quarta-feira, 30 de junho de 2010

Resposta ao Anônimo, do dia 27 de junho de 2010 às 19:13, que fez um comentário na postagem "Ficha limpa, teoria e prática", e olha que nem demorou!


Eu não ia perder meu precioso tempo em uma resposta ao Anônimo, do dia 27 de junho de 2010 às 19:13, que fez um comentário na postagem "Ficha limpa, teoria e prática" mas como sei quem é você, vamos lá:

Primeiramente, como mesmo disse, tens o hábito de passar aqui pelo blog, e sendo assim, deveria saber da minha opinião acerca da política, principalmente a campista.

Este blog, inicialmente, fora criado com o intuito, realmente, de lutar por Campos, da forma que este editor achasse mais cabível. No entanto, não só a falta de tempo, mas a “concorrência” dos demais blogs, de forma positiva é claro, e também por motivos particulares, conclui que, mais interessante, é ver o circo pegar fogo, do que ser apenas mais um - e digo por falta de conhecimento da área – a soltar gravetos em incêndios já alimentados por “Neros” – me referindo, é claro, de forma superlativa aos blogueiros que muito respeito, e espero que não entenda tal “adjetivo” com insinuações pejorativas.

Tenho pouquíssimas fontes, e as poucas, não muito confiáveis, não me permitem expor teorias ou conjecturas que possam ser inverídicas.

Meu labor corrói bastante do meu tempo. Minhas obrigações de chefe de família, também. O que me sobra, primeiramente, dedico a minha mulher e minha família, e o que resta, aí sim, ao meu lazer, onde encontra-se o blog, e, é claro, minha gelada!

Se possuísse fontes fidedígnas como outros blogueiros, onde posso citar: Roberto Moraes, Jane Nunes, Ricardo André, Cláudio Andrade, Marcelo Bessa, Rose David, Douglas da Mata, Vitor Menezes, Joca Muylaert, Álvaro Marcos, Branca, Avelino, Herval Jr., Luciano Aquino, a turma do Sociedade Blog, entre outros tantos, que não são apenas competentes na divulgação de informações nos seus blogs, mas também sabem pinçar a vital e régia informação. Ou, se tivesse o talento do Walter...

Quero deixar claro que também não faço a menor questão de correr atrás de qualquer tipo de informação. Se ela vier, tudo bem, se não...

Como você anônimo apontou que o “blog que é recheado de piadinhas e notícias requentadas”, e eu tenho que concordar com você. Preferi descambar para esse lado, para o lado da informação em geral e da parte jocosa, se é que assim posso dizer.

Quanto a minha “opinião sua sobre os políticos locais, sobre a corrupção que campeia há muito tempo na prefeitura”, posso te dizer que ninguém foi , ou é, satisfeito com o Mundo, com o Brasil, e também com nossa Campos, uma vez que em cada esquina temos o desprazer de encontrar a mendicância em pleno vapor. Essa realidade assola o planeta. Afinal, a Indústria da Miséria S/A alimenta as eleições em quase toda a Terra, fazendo o rico mais rico, e o pobre... é uma realidade, infelizmente, longe de se chegar ao fim, pois não há interesses que isso ocorra.

Essa última parte foi a que mais gostei: “Será que tens interesses comerciais junto a empresários, é ligado há algum político safado ou partido(s) que se locupletam o dinheiro do povo?”. E posso te responder que sim. Tenho amizades junto a empresários, como a políticos, padres, pastores, médicos, enfermeiros, funcionários públicos de todas as esferas... mas e aí? O que tem o c* com as calças?!?!?! (minha mulher pediu para eu não baixar o nível, mas foi mais forte) Ou você é um eremita, ou encontra-se em sociedade, convivendo com lavadores de carro, a juízes e promotores de justiça.

O que posso lhe dizer, é que em minha lida nunca fui beneficiado por padrinho algum. Nunca tive benesses de qualquer natureza, e você sabe disso, pois me conhece!

Nunca fiquei a espera de arranjos políticos, nunca manipulei nada para que pudesse me beneficiar em um centavo que fosse, e também posso lhe garantir que quando puser minha "cara na reta" será “à vera”. Não ficarei rumorejando, em mesas de bar, por exemplo, o que deve, ou o que não deve ser traçado em prol da população, mas sim, quando me dispor a levantar de minha cadeira, não será para balbuciar, e sim para agir.

Sabe de uma coisa, vou encerrar por aqui!

Já perdi muito tempo com você, e olha que você merece, pois lhe respeito.

Mas vamos fazer o seguinte: marcaremos uma gelada, e faremos o de sempre, dialogar cara-a-cara, e encheremos o fole!

até breve

Novo Blog na área: Baú dos Blogs


Olá! Somos um novo blog pintando na área. Contamos com sua visita, com sua força, com seu apoio.

Visite a gente:

http://baudosblog.blogspot.com/

_ _ _


até breve

terça-feira, 29 de junho de 2010

...é só ter calma, que te respondo!


