário infeliz que as mesmas leis da vida cercam de angústia e medo, solidão e secura.

O amparo que recolhemos corresponde ao amparo que dispensamos. E o amparo que dispensamos está invariavelmente seguido de vastos acréscimos potenciais para a hipótese de nos fazermos mais úteis.

Lembremo-nos de que refletir as bênçãos de Deus no socorro espontâneo ao próximo, sem o tambor da vaidade a estimular-nos o exclusivismo, é atrair os reflexos de Deus para aqueles que nos cercam e que, igualmente em silêncio, se deslocam ao nosso encontro, prestando-nos assistência efetiva.

Ajudar com o sentimento, com a idéia, com a palavra e com a ação, ajudar a todos e melhorar sempre é invocar, em nosso favor, o apoio integral da vida.

Não nos esqueçamos, pois, de que o auxilio que prestamos às criaturas, sem exigência e sem paga, é a nossa rogativa silenciosa ao Socorro Divino, que nos responde, invariável, com a luz da cooperação e do suprimento.

Livro: Pensamento e Vida - 23
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

até breve

Santa Catarina é único estado do país que garante medicamento gratuito a portadores de hepatite C


Cada ampola com o remédio chega a custar R$ 1,3 mil

Santa Catarina é o único Estado brasileiro que garante aos portadores de hepatite C o acesso gratuito aos medicamentos. A medida é o resultado de uma ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF). Não cabe recurso.

Até agora, o Sistema Único de Saúde (SUS) assegurava o tratamento — feito com Interferon Peguilado e Ribavirina — aos pacientes que sofriam do genótipo 1 da doença.

O tratamento foi considerado eficiente no controle dos outros dois genótipos. Cada ampola com o medicamento chega a custar R$ 1,3 mil. Um paciente precisa de quatro ampolas por mês, ficando o tratamento em torno de R$ 8 mil a R$ 9 mil por mês. A medida é válida somente para pessoas que moram em Santa Catarina.

Com a determinação, os pacientes que contraíram o genótipo 2 e 3 também têm o direito de receber os remédios. Considerada uma doença endêmica no país, a hepatite é dividida em tipos A, B, e C, e subdivida em outros tipos. Enquanto em todo o mundo cerca de 170 a 190 milhões de pessoas estão infectadas, no Brasil, as estimativas chegam a 3,5% da população.

Muitos casos são atribuídos a usuários de drogas injetáveis. Em Santa Catarina, o quadro é grave: estima-se que 2,1% dos catarinenses, 126 mil pessoas, tenham hepatite C. O número justifica que muitos pacientes tenham procurado o MPF para assegurar a medicação gratuita.

Três regiões estão no foco das atenções: o Litoral, Vale do Itajaí e o Oeste. Nos últimos 15 anos, Santa Catarina registrou 133 mortes por causa de hepatites virais. São 8,8 mortes por ano. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com o procurador da República Mauricio Pessuto, antes da recomendação entrar em vigor, alguns pacientes dos genótipos 2 e 3 conquistavam na Justiça o tratamento gratuito.

Na decisão, decidiu-se que a medicação será acessível a todos os pacientes, mas a conservação dos remédios deverá ser feita pelo SUS. Para atender a demanda deverá ser ampliado o número do pólos de aplicação de medicamentos injetáveis, que são postos de saúde de referência.

Em Florianópolis, o local é o Hospital Nereu Ramos. Também ali são oferecidos medicamentos para tratamento de doenças como AIDS e tuberculose.

O paciente deverá ir até unidade de saúde para receber a vacina ou remédio e não poderá levá-lo para casa. Para ter acesso, é preciso ser encaminhado pela Secretaria Estadual de Saúde. Quem não conseguir o tratamento de graça, deve fazer uma denúncia no MPF. A União e o Estado podem pagar multa de R$ 10 mil por paciente que não receber a medicação.

Blumenau é referência

O Hospital Santa Isabel, da rede Divina Providência, em Blumenau, é referência no Brasil em transplantes de fígado. Desde 2002, quando se iniciou o serviço, 430 transplantes já foram feitos.

De acordo com o Marcelo Nogara, gastroenterologista, hepatologista e chefe da equipe de transplantes de fígado do hospital, a média ideal para Santa Catarina, recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), seria de 120 transplantes por ano.

— Estamos no caminho porque realizamos 90 transplantes de fígado por ano — destaca Nogara.

Joinville sem mortes

Joinville registrou 14 mortes por hepatites virais nos últimos 15 anos, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde. Entre 1998 a 2002, não houve mortes. O período de 2004 a 2007 foi mais crítico. Foram quatro mortes no primeiro ano, duas em 2005 e 2006 e três em 2007.

A partir de 2008, os números voltaram a cair. Houve apenas uma morte. Em 2009 e neste ano, não foram registradas mortes causadas pela doença.

Vacinação será ampliada

A faixa etária para a vacinação contra a hepatite B oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) será ampliada.

Atualmente, a idade vai de zero a 19 anos. No ano que vem, de acordo com o Ministério da Saúde, a imunização será oferecida também para a faixa de 20 a 24 anos. Em 2012, deve atingir a faixa entre 25 e 29 anos.

De 1999 a 2009, 96 mil pessoas contraíram a doença, e 5.079 morreram. Segundo o Ministério da Saúde, após tomar as três doses, mais de 90% dos adultos jovens e 95% das crianças e adolescentes ficam imunizados contra a hepatite B.

Fonte: Diário Catarinense
_ _ _
E por que a população do Rio não conta com a mesma benesse?!?!?!
até breve

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Semeador de Luz


Esparze os raios de luz que espocam na tua alma, junto ao solo dos corações, enquanto medram soberanas sombras e imprecações.

Malgrado estejam feridas tuas mãos pelo cajado das lutas quotidianas, não seja isto empecilho para o mister da sementeira.

Pelo contrário, permite que as gotas de suor da face cansada e as bagas sanguinolentas, caindo na terra das almas se transformem na umidade generosa que desenvolve o embrião a dormir no casulo do amor latente em todos.

Embora os pés assinalados pela presença dos espinhos e da urze, avança na direção do Infinito, alargando a vereda que se estreita à frente para que os da retaguarda possam avançar também.

Não fales de cansaço nem arroles decepção. Aqueles que entesouram o amor podem desdobrar em milhares as moedas da coragem, para continuarem ricos de entusiasmo.

Multiplicam os haveres na razão em que os doam e quanto mais distribuem mais possuem, conseguindo o milagre da felicidade onde se encontram.

Passam muitas vezes combatidos pela indolência de uns e perseguidos pela rebeldia de outros, mas não se detêm.

Utilizando o tempo com propriedade, por reconhecerem que a hora da semeação passa breve e é necessário aproveitar o momento azado, não se rebelam, nem recalcitram, insistindo e perseverando com otimismo.

Semeador da luz: não temas a treva nem a discórdia, a precipitação ou a preguiça.

Muitos se dizem cansados no campo; outros se afirmam desiludidos; vários desejam renovar emoções caracterizando-se por inusitada saturação; alguns simplesmente desertaram, e onde medravam as primeiras plântulas a erva daninha triunfa e a desolação governa... Prossegue tu, porém, insistentemente, mesmo que te suponhas abandonado, a sós...

Há aqueles que semeiam animosidades e deparam idiossincrasias.

Abundam os que espalham a ira e defrontam resíduos de ódios onde chegam.

Na alfândega da vida muitos apresentam disfarçadas as sementes da maledicência e da infâmia esperando liberação.

O imposto da impertinência, porém, cobra taxas pesadas àqueles que se fazem fiscais em nome da impiedade.

Por isso, na gleba imensa dos homens surgem e ressurgem tantos afligentes e afligidos disputando espaço na ribalta da ilusão fisiológica. Passam disfarçados, enganadores ou enganados, na busca do desencanto. São, também, semeadores do desconcerto que defrontarão adiante...

Mesmo os cardos se enflorescem, algumas vezes, e as pedras refulgem quando lapidadas.

Semeia, pois, a luz da esperança, ainda e sempre, desde que se te depare oportunidade feliz.

Um dia, um Homem Sublime abandonou por um pouco um jardim de estrelas para depositar nas criaturas da Terra gemas de refulgente esperança em torno do Seu Reino.

Ímpios e caídos, hipócritas e pecadores, nobres e plebeus, gentes simples e prepotentes receberam Sua dádiva e fizeram que mergulhassem na terra das suas vidas os raios de Sua luz, transformando-se em sóis de bênçãos que, desde então, clareiam os destinos da Terra. E Ele mesmo, quando foi desdenhado numa cruz, fulgurou numa excelente madrugada, continuando a semear a luz da imortalidade na mente e no coração dos que jaziam na sombra da saudade e do medo.

Livro: Florações Evangélicas
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco


até breve

Governo nomeia hoje o novo presidente dos Correios


David José de Matos assume o cargo deixado por Carlos Henrique Custódio.

Foi publicada nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial da União, a nomeação do novo presidente dos Correios. O engenheiro David José de Matos vai assumir o cargo deixado por Carlos Henrique Custódio de Almeida, demitido em razão de crise na empresa estatal.

A assessoria de imprensa do Ministério das Comunicações informou que a decisão da demissão partiu do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Planalto, entretanto, também via assessoria, informou que não é da responsabilidade do presidente trocar o comando do órgão.

Os Correios vêm enfrentando uma crise nos últimos meses, com atraso em entregas e contratação de franquias sem licitação. Depois que a eficiência da estatal foi questionada, o PMDB, partido que comanda a empresa, entregou a cabeça do diretor de Operações dos Correios, Marco Antonio Oliveira. Lula, porém, evitava fazer uma mudança drástica para não criar problemas com o PMDB, aliado do PT na campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República.