Ao Anônimo, do dia 27 de junho de 2010 às 19:13, que fez um comentário na postagem "Ficha limpa, teoria e prática" , quero deixar claro que no momento não estou com tempo, nem com "saco" para te responder, mas não se preocupe, é só ter calma, que te respondo!



até breve

Nota Oficial da Professora Odete


Segue nota oficial, sobre os últimos acontecimentos em nosso município. Desde já grata aos que puderem divulgar em seus respectivos blogs.

Att,

Professora Odete.

Nota Oficial

A decisão judicial que ontem colocou mais uma vez nossa cidade em clima de instabilidade, reafirma o que nossa candidatura apontou no processo eleitoral de 2008.

Nossa candidatura à Prefeitura se colocou e, ainda se coloca como contra-ponto a esse quadro, sinalizando uma renovação política para Campos.

Cabe agora à Justiça decidir sobre a realização de uma nova eleição que garanta legitimidade à administração pública municipal.

Sigo como candidata a Deputada Estadual, homologada na Convenção Estadual do PCdoB no último dia 26, única em todo o Norte e Noroeste Fluminense, aguardando as decisões da Justiça Eleitoral.

Professora Odete
Presidente PCdoB – Campos
_ _ _

até breve

domingo, 27 de junho de 2010

'Velha é a Mãe!' - Com Louise Cardoso no Teatro SESI /Campos- 02/07


‘Velha é a Mãe!’

Louise Cardoso volta à comédia com ‘Velha é a Mãe!’

Texto inédito e premiado de Fabio Porchat tem direção de João Fonseca

Ela acabou de fazer 70, mas isso é segredo de Estado. Horas de academia, algumas plásticas, aulas de boxe, natação e aplicações de botox ajudaram a manter sua aparência nos 50 e poucos anos. Por não aguentar tanta disposição, o marido a trocou por uma mulher, digamos, mais calma e a deixou à beira de um ataque de nervos. Responsável pela volta de Louise Cardoso à comédia depois de oito anos, esta tragicômica personagem é a estrela de ‘Velha é a Mãe’, texto inédito e premiado de Fábio Porchat, que estreou dia 15 de janeiro, no Teatro Sesi, com direção de João Fonseca.

Ana Baird divide a cena com Louise e interpreta Alice, filha única do casamento que acaba de terminar. Ao visitar a mãe, em uma tentativa de consolo, ela mal consegue falar tamanho o descontrole emocional de sua interlocutora. Entre revelações, ataques de raiva e lembranças do passado, mãe e filha trocam farpas e carinhos, graças aos ácidos diálogos de Porchat, vencedor do Festival de Novos Dramaturgos do CCBB em 2007 por este texto. Louise conheceu a peça pouco depois e conseguiu comprar os direitos em maio deste ano.

João Fonseca, amigo de Porchat, tinha sido a primeira pessoa a ler a peça e, inclusive, deu alguns conselhos e opiniões sobre seu desenvolvimento. Na época em que ainda procurava um texto, Louise encontrou o diretor e o convidou para dirigir sua próxima produção. O acaso fez com que ‘Velha é a Mãe’ chegasse às mãos da atriz e, quando ela avisou ao diretor que montaria a peça, o ciclo de coincidências se fechou. ‘Nós temos uma ligação com mãe também, ela vinha da ‘Mãe Coragem’ e eu ainda estou em cartaz com ‘Minha Mãe é uma Peça’’, brinca o diretor, se referindo ao último espetáculo protagonizado por Louise e ao bem-sucedido monólogo de Paulo Gustavo dirigido por ele.


A intimidade de atriz e diretor com o gênero vem de longe. Apesar de ter uma trajetória também marcada por textos mais densos, Louise se tornou conhecida nacionalmente por seu trabalho em comédias na televisão, em programas como ‘TV Pirata’ (1988-1989), e em espetáculos como ‘Fulaninha e Dona Coisa’, de Noemi Marinho, que rodou o Brasil por três anos, e ‘Salve Amizade’, de Flávio Marinho. Seu último trabalho cômico foi ‘Sylvia’, com direção de Aderbal Freire-Filho, em 2002. Em seguida, ela protagonizou ‘O Acidente’ (2003/2004), de Bosco Brasil, e ‘Mãe Coragem e Seus Filhos’ (2007/2008), de Bertolt Brecht, quando dividiu a e ao bem-sucedido monólogo de Paulo Gustavo dirigido por ele.

Também conhecido por transitar bem entre diversos gêneros dramáticos, João Fonseca dirigiu mais de vinte espetáculos na última década, que renderam seis indicações ao Prêmio Shell (‘A Falecida’, ‘Pão com Mortadela’, ‘Escravas do Amor’, ‘Édipo Unplugged’, ‘O Casamento do Pequeno Burguês’ e ‘Tudo no Timing’). O humor e o despojamento são heranças de seu trabalho com Antonio Abujamra e a companhia Os Fodidos Privilegiados, onde começou sua carreira como diretor.