O novo presidente da empresa, David José de Mattos, é ligado ao presidente do PMDB no Distrito Federal, Tadeu Filipelli. Mattos foi presidente da Agência Reguladora de Águas e Saneamento do DF e secretário adjunto de Infraestrutura e Obras. Os dois cargos foram exercidos quando Filipelli, hoje vice na chapa do candidato do PT ao governo do DF, o ex-ministro do Esporte Agnelo Queiroz, comandava o setor de obras no governo de Joaquim Roriz, entre 1999 e 2006.

O diretor de Recursos Humanos da estatal, Pedro Magalhães Bifano, também foi demitido. A nomeação de Nelson Luiz Oliveira de Freitas, até então diretor do Departamento de Administração de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Ontem, o ministro das Comunicações, José Artur Filardi, negou qualquer ingerência política com as mudanças.

- Tinha muita gente reclamando. Todos sabem dos problemas que os Correios vinham passando, com atrasos em encomendas e no Sedex. Não tem nada a ver com política.

O sentimento, porém, não é compartilhado pelo agora demitido Pedro Magalhães. Em conversa com o R7, ele disse acreditar que houve, sim, algum acerto político, sobretudo devido ao processo eleitoral.

- É estranho isso. O Hélio [Costa, ex-ministro das Comunicações] não foi avisado. O máximo que disseram, na hora de nos demitir, foi que a Casa Civil estava precisando do nosso lugar.

Resultados contraditórios

Apesar dos problemas de logística enfrentados pelos Correios nos últimos meses, a empresa vinha dando bons resultados ao governo. Nos últimos quatro anos, justamente os que tiveram José Henrique Custódio na presidência, o faturamento foi recorde, chegando a R$ 12,4 bilhões no ano passado.

O bom desempenho, no entanto, vinha sendo afetado por seguidos rombos no Postalis, o fundo de pensão dos Correios. Em 2009, a estatal acabou registrando o menor lucro desde 2003, quando o presidente Lula assumiu o governo: R$ 177 milhões.

O motivo foi uma dívida de R$ 1,43 bilhão do Postalis. Na prática, a situação deficitária do fundo pode resultar no não pagamento das aposentadorias dos contribuintes. Custódio, no entanto, vinha trabalhando para contornar o problema, mas não teve tempo e foi engolido pela crise.

- Se todas as empresas brasileiras estivessem sucateadas, como dizem que os Correios estão, o Brasil estaria numa situação ainda melhor que a atual. O problema do Postalis estava sendo resolvido. Não sei dizer exatamente o que precipitou essa decisão do governo, mas cargo público é assim mesmo: você sabe quando entra, mas a qualquer hora pode sair.

Fonte: R7

_ _ _


até breve

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Homenagem a Gilberto Fernandes, o Gibe

Na sexta-feira dia 16/07, em São Paulo, o ator e redator Gilberto Fernandes, mais conhecido como Gibe, faleceu. Ele estava com 75 anos e ficou famoso na década de 1980 com o personagem Papai Papudo, que participava do programa "Bozo", exibido no SBT.



até breve

Proteína recupera lesão em medula de ratos


Estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro descobriu os efeitos regenerativos de uma proteína sobre ratos paraplégicos.

Uma proteína extraída da placenta humana pode dar esperança a pessoas que sofreram lesões medulares. Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro testaram o efeito da laminina polimerizada e os resultados demonstraram um efeito anti-inflamatório e regenerativo que permitiu a recuperação do movimento de ratos paraplégicos. A próxima etapa do estudo, dissertação de mestrado de Karla Menezes orientada pela bióloga Tatiana Coelho-Sampaio, é partir para pesquisa com pacientes, o que deve demorar pelo menos dois anos.

A laminina polimerizada – ou polilaminina – aparece no sistema nervoso central durante o desenvolvimento embrionário e a equipe conseguiu reproduzi-la em laboratório. Os ratos sofreram lesão completa da medula, o que resultou na perda dos movimentos das patas traseiras. Depois, os animais passaram por testes, nos quais receberam notas de 0 a 21, em que 0 representa a ausência de movimentos e 21, funções motoras preservadas.

Os animais não tratados passaram, após oito semanas, à escala 4. Os que receberam a proteína receberam nota 9. A equipe foi surpreendida com o efeito anti-inflamatório: a polilaminina reduziu o edema no local da lesão.

Fonte: Época
_ _ _

até breve

terça-feira, 27 de julho de 2010

Uma simples questão de matemática


Um professor de matemática envia para sua esposa um email com a seguinte mensagem:
Querida esposa, sei que compreendes que agora tens 58 anos, e que eu tenho certas necessidades que já não podes satisfazer.
Sou feliz contigo, como minha esposa e, sinceramente, espero que não te sintas magoada ou ofendida ao saber que, quando estiveres lendo este e-mail, estarei no Big Dick Motel com minha secretária, que tem 18 anos. Mas não te preocupes, que chegarei em casa antes da meia-noite ".


Quando o cara chega em casa, vindo do motel, encontra a seguinte carta da esposa:


"Querido marido, obrigada pelo aviso. Aproveito a oportunidade para lembrar-te que tu também tens 58 anos.
Ao mesmo tempo, te comunico que, quando estiveres lendo esta carta, estarei no Motel Happy Dust com meu professor de tênis, que também tem 18 anos.
Como és um matemático, poderás compreender facilmente que estamos nas mesmas circunstâncias, mas com uma pequena diferença:
"18 entra mais vezes em 58, do que 58 em 18..."

Portanto, não me espere, porque vou chegar só amanhã!"
_ _ _

até breve

Maioria é contra a proibição de palmada


A maioria dos brasileiros já apanhou dos pais, já bateu nos filhos e é contra o projeto de lei do governo federal que proíbe palmada, beliscões e castigos físicos em crianças. É o que revela pesquisa do Instituto Datafolha feita em todo o país. Disseram ser contra o projeto de lei 54% dos 10.905 entrevistados. Outros 36% revelaram ser favoráveis à proposta do presidente Lula.


O levantamento revela que meninos apanham mais que meninas. E que as mães batem mais nos filhos que os pais. Entre as mães, 69% admitiram ter aplicado algum tipo de castigo físico em seus filhos, contra 44% dos pais. Já apanharam dos pais 74% dos homens e 69% das mulheres.


Fonte: Zero Hora

_ _ _


até breve

domingo, 25 de julho de 2010

Brian Sullivan!!!


Um homem saiu da portaria do seu prédio e pegou um taxi que passava bem na hora.

No taxi, o motorista disse: “timing perfeito, que nem o Brian!”

O passageiro: “quem?”

O motorista: “Brian Sullivan. Ele é o cara que fez tudo certo a vida toda. Como agora quando você precisou de um taxi, e eu vinha passando bem na hora. Esse é o tipo de coisa que acontecia com Brian Sullivan, toda santa vez.”

O passageiro: “Mas todos têm momentos em que as coisas saem errado...”

O motorista: “Não com Brian Sullivan. Ele era um tremendo atleta. Ele poderia ter ganho o Grand Slam no tênis. Ele podia jogar golfe com os profissionais. Ele cantava como um barítono de ópera e dançava como um astro da Broadway. Você devia ter ouvido ele tocar piano. O cara era impressionante.”

O passageiro: “É, parce que ele era realmente especial.”

O motorista: “E tem mais. Ele tinha uma memória de computador. Ele lembrava o aniversário de todo mundo. Ele sabia tudo de vinho, quais pratos pedir e com qual talher você devia comer. Ele consertava tudo. Diferente de mim. Eu troco um fusível e a rua toda apaga. Mas o Brian, ele fazia tudo direito.

O passageiro: “Uáu. Que sujeito...”

O motorista: “Ele sempre sabia o caminho a tomar par fugir dos engarrafamentos. Eu não, eu sempre fico horas engarrafado. Mas Brian, ele nunca cometeu um engano, e ele sabia muito bem como tratar uma mulher e fazê-la sentir-se bem. Ele nunca retrucava à mulher mesmo quando ela estava errada; e sua roupa estava sempre imaculada, sapatos bem engraxados. Ele era o homem perfeito! Ele nunca cometeu um engano. Ninguém podia se comparar a Brian Sullivan…”

O passageiro: “ Um cara incrível. Como você o conheceu?”

O motorista: ”Bem, eu na verdade nunca o conheci. Ele morreu. Eu é que fiz a merda de me casar com a porra da viúva dele.”
_ _ _

até breve

sábado, 24 de julho de 2010

No jantar de despedida do Padre da paróquia


O Padre no jantar de despedida pelos 25 anos de trabalho ininterrupto à frente de uma paróquia discursa:

- A primeira impressão que tive desta paróquia, foi com a primeira confissão que ouvi. A pessoa confessou ter roubado um aparelho de TV, dinheiro dos seus pais, a empresa onde trabalhava, além de ter aventuras amorosas com a esposa do chefe. Também se dedicava ao tráfico de drogas e havia transmitido uma doença venérea à própria irmã.

Fiquei assustadíssimo.

Com o passar do tempo, entretanto, conheci uma paróquia cheia de gente responsável, com valores, comprometida com sua fé, e desta maneira tenho vivido os 25 anos mais maravilhosos do meu sacerdócio.

Nisso chega o prefeito para entregar o presente da comunidade, prestando a homenagem ao padre. Ele pede desculpas pelo atraso e começa o discurso.

- Nunca vou esquecer o dia em que o padre chegou à nossa paróquia. Como poderia? Tive a honra de ser o primeiro a me confessar.

Silêncio total...

Moral da história: Nunca se atrase!
_ _ _

até breve

Ser feliz ou ter razão?


Oito da noite, numa avenida movimentada.

O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos.

O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair.

Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita.

Discutem.

Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida.

Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.

Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno.

Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.
Mas ele ainda quer saber:
- Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais...
E ela diz:
- Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

MORAL DA HISTÓRIA:

Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não.

EU QUERO SER FELIZ... e você?

até breve

Mensagem enigmatica

A Policia de Minas conseguiu decifrar a mensagem enigmatica e vai colocar nos autos do processo.
(Clique na imagem para ampliá-la)

até breve


sexta-feira, 23 de julho de 2010

Conselhos


Os conselhos somente terão valor se estiveres disposto a segui-los.

Quando estejas com dificuldade em qualquer assunto, recorre a uma pessoa mais experiente, mais bem equipada, pedindo-lhe ajuda e orientação.

Todavia, não leves a tua própria opinião, tentando prová-la verdadeira.

Ouve com cuidado, reflexiona e, depois, toma a decisão que te pareça mais acertada.

Por outro lado, não faças ouvidos moucos às orientações e conselhos que te dêem ou que busques.

"Examina tudo e retém o que é bom", ensina o Apóstolo, em nome do Bem.

Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

até breve

Laboratórios podem baratear remédios patenteados contra a Aids


Mesmo sem quebrar patentes, farmacêuticas negociam liberar produção de genéricos.

As principais empresas farmacêuticas iniciaram negociações para criar um mercado comum de patentes com o objetivo de baratear a fabricação dos remédios e ampliar a luta contra a Aids. A proposta foi debatida nesta quinta-feira (22) pelo Unitaid, fundo internacional de compra de medicamentos, durante a Conferência Internacional da ONU que ocorre esta semana em Viena (Áustria).

A ideia é permitir que fabricantes de remédios genéricos produzam versões mais baratas de medicamentos que ainda sejam patenteados – os donos das licenças poderiam ceder os direitos dos produtos temporariamente, recebendo o pagamento de royalties em troca. A expectativa é que o mecanismo permita que os países pobres economizem mais de R$ 1,8 bilhão (US$ 1 bilhão) por ano na compra dos remédios.

Segundo a especialista em propriedade intelectual do Unitaid, Ellen't Hoen, a iniciativa, além de ser importante em um momento de crise econômica e de corte de fundos, pode facilitar o acesso aos remédios nos países pobres.

- Quando as companhias chegarem a um acordo, então os fabricantes de genéricos podem fazer uso dessas propriedades intelectuais.

O objetivo é criar um "mercado único" para que os fabricantes de genéricos negociem os direitos de remédios patenteados que fazem parte do coquetel anti-HIV.

Laboratórios grandes, como a Merck, a Tibotec e o Gilead, estão em negociações avançadas sobre o assunto. Mas o ViiV Healthcare (uma parceria entre as gigantes Pfizer e GlaxoSmithKline) ainda resistem a fazer a concessão.

- Quanto maior a concorrência entre os laboratórios de genéricos, menores serão os preços. Estamos no início de um processo que esperamos que não seja muito longo porque a urgência é chave. Queremos que essa política seja a regra.

No mundo vivem mais de 33 milhões de pessoas com HIV, o vírus causador da Aids. Dentre todas essas pessoas, cerca de 15 milhões precisam receber os medicamentos antirretrovirais, que combatem à doença. Mas somente um terço (5 milhões) tem acesso a esses remédios.

Os antirretrovirais impedem a multiplicação do HIV e diminuem a quantidade do vírus no organismo. Com isso, a defesa do organismo melhora e o portador corre menos risco de desenvolver outras doenças.

Esses remédios constituem um tratamento caro, que custam milhares de dólares por ano, e por isso não é acessível em grande escala nos países mais pobres, onde se concentram a imensa maioria dos doentes de aids.

O Unitaid foi criado em setembro de 2006 pelo Brasil, Chile, França, Noruega e o Reino Unido como um mecanismo de financiamento para a compra e distribuição nos países menos desenvolvidos de remédios contra a malária, a tuberculose e a aids. Durante seus quatro anos de funcionamento, se uniram à iniciativa diversas ONGs e mais 40 países.

Fonte: R7
_ _ _

até breve

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Que nome vamos dar à criança?


A garota ia à primeira festa de sua vida e, com medo dos avanços dos rapazes, pede conselho à mãe:
-O que faço, mamãe, se os garotos insistirem...
- Se os rapazes começarem a insistir muito, minha filha, pergunta que nome eles vão dar à criança. Isso vai fazer com que eles desistam.

Assim foi. No meio de uma dança um catarinense diz:
- Vamos para o jardim atrás da piscina, mina?
Ela vai, mas quando o moço quer avançar ela pergunta:
- Que nome vamos dar à criança?
O carinha olha-a com surpresa, diz que esqueceu a carteira no bar e sai de fininho.
Uma hora mais tarde repete-se a cena com um paranaense.
Igualzinho, quando ela pergunta qual será o nome do filho, ele fica de pés frios e vai-se embora.
Em seguida, chega um paulista como quem não quer nada e lhe dá um beijo, ela pergunta:
-Que nome vamos dar à criança?
O paulista também sai de fininho...
Mais tarde chega um CARIOCA , vai com ela para o jardim, começa com beijinho aqui, beijinho ali, apalpa-lhe o peito e ela pergunta:
- Que nome vamos dar à criança?
Ele continua e abre o vestido dela.
- Que nome vamos dar à criança?
Ele pega nos seios.
- Que nooome vaaamos dar à criança?
Ele tira o vestido dela e a sua calcinha.
- Que noooome... Ahhh. Vaaaaaaaamos daaar... Ahhhh... à criança?
Ahhhhhh...
Ahhhhhhhhhhhh...
- Queeee noooooome vaaaaaaamos...
Não pára... Daaaaaaaar... Vai...Vai...Vaiiiiii... Àaaaaaaaaaaah criaaaaaaaança????
Depois de acabarem, ela pergunta mais uma vez:
- E agora, qual vai ser o nome do nosso filho?
E o CARIOCA, triunfante, tira devagar o preservativo, levanta-o para o alto, dá um nó firme e diz:
- Se ele conseguir sair daqui vai se chamar Macgyver!!!!
_ _ _

até breve

Beba água com estômago vazio


Hoje é muito popular, no Japão, beber água imediatamente ao acordar. Além disso, a evidência científica tem demonstrado estes valores. Abaixo divulgamos uma descrição da utilização da água para os nossos leitores.

Para doenças antigas e modernas, este tratamento com água tem sido muito bem sucedido....

Para a sociedade médica japonesa, uma cura de até 100% para as seguintes doenças:

Dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, artrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário e doenças renais, vômitos, gastrite, diarreia, diabetes, hemorroidas, todas as doenças oculares, obstipação, útero, câncer e distúrbios menstruais, doenças de ouvido, nariz e garganta.

Método de tratamento:

1. De manhã e antes de escovar os dentes, beber 2 copos de água.
2. Escovar os dentes, mas não comer ou beber nada durante 15 minutos.
3. Após 15 minutos, você pode comer e beber normalmente.
4. Depois do lanche, almoço e jantar não se deve comer ou beber nada durante 2 horas.
5. Pessoas idosas ou doentes que não podem beber 2 copos de água, no início podem começar por tomar um copo de água e aumentar gradualmente.
6. O método de tratamento cura os doentes e permite aos outros desfrutar de uma vida mais saudável

A lista que se segue apresenta o número de dias de tratamento que requer a cura das principais doenças:

1. Pressão Alta - 30 dias
2. Gastrite - 10 dias
3. Diabetes - 30 dias
4. Obstipação - 10 dias
5. Câncer - 180 dias
6. Tuberculose - 90 dias
7. Os doentes com artrite devem continuar o tratamento por apenas 3 dias na primeira semana e, desde a segunda semana, diariamente.

Este método de tratamento não tem efeitos secundários. No entanto, no início do tratamento terá de urinar frequentemente.

É melhor continuarmos o tratamento mesmo depois da cura, porque este procedimento funciona como uma rotina nas nossas vidas. Beber água é saudável e dá energia.

Isto faz sentido: o chinês e o japonês bebem líquido quente com as refeições, e não água fria.

Talvez tenha chegado o momento de mudar seus hábitos de água fria para água quente, enquanto se come Nada a perder, tudo a ganhar!

Para quem gosta de beber água fria.

Beber um copo de água fria ou uma bebida fria após a refeição solidifica o alimento gorduroso que você acabou de comer. Isso retarda a digestão.

Uma vez que essa 'mistura' reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastrointestinal. Isto retarda a digestão, fazendo acumular gordura em nosso organismo e danifica o intestino.

É melhor tomar água morna, ou se tiver dificuldade, pelo menos água natural.

Nota muito grave - perigoso para o coração:

As mulheres devem saber que nem todos os sintomas de ataques cardíacos vão ser uma dor no braço esquerdo.

Esteja atento para uma intensa dor na linha da mandíbula. Você pode nunca ter primeiro uma dor no peito durante um ataque cardíaco.

Náuseas e suores intensos são sintomas muito comuns.

60% das pessoas têm ataques cardíacos enquanto dormem e não conseguem despertar. Uma dor no maxilar pode despertar de um sono profundo...
_ _ _

até breve

Peticionamento eletrônico no STF significa segurança, economia e agilidade


A possibilidade de enviar processos pelo computador facilitou a vida dos advogados: eles não precisam mais sair de suas cidades nem mesmo dos escritórios para protocolar boa parte das ações no Supremo. Já os ministros e servidores do Tribunal deixarão de lidar com processos de milhares de páginas, muitas vezes distribuídos em dezenas de volumes.

Que o peticionamento eletrônico foi bom para todas as partes, ninguém tem dúvida. Mas alguns ainda temem pela segurança no recebimento dos processos "virtuais". Afinal de contas, a certificação digital -uma espécie de "carteira de identidade" dos internautas -tem o mesmo valor da identificação comprovada por documentos pessoais e da assinatura feita de próprio punho?

O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) garante que sim. A autarquia é a autoridade que gerencia a infraestrutura de chaves públicas brasileiras (ICP-Brasil), criada pela Medida Provisória 2.200/2002. A MP considera válidos juridicamente todos os documentos eletrônicos públicos ou particulares devidamente identificados e assinados no padrão ICP-Brasil.

A identificação virtual do autor do documento usa procedimentos lógicos e matemáticos complexos para garantir confidencialidade, integridade das informações e confirmação da autoria do arquivo assinado. A assinatura eletrônica digital do autor fica vinculada ao conteúdo do documento de tal forma que, se houver qualquer alteração no texto, por menor que seja, a assinatura automaticamente se torna inválida.

Outra garantia dada pelo Supremo, ao receber as peças eletrônicas, é a emissão de um comprovante que atesta o recebimento do arquivo. Caso o arquivo esteja danificado, fora dos limites de tamanho ou com vírus, é responsabilidade do autor reenviar o documento sem defeitos e dentro do prazo legal.

Poderosos antivírus e programas que filtram os arquivos são acionados diariamente nos servidores onde ficam armazenados os processos eletrônicos. Esses servidores e os equipamentos que compõem esse sistema eletrônico de tramitação são armazenados numa sala-cofre.

Mesmo sem ter cópias impressas, o processo que tramita eletronicamente não corre o risco de ser perdido ou apagado. "Observamos padrões, regras e critérios muito rígidos no manuseio desses dados, tanto na hora de tramitar quanto na hora de descartar", garante o assessor da Secretaria-Geral da Presidência do Supremo, Lucas Aguiar.

Passo a passo

Todos os procedimentos para o peticionamento eletrônico estão disponíveis no site do Supremo (www.stf.jus.br), no menu Processos, Peticionamento eletrônico . Nesse menu, estão disponíveis informações sobre requisitos de acesso, resoluções, perguntas frequentes.

No mesmo espaço, o usuário encontra o manual do e-STF , com o passo a passo para o ajuizamento de ações de controle concentrado de constitucionalidade (ADC, ADI, ADPF e ADO), Propostas de Súmula Vinculante (PSVs), Reclamações (RCL) e petições incidentais.

Também por meio desse menu o usuário tem acesso ao sistema de peticionamento eletrônico. No primeiro acesso no e-STF, o usuário deverá efetuar credenciamento para aquisição de login e senha que o identificará nos acessos seguintes. Para se cadastrar, o caminho também está na página, em credenciamento no e-STF.

As informações técnicas a respeito dos requisitos mínimos de equipamento de informática para acessar o sistema podem ser encontrados em Requisitos de acesso . O usuário pode, ainda, realizar, por meio do site, a autenticação de documentos eletrônicos.

Por fim, as diversas resoluções da Corte que regulamentam os procedimentos eletrônicos possíveis estão listados no link Resoluções . Desde a Resolução nº 287/2004, que instituiu o e-STF e passou a permitir a prática de atos processuais por meio eletrônico no âmbito do Supremo, até a Resolução nº 427/2010, que regulamenta o processo de peticionamento eletrônico na Corte.

Na prática

Ao acessar o sistema pela primeira vez, o usuário, já de posse de seu certificado digital no padrão da ICP-Brasil (Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira), deve se credenciar.

O sistema e-STF foi testado e homologado nos sistemas operacionais Windows XP, Vista e Windows 7, e independe do navegador utilizado. O tamanho máximo de cada peça a ser carregada no sistema é de 10 MBytes. Os arquivos devem estar obrigatoriamente no formato PDF, conforme dispõe a Resolução 427/2010, do STF.

No caso de dúvidas, a página disponibiliza para os usuários o manual do sistema e uma lista de perguntas frequentes. Os usuários podem ainda entrar em contato com a Central do Cidadão e Atendimento, por meio dos telefones (61) 3217-3650, 3217-3706, 3217-5965, 3217-3705 e 3217-3618, ou pelo e-mail centraldeatendimento@stf.jus.br .

Fonte: JusBrasil

_ _ _


até breve

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Recebido por e-mail: Urnas Biométricas


Como o assunto tem dado o que falar...

"Desde 2005, o administrador eleitoral brasileiro, que curiosamente responde pelo nome de tribunal (TSE), vem implementando seu projeto de construir um cadastro com dados biométricos dos cidadãos brasileiros. O argumento apresentado ao público desde então é que iria se acabar com o "último reduto da fraude eleitoral".

Porém, nunca se explicou direito qual seriam tais fraudes e qual sua incidência. Também nunca se apresentou um estudo de custos completos do projeto. Enfim, verdadeira a relação custo-benefício do projeto de urnas biométricas nunca foi revelada à sociedade brasileira.

No dia 23 de junho em Brasília, passado ocorreu um teste público de eleição simulada com as urnas biométricas que serão usadas na eleição de outubro por mais de um milhão de eleitores que já tiveram seus dados biométricos coletados pelo administrador eleitoral.

Apenas dois partidos (PDT-nacional e PSB-Amapá) enviaram representantes para acompanhar o teste como observadores autorizados, que puderam constatar que:

1 - Nenhuma organização da sociedade civil ou entidade de classe como a OAB, o CONFEA, a SBC (Sociedade Brasileira de Computação), está acompanhando o desenrolar desde processo de formação de um cadastro biométrico dos brasileiros.

2- A FRAUDE DO MESÁRIO - quando o mesário desonesto insere votos nas urnas eletrônicas no lugar de eleitores ausentes -, cuja incidência tem crescido a cada eleição, CONTINUA PERFEITAMENTE POSSÍVEL mesmo com as urnas biométricas.

Uma resolução do TSE prevê que o mesário tenha sempre disponível uma senha para liberação do voto em urnas biométricas. Com esta senha o mesário desonesto pode liberar a urnas em nome de eleitores ausentes e inserir votos no lugar deles.

3- Também a FRAUDE DE COMPRA DE VOTOS não é resolvida pelas urnas biométricas. O "comprador de voto", que antes exigia o título de eleitor do "vendedor" para colocar votos em seu lugar, passou simplesmente a exigir uma foto do voto na tela da urna gravada em telefone celular.

4- O TSE já possui 25 mil urnas biométricas, compradas em 2008, mas comprou mais 160 mil em 2010 embora só vá utilizar em torno de 3 mil delas nas eleição vindouras!

5 - O TSE está capturando os seguintes dados biométricos dos eleitores: impressão digital rolada dos 10 dedos e foto colorida em alta-definição para reconhecimento automatizado. Estes dados estão sendo obtidos em padrão idêntico e compatível aos do FBI e estão sendo mantidos em arquivos no TSE.

Sãos dados em alta qualidade, muito além do necessário, com equipamentos e software muito mais caros que o preciso. Para a montagem do cadastro biométrico, o TSE exigiu, na licitação, um software de marca específica (SAGEN), homologado pelo FBI americano.

6- A biblioteca de funções biométricas (software básico incluído nas urnas) é software livre - disponível na Internet - desenvolvido pelo National Institute of Standards and Technology (NIST ) para o Federal Bureau of Investigation (FBI) e o Departamento de Segurança Interna (DHS), criado exclusivamente por funcionários do Governo dos Estados Unidos, para especificamente atender as exigências de duas leis de exceção decretadas após os ataques terroristas de 11 setembro de 2001: o E.U.A. Patriot Act (PL 107-56) modificado e ampliado pelo Enhanced Border Security e Visa Entry Reform Act 2 (PL 107-173).

Sobre o software biométrico usado pelo TSE, consta a seguinte declaração: http://www.nist.gov/itl/iad/ig/nbis.cfm

"NIST Biometric Image Software
About - The NIST Biometric Image Software (NBIS) distribution is developed by the National Institute of Standards and Technology (NIST) for the Federal Bureau of Investigation (FBI) and Department of Homeland
Security (DHS).
License - This software was developed at the National Institute of Standards and Technology (NIST) by employees of the Federal Government in the course of their official duties"

7- No processo eleitoral em curso, o administrador eleitoral NÃO PRECISA E NÃO USA TODOS ESTES DADOS BIOMÉTRICOS que está recolhendo.

A foto NÃO ESTÁ SENDO IMPRESSA nos novos Títulos Eleitorais dos eleitores recadastrados e, por isto, a nova Lei 12.034 de 2009 tornou obrigatório a apresentação de um outro documento com foto pelo eleitor ao votar. Para identificação do eleitor na hora de votar o TSE está usando apenas: a impressão digital simples de 4 dedos e uma foto em preto-e-branco, 2x2, em baixa definição impressa na folha de votação.

8- O TSE não tem autorização legal para coletar, manter e administrar este tipo de dados pessoais biométricos do cidadão. A única lei que toca neste assunto é a Lei 12.034, de 2009, cujo § 5º do Art. 5º prevê que o equipamento de identificação biométrica do eleitor NÃO ESTEJA CONECTADO com as urnas eletrônicas.

Desenvolvendo seu projeto desde 2005 e tendo iniciado a coleta dos dados biométricos em 2008, o TSE não está atendendo a esta lei sob o argumento que só valerá a partir de 2014, e continua mantendo conectados o equipamento de identificação do eleitor à urna eletrônica (urna biométrica).

Em resumo, temos que:

a) as urnas biométricas não resolvem as fraudes eleitorais mais incidentes relativas à identificação do eleitor.

b) os dados biométricos dos brasileiros estão sendo colhidos em padrão explicitamente intercambiáveis com o FBI e adaptados às exigências das leis de exceção norte-americanas. O software de biometria utilizado teve o seu desenvolvimento projetado e custeado pelo FBI.

c) o TSE não tem necessidade e não está utilizando todos os dados biométricos que está coletando e mantendo em arquivo.

d) está sendo comprado 50 vezes mais equipamentos que o necessário.

e) o TSE não tem por função, nem tem autorização legal, para coleta e arquivamento de dados biométricos de cidadãos.

f) o custo total deste processo todo nunca foi revelado.

Fica evidente que há um outro objetivo oculto para estas "urnas biométricas", por trás de alegado fim das fraudes, mas a sociedade organizada não está atenta ao que já está ocorrendo às suas barbas.

Saudações,

Eng. Amilcar Brunazo Filho
membro do Comitê Multidisciplinar Independente - CMind

O TSE pode fazer mais.
Além da APURAÇÃO RÁPIDA DOS VOTOS, que já nos oferece, deveria propiciar uma APURAÇÃO CONFERÍVEL PELA SOCIEDADE CIVIL"

_ _ _


até breve

terça-feira, 20 de julho de 2010

Ainda sobre as possíveis fraudes em Urnas Eletrônicas


Recebi este e-mail da Srª Luciana Melo, e ele diz o seguinte:

Cabrundo do Chuvisco,

Sou coordenador do Site Fraude Urnas Eletrônicas e moderador do Grupo de Discussão com mesmo nome. De forma resumida, vou passar para vocês algumas informações sobre o movimento nacional.

Aconteceu em Santa Bárbara/MG uma eleição muito estranha. O resultado divergiu totalmente da realidade de campanha. Após as Eleições 2008, começamos a pesquisar e detectamos, através dos logs, algumas inconsistências assustadoras. Desde o ocorrido, iniciamos uma pesquisa sobre o assunto. Tudo era novo. Ninguém conhecia nada a respeito: nem a equipe, nem o povo. Confirmamos as inconsistências e começamos a divulgar. Fomos chamados de loucos até o dia que saiu uma reportagem sobre o caso Caxias (MA) na TV Bandeirantes. Daquele dia em diante, tivemos a certeza que não tinha acontecido somente conosco. Na mesma semana, encontramos um grupo de 32 cidades no Sul de Minas que também estavam denunciando a fraude nas urnas. Semanas mais tarde, organizamos o 1o. Encontro Nacional de Cidades com Suspeita de Fraude. Foi um sucesso, contamos com a presença de representantes de 48 municípios, totalizando 6 estados brasileiros.

Foi assim que nasceu o Movimento Nacional pela Transparência e Segurança do Voto Eletrônico e o Site Fraude Urnas Eletrônicas : pessoas que tinham certeza que alguma coisa de anormal aconteceu dentro das urnas eletrônicas.

O próximo passo foi o convite para participar do debate sobre fraude em urnas na Assembléia Legislativa de São Paulo. Ficamos completamente assustados com tudo que presenciamos lá - tanto que cheguei a concluir que se trata é de uma quadrilha nacional. Voltamos a nos reunir no Sul de Minas. Participaram os candidatos fraudados - estávamos dispostos a iniciar uma briga judicial. Entretanto, após ver o laudo parcial da Polícia Federal e o posicionamento do TSE no caso Caxias MA, concluimos que a Justiça Eleitoral JAMAIS iria assumir a fraude, afinal de contas, são 14 anos de voto eletrônico. Diante da ineficiência da via judicial, partimos para a via popular.

Na época que iniciamos, já existia os Grupos de Discussão Voto Seguro e Voto Eletrônico, coordenados pelo engenheiro Amilcar Brunazo. Ambos possuem como foco a análise técnica do tema e alguns membros, inclusive o coordenador, prestar serviços para partidos políticos. Entretanto, o Site Fraude Urnas Eletrônicas surgiu como forma diferenciada em relação a estes.

a) Priorizamos a popularização do tema, evitando o uso de complexas explicações técnicas, afinal a possibilidade de fraude é indiscutível, menos com o TSE;
b) Procuramos identificar a sensibilidade da população para o assunto: acreditamos que se uma pessoa duvida do sistema, ela tem o direito de duvidar e de querer que este sistema seja adaptado para proporcionar o seu melhor entendimento. Em se tratando de democracia, não é o cidadão que deve aprender todas as teorias de segurança de dados e sim o sistema se adaptar à realidade do eleitorado;
c) Acreditamos na possibilidade de sucesso de nosso trabalho, atraves da divulgação do tema e possível projeto de lei de iniciativa popular.
d) E, por fim, temos certeza absoluta que ocorreram várias fraudes durante as Eleições Municipais de 2008 - não pela teoria, mas pela prática vivenciada.

A nossa primeira grande vitória, foi a aprovação em 2009 da Lei Nº 12.034/2009 que obrigará o TSE a adaptar as urnas eletrônicas para, a partir de 2014, imprimir o comprovante do voto - essa lei ficou conhecida por Lei do Voto Impresso. Ressalto que a mídia está tentando deturpar o entendimento da lei. Principalmente o artigo 5º, que trata diretamente do voto impresso. O termo "comprovante de votação" tem contribuído negativamente, já que estão fazendo analogia direta com os comprovantes bancários, em que o cidadão leva para casa.

Como será o voto impresso: [a] o eleitor vota [b] confere o voto no visor da urna eletrônica [c] confere o voto impresso, através de um visor transparente, sem contato com o papel [d] se correto, confirma o voto - ele cairá dentre de uma urna lacrada [e] se errado, inicia novamente. O eleitor não terá contato físico direito com o voto impresso - este servirá apenas para conferência posterior dos resultados.

Vendo o crescimento Movimento Nacional pela Transparência e Segurança do Voto Eletrônico, o TSE forjou, em 2009, um suposto teste de segurança nas urnas eletrônicas. Este assunto está melhor explicado nos artigos O Teste de Segurança das Urnas, os hackers e o TSE (Parte 1) e O Teste de Segurança das Urnas, os hackers e o TSE (Parte 2). Durante os testes promovidos pelo TSE, um especialista ganhou o prêmio por descobrir os votos que estavam sendo digitados na urna eletrônica apenas utilizando um receptor de rádio barato.

Acredito que, infelizmente, vivenciamos uma falsa democracia, onde a esmagadora maioria dos cidadãos brasileiros desconhecem a realidade do nosso sistema eleitoral. Isso se deve à blindagem deste assunto: seja pela falsa imagem transmitida pelo TSE ou mesmo pela ineficência da mídia de contestar estas informações (veja O antes e o depois das reportagens sobre fraudes nas urnas eletrônicas).

Outro fator muito importante a ser destacado é a imagem das urnas eletrônicas brasileiras no exterior. Holanda, Alemanha e vários estados norte-americanos aboliram seu uso na constituição. Por outro lado, mais de 50 países vieram conhecer nosso sistema eleitoral eletrônico e nenhum deles utilizou. Aliás, o Paraguai recebeu 15 mil urnas eletrônicas emprestadas pelo Brasil para que fossem testadas. Após comprovada fraude, o sistema foi proibido no país e as urnas devolvidas ao Brasil.

Fica aqui o convite para a participação em nossas discussões. Estamos a disposição para união de forças e resgate da democracia brasileira. Lembro que este movimento é autônomo, sem vinculos partidários. Nosso único objetivo é a causa popular e nossa maior ferramenta é a informação.

Abraços,

Luciano Arcanjo de Melo

Coordenador da Equipe FUE-Fraude Urnas Eletrônicas
E-mail de contato: fraudeurnaseletronicas@yahoo.com.br
Site: www.fraudeurnaseletronicas.com.br


até breve

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Teatro SESI/ Campos Apresenta: Marcelo Serrado em "Não Existe Mulher Difícil"

( clique na foto para ampliá-la)

Existe ou não mulher difícil? Quais são as estratégias para conquistar este ser tão complexo? Estas e outras questões são colocadas de forma bem-humorada no espetáculo Não existe mulher difícil. Em cena, o ator Marcelo Serrado, que pela primeira vez faz um monólogo. A peça é inspirada no livro homônimo de André Aguiar Marques. O texto foi adaptado por Lucio Mauro Filho e o espetáculo tem direção de Otávio Müller.

A idéia para realizar o espetáculo foi de Otávio Müller, que adorou o livro, um verdadeiro guia de sobrevivência para o cafajeste moderno.

“Convidei o Marcelo e ele teve a idéia de fazer um monólogo, achei que poderia render. Ele e eu temos uma amizade grande desde o espetáculo No Retrovisor, que foi muito importante na nossa carreira. O Lucinho (Lucio Mauro Filho) fez a adaptação, a peça tem uma pitada de stand-up. O cenário consiste basicamente num piano, onde o personagem de Marcelo toca, ele é um pianista que acabou de ser traído. Aí, fica tão arrasado que não consegue fazer o show, e começa a contar a história de seus amores. Se existe mulher difícil? Existe, mas a gente não pode perder a esperança”, diz o diretor.

Marcelo conta que o livro foi só o ponto de partida para a peça. “Tem muita coisa nossa no espetáculo, por isso que o público vai se identificar. Trouxemos histórias pessoais e o Lucinho, muito generoso, sempre topou nossas idéias. Eu trouxe também minha experiência no piano, que adquiri na peça Tom & Vinicius. O espetáculo é um manual para homens e mulheres, não é machista, o personagem é um cara muito legal. Estou muito feliz de fazer um monólogo, não vejo dificuldade, vou lá e me dedico, tento ser o mais crível possível”, explica o ator.

André Aguiar Marques conta que o livro é uma grande brincadeira com o público feminino e masculino. “Existe mulher difícil, só que elas estão em extinção. As mulheres estão muito exigentes, e os homens não entendem o que está acontecendo. O nome do livro brinca com um dito popular antigo, que tem muitas variações: ‘não existe mulher difícil, existe homem que bebeu pouco’, entre outras. O legal é que a história serve para homens e mulheres, é útil para elas não caírem nos golpinhos dos homens, e para eles se atualizarem e cantarem melhor as mulheres”, explica o autor.

Lucio Mauro Filho fala com humor sobre o projeto. “Não existe mulher difícil. Existe diretor difícil, ator difícil, produção difícil e um adaptador quase impossível! Risos... André Aguiar Marques nos introduziu no mundo masculino da cafajestagem, e decidimos passar para a frente este legado. Lendo o livro e vendo a peça, o público vai perceber que, na verdade, o cafajeste é um homem de bem”, ressalta o ator/adaptador.

Serviço:
Não existe mulher difícil
Duração: 60 minutos
Classificação etária: 14 anos
Gênero: comédia

Ficha técnica:
Texto: André Aguiar Marques
Adaptação: Lucio Mauro Filho
Elenco: Marcelo Serrado
Direção: Otávio Muller
Direção de Arte: Maria Borba
Direção musical: Marcio Tinoco
Trilha Sonora: Dany Rolland
Iluminação: Paulo Denizot
Produção: New Marketing Comunicação
Barata Comunicação
Rio MS Produções Artísticas
até breve

Urnas Eletrônica: passíveis de fraudes?

Andando na blogosfera achei este vídeo:



Todo programa de computador pode ser alterado, vejam o quanto de vírus tem circulando pela rede.
O STE fez um " concurso" para Hackers que tentassem invadir o programa das Urnas eletrônicas.
Depois mostraram ao mundo que os programadores não haviam conseguido quebrar a segurança das mesmas.
O que o STE esqueceu de mostrar foi que no próprio edital de convocação para o teste estava claro que os Hackers deveriam estar cadastrados no tribunal com nome, endereço e documentos.
Não seria permitida a entrada no local dos testes de nenhum aparelho eletrônico sem a prévia autorização da comissão.
E também não seria aceito o uso de programas NÃO OFICIAIS pelos Hackers.
Ou seja, os caras teriam que tentar quebrar a segurança das urnas apenas com programas legais, e acima de tudo com ÉTICA e HONESTIDADE e sem o uso de nenhum aparelho eletrônico a não ser os que a comissão determinasse.
Agora cabe a cada um pensar o que quiser.
Hacker que é Hacker usa qualquer meio para burlar a segurança de um programa.
Só que no Brasil Hacker oficial só pode trabalhar dentro da ética.

Texto do blog O Mascate
_ _ _
Com a palavra o Digníssimo Senhor Marcelo Bessa.

até breve

Trombone da Mult TV



Ehhhhhhhhhhh!

Nesse Trombone da Mult TV tinha de tudo!!!

rsrsrsrs

até breve

Software ajuda a evitar que crianças sejam vítimas de pedofilia na internet


Espécie de "guarda-costas virtual" promete monitorar os passos dos filhos na web.

Uma empresa especializada em perícia digital decidiu lançar um programa que ajuda os pais a monitorar os acessos feitos pelos filhos na internet. O guarda-costas virtual é um software que registra acessos de páginas que tenham conteúdo impróprio ou que a criança, porventura, receba no computador. Ele ainda captura em tempo real conversas realizadas em sites de bate-papo.

O software emite relatórios a partir das palavras-chave. Por exemplo: ao cadastrar a palavra sexo, toda vez que a criança acessar algum site que a contenha, ou citá-la durante conversas em sites de relacionamento ou qualquer tipo de rede social, chegará um aviso à caixa de e-mail cadastrada na adesão do programa. Os pais podem escolhem a periodicidade do recebimento desse conteúdo, podendo ser diária, semanal ou mensalmente.

O especialista em perícia digital Wanderson Castilho afirma que o programa ajuda os pais a fazer uso da tecnologia a seu favor, preservando a segurança dos filhos durante a navegação na internet:

– Os pais sempre reclamavam do atraso tecnológico em relação aos filhos. Então, a ideia é usar esse recurso a seu favor para monitorar as crianças. Hoje, fica enviável contratar 24 horas um guarda-costas no mundo físico, mas, no virtual, essa realidade é perfeitamente possível, evitando que maiores danos aconteçam.

Segundo Castilho, o programa foi desenvolvido depois de uma simulação feita na internet, em 2009. Adultos se passavam por crianças nos chats, usando idade que remetia a um menor. O especialista conta que, nas 25 salas de bate-papo acessadas, em menos de um minuto a “criança” era aliciada e, em até quatro, o pedófilo já estava com ela no programa de conversas reservadas exibindo, com uma câmera, o órgão genital.

Atualmente, existem programas que fazem registros de acessos no computador. A diferença desse aplicativo é que não há instalação na máquina. O pai acessa um link recebido no seu e-mail confirmando a adesão do serviço para aquele equipamento.

O idealizador do novo aplicativo ressalta que essa é uma maneira de evitar que haja a remoção do software. O investimento custa à família, mensalmente, R$ 60. Em três meses, o guarda-costas virtual ajudou a desvendar 20 casos de pedofilia na internet. Para ajudar os pais com filhos menores que acessam a internet regularmente e alertar aos usuários dos riscos que há ao navegar a rede de computadores, Castilho escreveu um livro que reúne experiências de crimes na web.

Fonte: clicRBS

_ _ _


até breve

domingo, 18 de julho de 2010

Perdidos no Alaska


Um baiano, um sergipano e gaúcho se perdem no Alaska.
Sem terem o que comer, resolveram cortar o próprio corpo.
No almoço, o sergipano cortou um pedaço de uma das suas pernas e disse:

- Agora temos pernil para comer !!!

No jantar foi a vez do gaúcho, que cortou um pedaço das suas costas e disse:

- Agora temos lombinho !!!

Às 11 da noite chegou a vez do baiano. Ao tirar o pau para fora, o sergipano e o gaúcho gritam:

- Que Bom!!! Temos linguiça!!!!!!

Retrucou o baiano:

- Na-na-ni-na-não!!!!! Nada de lingüiça.
Mamar, Beber leitinho e 'mimi' !!!!!!

até breve

As Dores do Mundo



O teu olhar, caiu no meu
A tua boca na minha se perdeu
Foi tão bonito, tão lindo foi
E eu nem me lembro o que veio depois

A tua voz dizendo amor
Foi tão bonito que o tempo até parou
De duas vidas u .. ma se fez
E eu me senti nascendo outra vez

E eu vou esquecer de tudo
Das dores do mundo
Não quero saber quem fui, mas sim o que sou

E vou esquecer de tudo
Das dores do mundo
Só quero saber do seu, do nosso amor

Composição: Hyldon

Bom Domingo!!!

até breve

sábado, 17 de julho de 2010

Necessário Acordar


"Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e o Cristo te esclarecerá". - Paulo. (Efésios, 5:14).

Grande número de adventícios ou não aos círculos do Cristianismo acusa fortes dificuldades na compreensão e aplicação dos ensinamentos de Jesus. Alguns encontram obscuridades nos textos, outros perseveram nas questiúnculas literárias. Inquietam-se, protestam e rejeitam o pão divino pelo envoltório humano de que necessitou para preservar-se na Terra.

Esses amigos, entretanto, não percebem que isto ocorre, porque permanecem dormindo, vítimas de paralisia das faculdades superiores.

Na maioria das ocasiões, os convites divinos passam por eles, sugestivos e santificantes; todavia, os companheiros distraídos interpretam-nos por cenas sagradas, dignas de louvor, mas depressa relegadas ao esquecimento. O coração não adere, dormitando amortecido, incapaz de analisar e compreender.

A criatura necessita indagar de si mesma o que faz, o que deseja, a que propósitos atende e a que finalidades se destina. Faz-se indispensável examinar-se, emergir da animalidade e erguer-se para senhorear o próprio caminho.

Grandes massas, supostamente religiosas, vão sendo conduzidas, através das circunstâncias de cada dia, quais fileiras de sonâmbulos inconscientes. Fala-se em Deus, em fé e em espiritualidade, qual se respirassem na estranha atmosfera de escuro pesadelo. Sacudidas pela corrente incessante do rio da vida, rolam no turbilhão dos acontecimentos, enceguecidas, dormente e semimortas até que despertem e se levantem, através do esforço pessoa, a fim de que o Cristo se esclareça.

Livro: Pão Nosso
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier


até breve

Galinha veio antes do ovo, sugere estudo


SÃO PAULO – Ao lado de grandes questões existenciais como “de onde viemos” e “para onde vamos”, a pergunta “quem veio primeiro: o ovo ou a galinha” surge como um dos grandes enigmas pendentes da humanidade.

Agora, pesquisadores das Universidades de Warwick e Sheffield acreditam ter encontrado uma pista para solucioná-lo: uma proteína presente na galinha que provaria (pelo menos em parte) que ela veio antes do ovo.

Estudando a formação da casca dos ovos, os pesquisadores usaram computação para criar simulações das dinâmicas moleculares das cascas. Nesse processo, eles descobriram como age uma proteína específica da galinha, a ovocleidin-17 (OC-17) que tem papel na formação da casca do ovo.

Ela é achada somente na parte dura da casca e parecia influenciar a transformação de CaCo3 em cristais, o que faria a casca resistente. Apesar de sua influencia na casca ser conhecida, a forma como ela agia ainda não o era.

No estudo, os pesquisadores descobriram que a OC-17 age como um catalisador, se juntando ao carbonato de cálcio para iniciar a formação dos cristais e depois “soltando” ele quando o núcleo cristalizado já está suficientemente grande. Isso libera a molécula da OC-17 para continuar a cristalização, se justando a outros carbonatos e assim por diante... acelerando a velocidade da criação da casca do ovo.

Como o ovo só pode ser formado por meio da proteína da galinha, isso poderia por um fim ao mistério de “quem veio primeiro”. Hipóteses já levantadas sobre "o ovo ou a galinha" incluem a possibilidade do ovo ter surgido antes. Nesse caso, o cruzamento de dois animais (não galinhas) teria resultado, por meio de mutação, no primeiro ovo de galinha. No entanto, os próprio pesquisadores admitem que se trata apenas de um “diversão” tentar resolver este mistério – e que este não era o objetivo principal da pesquisa.



_ _ _


até breve

sexta-feira, 16 de julho de 2010

As 20 melhos cantadas do canteiro de obra


1. Ocê é o ovo que faltava na minha marmita.
2. Eu bebia o mar se ocê fosse o sal.
3. Não sabia que fror nascia no asfaltu.
4. Tô fazenu uma campanha de doação de órgãos! Quer o meu?
5. Nossa, ocê é tão linda que não caga, lança bombom! Ocê num peida, solta prefumi! Ocê num arrota, evapora xero di banquete! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
6. Ohhh... essa muié e mais um saco de bolacha, eu passo um mês...
7. Ocê é sempre assim, ou tá fantasiada de gostosa?
8. Ocê é a areia do meu cimentu.
9. Ahhh se eu pudesse e meu dinheiro desse!
10. Suspende as frita.... o filé já chegou!
11. Ocê num usa calcinha, ocê usa porta-jóia.
12. Aê cremosa... Vou te passar no pão e te comer todinha!!
13. O que que esse bombonzinho está fazendo fora da caixa??
14. Ocê num é pescoço mais mexeu com a minha cabeça!
15. Sexo mata!!! Quer morrer feliz?
16. Vamu pru meu barraco fazê as coisa que eu ja falei pra todo mundo que nois faiz?
17. Ocê é a lua de um luau.... Quando te vejo só digo - uau uau!
18. Nossa, quanta carne.... e eu lá em casa comendo ovo!
19. Essa sua brusa ia ficá ótima toda amassada no chão do meu barraco amanhã de manhã!
20. Se ocê fosse um sanduíche teu nome ia ser X-Princesa..

até breve

Incêndio na Loja



até breve

Banda larga é cara e lenta, aponta pesquisa do Idec


Nenhuma das operadoras de telecomunicações no Brasil garante a entrega da velocidade de internet ofertada e que o consumidor, ao contratar planos de velocidades inferiores, acaba pagando muito mais caro pelo megabit, de acordo com pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) para constatar o valor e a velocidade dos serviços de banda larga oferecidos, com base nas informações disponíveis nos sites de cada empresa, dos contratos e nos serviços de atendimento ao consumidor (SACs).

No período de março a maio deste ano, foram analisadas as operadoras Oi, GVT, Net, TVA/Ajato e Telefônica, nas cidades de Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio Branco, Belo Horizonte e São Paulo. Para o Idec, a falta de concorrência é uma das principais responsáveis por esse cenário.

O objetivo da pesquisa, segundo a advogada do Idec, responsável pela pesquisa, Estela Guerrini, foi de buscar evidências que comprovassem que o atual cenário do serviço de banda larga no Brasil precisa mudar, tanto na esfera normativa quanto na fiscalizatória. “Essa mudança é necessária para que todas as pessoas, independentemente da condição socioeconômica ou da localidade, tenham acesso a um serviço de banda larga de qualidade e em harmonia com a lei consumerista. Ou seja, precisamos universalizar a banda larga”, justifica.

O descumprimento da oferta dos serviços de banda larga, as cláusulas contratuais abusivas e a propaganda enganosa já são alvo de ação civil pública, movida pelo Idec contra a Telefônica, Oi, Net São Paulo, Brasil Telecom e Anatel. Enquanto aguarda julgamento, em caráter emergencial, está vigente liminar, concedida a pedido do Idec, que obriga essas empresas a veicular, em toda publicidade de banda larga, o alerta: "a velocidade anunciada de acesso e tráfego na internet é a máxima virtual, podendo sofrer variações decorrentes de fatores externos". A ordem judicial garante ainda que o consumidor possa rescindir o contrato, sem ônus em caso de má qualidade do serviço.

"As desigualdades não podem mais prosperar, visto que, mais do que um simples serviço, o acesso à internet em alta velocidade é hoje essencial para a efetivação dos direitos humanos e da democracia e para a realização plena da diversidade cultural brasileira", conclui Guerrini.

Resultados da pesquisa

De acordo com o levantamento, a Oi possui planos com e sem serviço de voz, que variam conforme a cidade pesquisada, sendo que os acima de 40 Mbps são oferecidos somente em Recife. O site da operadora nada fala sobre variação de velocidade; o SAC informa que a velocidade é sempre a mesma, em qualquer horário; o contrato, por outro lado, prevê que as faixas de velocidade mencionadas nos planos de serviço não são garantidas pela Oi. O SAC informa que não é possível a suspensão do contrato, mas o acordo prevê a possibilidade de o consumidor interromper o serviço prestado a qualquer tempo e sem ônus adicional. Valor de planos sem o serviço de voz junto: mín: R$ 39,90, por 300 Kbps – em Belo Horizonte e Recife; máx: R$ 529,90 por 100 Mbps – em Recife.

A GVT possui planos com e sem serviço de voz. Sem a telefonia junto, os valores são os mais altos do mercado e são sempre os mesmos nas cidades pesquisadas onde a empresa atua. Os valores de banda larga com a aquisição de plano de voz variam conforme a cidade, em alguns casos, e há planos que são oferecidos em algumas cidades e em outras não (por exemplo, os acima de 20 Mbps não são comercializados em Rio Branco). O site não fala sobre variação de velocidade; o SAC informa que há pouca variação de velocidade; e o contrato prevê que algumas velocidades máximas são garantidas apenas para o acesso à rede da GVT e que não se responsabiliza pela diferença de velocidade decorrente de fatores externos. Em relação ao encerramento de contrato, apenas o SAC informa que a suspensão é possível sem qualquer cobrança atrelada. Valor de planos sem o serviço de voz junto: mín: R$ 204,50, por 1Mbps – em Goiânia, Porto Alegre, Rio Branco, Recife e Belo Horizonte; máx. R$ 434,50, por 10 Mbps – em Goiânia, Porto Alegre, Rio Branco, Recife e Belo Horizonte.

Já a Net cobra os mesmos valores para banda larga com e sem serviço de voz, mas para este último (ou para os contratados sem TV por assinatura) há uma taxa de instalação de R$ 60. Os valores são sempre os mesmos nas cidades pesquisadas. Os planos também são os mesmos, com exceção do de 512 Kbps, que é ofertado somente em São Paulo. O site e o SAC nada falam sobre variação de velocidade. O SAC informa que “não tem queda de sinal e a velocidade entregue é aquela contratada”. Já o contrato prevê que a velocidade mínima entregue em cada uma das faixas é de até 10% a indicada na solicitação do serviço. Independentemente da ação ou vontade da operadora, fatores externos podem influenciar diretamente a velocidade de tráfego. Somente o SAC informa que é possível suspender o serviço por três meses. Valor de planos sem o serviço de voz junto: mín: R$ 29,80, por 512 Kbps – em São Paulo; máx: R$ 279,90, por 20 Mbps – em Belo Horizonte, Goiânia, Porto Alegre e São Paulo.

A TVA/Ajato possui somente planos de banda larga sem serviço de voz. Como atua somente em São Paulo, os preços são sempre os mesmos. O site e o SAC nada falam sobre o problema. O contrato prevê que a operadora não se responsabiliza pelas diferenças de velocidade em decorrência de fatores externos. Somente o SAC informa que a suspensão do contrato é possível. Valor de planos sem o serviço de voz junto: mín: R$ 74,90, por 4 Mbps – em São Paulo; máx: R$ 199,90, por 16 Mbps – em São Paulo.

A Telefônica possui somente planos sem serviço de voz. Como atua apenas em São Paulo, os preços são sempre os mesmos. O site não fala sobre variação de velocidade, e o SAC informa que a velocidade pode variar. O contrato, por outro lado, prevê que as velocidades estão sujeitas a variações dependendo da distância entre o imóvel do contratante e a central telefônica mais próxima e da fiação interna do imóvel do contratante. A contratada não se responsabiliza pelas diferenças de velocidade ocorridas em razão de fatores externos. Somente o SAC informa que cabe à central de vendas estudar o pedido de suspensão do serviço. Valor de planos sem o serviço de voz junto: mín: R$ 54,90, por 500 Kbps – em São Paulo; máx: R$ 199,90, por 8 Mbps – em São Paulo.

Respostas das empresas

Das cinco empresas analisadas, apenas a Oi não respondeu à carta enviada pelo Idec com os resultados da pesquisa. A TVA/Ajato e a Telefônica deram a mesma resposta: que todas as cláusulas contratuais atendem às determinações da Lei nº 9.472/97, bem como ao Regulamento dos Serviços de Telecomunicações, aprovado pela Resolução no 73, de 25 de novembro de 1998, e demais regulamentos, normas e planos aplicáveis ao serviço.

Em relação a variação de velocidade, a GVT informa que assume total responsabilidade pelo serviço até o momento em que o consumidor se conecta à rede. Após a conexão, não se responsabiliza por eventuais problemas.

NET alega que a internet é um meio compartilhado, e por isso a velocidade pode sofrer variações por inúmeros fatores. A existência dessa variação é informada no contrato, no site e na publicidade.



_ _ _


até breve

quinta-feira, 15 de julho de 2010

UM GRANDE CONSELHO DE UM PAI


Um jovem recém casado estava sentado num sofá num dia quente e úmido, bebericando chá gelado durante uma visita à casa do seu pai. Enquanto conversavam sobre a vida, o casamento, as responsabilidades, as obrigações e deveres da pessoa adulta, o pai remexia pensativamente os cubos de gelo no seu copo, quando lançou um olhar claro e sóbrio para seu filho, e disse:

Nunca se esqueça de seus amigos! - aconselhou
Serão mais importantes na medida em que você envelhecer. Independentemente do quanto você ame sua família, os filhos que porventura venham a ter, você sempre precisará de amigos. Lembre-se de, ocasionalmente, ir a lugares com eles; divirta-se na companhia deles; telefone de vez em quando...
Que estranho conselho - pensou o jovem. Acabo de ingressar no mundo dos casados. Sou adulto. Com certeza minha esposa e minha família serão tudo o que necessito para dar sentido à minha vida! Contudo, ele seguiu o conselho de seu pai. Manteve contato com seus amigos e sempre procurava fazer novas amizades.
À medida em que os anos se passavam, ele foi compreendendo que seu pai sabia do que falava.
À medida em que o tempo e a natureza realizavam suas mudanças e mistérios sobre o homem, os amigos sempre foram baluartes em sua vida.
Passados mais de 50 anos, eis o que o jovem aprendeu:
O Tempo passa.
A vida acontece.
A distância separa...
As crianças crescem.
Os empregos vão e vêem.
O amor se transforma em afeto.
As pessoas não fazem o que deveriam fazer.
O coração para sem avisar.
Os pais morrem.
Os colegas esquecem os favores.
As carreiras terminam.
Mas os verdadeiros amigos estão lá, não importa quanto tempo nem quantos quilômetros tenham afastado vocês.
Um AMIGO nunca está mais distante do que o alcance de uma necessidade, torcendo por você, intervindo em seu favor e esperando você de braços abertos, abençoando sua vida!
Quando iniciamos esta aventura chamada VIDA, não sabemos das incríveis alegrias e tristezas que experimentaremos à frente, nem temos boa noção do quanto precisamos uns dos outros...
Mas, ao chegarmos ao fim da vida, já sabemos muito bem o quanto cada um foi importante para nós!

_ _ _


até breve

Sessão de terapia de grupo


Quatro pacientes estão reunidos.
O terapeuta pede que se apresentem, que digam qual é sua atividade e que comentem porque a exercem.

- O primeiro diz: - Me chamo Francisco, sou médico porque me agrada tratar da saude e cuidar das pessoas.

- O segundo se apresenta: - Me chamo Angelo. Sou arquiteto porque me preocupa a qualidade de vida das pessoas e como vivem.

- A terceira fala: - Me chamo Maria e sou lésbica. Sou lésbica porque adoro peitos e bundas femininas e fico louca só de pensar em fazer sexo com mulheres.

- O quarto então diz: - Sou Manuel Joaquim e até segundos atrás eu achava que era padeiro, mas acabo de “discubrire” que sou é lésbica...
_ _ _

até breve

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Polvo Paul e as eleições brasileiras


Esse povo não erra uma!!!
até breve

Aproveite o Ensejo


Não é companheiro dócil que exige a sua compreensão fraternal mais imediata. É aquele que ainda luta por domar a ferocidade da ira, dentro do próprio peito.

Não é o irmão cheio de entendimento evangélico que reclama suas atenções inadiáveis. É aquele que ainda não conseguiu eliminar a víbora da malícia do campo do coração.

Não é o amigo que marcha em paz, na senda do bem, quem solicita seu cuidado insistente. É aquele que se perdeu no cipoal da discórdia e da incompreensão, sem forças para tornar ao caminho reto.

Não é a criatura que respira no trabalho normal que requisita socorro urgente. É aquela que não teve suficiente recurso para vencer as circunstâncias constrangedoras da experiência humana e se precipitou na zona escura do desequilíbrio.

É muito provável que, por enquanto, seja plenamente dispensável a sua cooperação no paraíso. É indiscutível, porém, a realidade de que, no momento, o seu lugar de servir e aprender, ajudar e amar, é na Terra mesmo.

Livro: Agenda Cristã
André Luiz & Francisco Cândido Xavier

até breve

Frases de quem vive em duas rodas


"Lugar de homem é atrás do tanque... de uma moto!"

"O Motard não bebe leite... come a vaca!"

"Se não tô entre 2 rodas, então tô entre 2 pernas."

"Motocicleta é igual a sogra. Você acaba tendo uma..."

"Eu respeito o limite de 80km/h, até passar a 2ª..."

"Moto é, e sempre será o melhor veículo, nunca cabe a sogra..."

"Você não gosta de moto, mas sua filha gosta"

"Cuidado: Nunca pilote mais rápido do que o seu Anjo possa voar"

"Nem tudo que brilha é ouro; pode ser cromado!"

"Motociclista aprende com os erros dos outros; motoqueiro com os seus próprios..."

até breve

O Partido de Magal



Ainda bem que não há apenas uma Maria no Mundo.

até breve

Ficha Limpa já ameaça 1.614 candidatos no País


Justiça Eleitoral tem prazo até 19 de agosto para decidir se vai atender às solicitações do Ministério Público e impugnar esses nomes.


A Lei da Ficha Limpa tem multiplicado pedidos para exclusão de políticos com folha corrida das eleições deste ano. Até ontem, 1.614 contestações de candidaturas foram protocoladas em Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de 15 Estados.

Grande parte questiona a participação de políticos condenados por tribunais ou que renunciaram para escapar de cassações. A Justiça Eleitoral tem até 19 de agosto para analisar os pedidos.

O número de questionamentos deve ser muito maior já que ainda não começaram a ser impugnadas as candidaturas do Estado de São Paulo, que tem mais de 3 mil políticos registrados.

O desembargador Walter de Almeida Guilherme, presidente do TRE paulista, o maior do País, disse que a corte não se manifestou sobre Ficha Limpa porque os registros dos candidatos ainda estão sendo processados. O atraso ocorreu por causa da greve dos servidores do Judiciário - ontem, após 69 dias de paralisação, a categoria decidiu retomar as atividades. "O tribunal deve ser bastante rigoroso no sentido de que a lei seja aplicada", disse Guilherme.

O deputado Jader Barbalho (PMDB-PA) e os ex-governadores Anthony Garotinho (PR- RJ), Joaquim Roriz (PSC- DF), Jackson Lago (PDT-MA), Ronaldo Lessa (PDT-AL) e Marcelo Miranda (PMDB- TO) são alguns dos políticos conhecidos na lista de impugnações da Procuradoria Eleitoral.

Mesmo que o TRE rejeite a candidatura dos fichas-sujas, eles poderão fazer campanha e ser incluídos na urna eletrônica. Mas, no futuro, poderão ter o mandato cassado.

Recorde. Em Alagoas, o procurador regional eleitoral, Rodrigo Tenório, deu entrada em 380 pedidos de impugnação - 86% do total de 438 candidatos -, incluindo o de Ronaldo Lessa (PDT), que pretende disputar o governo. Lessa foi condenado por abuso de poder político e econômico.

Em Goiás, o Ministério Público Eleitoral registrou a impugnação de 180 candidatos. A procuradoria do Amazonas encaminhou ao TRE 117 contestações. Entre elas está a de Marilene Corrêa (PT), ex-secretária de Ciência e Tecnologia, que teve suas contas rejeitadas em 2005 pelo Tribunal de Contas do Estado.

No Rio Grande do Sul, a procuradoria impugnou 28 das 926 candidaturas. Na lista está o do deputado Pompeo de Mattos (PDT), candidato a vice-governador na chapa de José Fogaça (PMDB).

No Mato Grosso do Sul chega a 104 os pedidos de impugnação, incluindo a da candidata a vice-governadora de José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, a advogada Tatiana Azambuja Ujacow. Outros nomes da lista são o deputado Dagoberto Nogueira Filho (PDT), que concorre ao Senado, e o suplente do senador Delcídio do Amaral (que vai tentar a reeleição), Pedro Chaves Santos Filho.

No Amapá, o Ministério Público pediu impugnação de registro de João Alberto Capiberibe (PSB), ex-governador do Estado. Em 2004, Capiberibe teve o mandato de senador cassado, acusado de ter comprado votos.

A procuradoria no Espírito Santo impugnou a candidatura de 14 político. O nome mais importante é o do ex-presidente da Assembleia Legislativa José Carlos Gratz, que tenta concorrer ao Senado pelo PSL. Cassado em 2002, condenado pelo Tribunal de Contas do Estado e alvo de ações penais, Gratz tentou obter liminar no Supremo Tribunal Federal contra a Lei da Ficha Limpa.

O TRE do Paraná vai analisar pedidos de impugnação de 23 dos 974 requerimentos de registro para as eleições. Entre os citados está o deputado Alceni Guerra (DEM).

No Ceará são 42 impugnações, como a do candidato ao governo pelo PV, Marcelo Silva, e do ex-presidente estadual do PT Ilário Marques, que teve contas rejeitadas quando prefeito de Quixadá.

No Rio Grande do Norte, a ex-governadora Wilma de Faria, candidata ao Senado pelo PSB, e outros 25 candidatos enfrentarão ações de impugnação. O advogado de Wilma, Erick Pereira, negou que ela tenha débito com o TRE.

Na Bahia, houve 118 pedidos de impugnação. / COLABORARAM ALFREDO JUNQUEIRA, ANGELA LACERDA, RICARDO RODRIGUES, EVANDRO FADEL, ELDER OGLIARI, TIAGO DÉCIMO, LIEGE ALBUQUERQUE, CARMEN POMPEU, JOÃO NAVES DE OLIVEIRA, RUBENS SANTOS, LUCIANO COELHO e ALCINÉA CAVALCANTE

Fonte: Estadão
_ _ _

até breve