No outro vértice deste triângulo, Fabio Porchat é outro exemplar de um trabalho tão diverso quanto volumoso. Aos 26 anos, Fábio já tem um currículo multifacetado, incluindo a direção de um clássico do teatro contemporâneo (‘Piquenique do Front’, de Fernando Arrabal, em 2006), o trabalho como ator de comédia (‘Infraturas’, ao lado de Paulo Gustavo) e autor de peças e programas de televisão. Há três anos, é uma das estrelas do sucesso ‘Comédia em Pé’, espetáculo de stand-up comedy que se mantém em cartaz por alguns teatros na cidade, às vezes simultaneamente.

‘Eu ri muito da primeira vez que li o texto, acho que tenho comédia na veia, na hora quis montar. Há anos venho procurando uma comédia brasileira contemporânea, um texto inédito e engraçado’, conta Louise.

Todo em tons de vermelho, o cenário de Nello Maresse ressalta o desespero da situação vivida pela protagonista. Descontrolada, ela quebra cinzeiros – o marido, fumante, foi embora mesmo – e objetos da casa. Encarregada de acalmar os ânimos, Alice (Ana Baird) faz o contraponto com a espevitada personagem de Louise. Psicóloga, discreta e solitária, ela sempre foi abafada pela forte personalidade da mãe. Mesmo assim, elas desenvolveram uma relação de afeto e cumplicidade.

As duas atrizes já ensaiam um encontro no palco faz tempo. Por uma outra coincidência, Ana tinha sido, quando criança, ‘filha’ de Louise no cinema, em ‘Parceiros da Aventura’ (1980), de José Medeiros. Trinta anos depois, elas retomam os mesmos papéis familiares. Conhecida pelo trabalho em musicais, Ana estará em cartaz, paralelamente, com o show ‘Chave de Cadeia’, divertido apanhado de canções sentimentais que ela encena em boates há dois anos.

Velha é a Mãe!

Texto de Fábio Porchat
Com Louise Cardoso e Ana Baird
Direção de João Fonseca
Cenário: Nello Marese
Figurinos: Rita Murtinho
Iluminação: Maneco Quinderé
Produção Executiva e Administração: Cristina Leite
Direção de Produção: Alessandra Reis

Dia: 02/07/2010 (sexta – feira)
Horário: 20 horas
Local: Teatro SESI Campos
Capacidade Limitada: 200 espectadores
Ingressos: R$ 15,00(inteira)
R$ 7,50 (Meia: Estudantes – idosos e sócios)

at.
Luiz Fernando Crespo Rossi
Promotor Cultural
Gerência de Cultura e Arte - Corporativo
Tel: 55(22)2101-9027
SISTEMA FIRJAN-www.firjan.org.br
_ _ _

até breve

Chico Buarque - As Vitrines (Carioca Ao Vivo)



até breve

Ficha limpa, teoria e prática


GAUDÊNCIO TORQUATO - O Estado de S.Paulo

Nunca foi tão evidente na esfera eleitoral a diferença entre teoria e prática. Em teoria, uma batelada de brasileiros não poderá pleitear mandatos na eleição de outubro próximo em razão da recente decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que candidatos com ficha suja, tanto os condenados por um colegiado antes da sanção da Lei da Ficha Limpa quanto os que vierem a ser condenados depois, estarão impedidos de buscar o voto. Na prática, muitos tentarão driblar a disposição legal, dentre eles os quase 5 mil agentes públicos que o Tribunal de Contas da União (TCU) tornou inelegíveis. Na teoria, o sonho acalentado por brasileiros de todas as classes está prestes a se realizar com a aplicação rigorosa da importante lei encaminhada ao Congresso Nacional com o endosso de 1,6 milhão de assinaturas. Na prática, o sonho poderá não resistir às peripécias de uma turma que, inconformada, dará plantão nos sinuosos corredores da Justiça. A teoria segue a pista fornecida pelo presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, cuja expressão é firme: "Não temo enxurrada de recursos no STF porque a lei é bastante clara. Dificilmente algum recurso chegará ao Supremo, notadamente agora, em função da chamada repercussão geral." A prática segue a baliza de outro experiente ministro, ex-presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, que garante: "Essa matéria vai bater no Supremo."


Dada essa visão dicotômica, nuvens espessas cobrem o horizonte das alianças eleitorais. A predominar a interpretação do presidente do TSE, deverá haver reviravoltas em algumas campanhas. Ao contrário, se os condenados baterem à porta do Supremo Tribunal Federal (STF), mesmo que este, mais adiante, acolha a interpretação da Justiça Eleitoral, a tendência é de que os fichas-sujas entrem no pleito, arriscando-se à perda do mandato. O cerne da discussão, como se recorda, esbarra na visão do relator no TSE, Hamilton Carvalhido, de que não há necessidade de se observar o princípio da anualidade - na aplicação da lei -, eis que as intervenções não alteram o processo eleitoral. O direito à presunção de inocência, segundo seu argumento, não pode estar acima da relevância de ações criminais contra políticos que pretendem se candidatar. O ministro Marco Aurélio, porém, calejado na arte de descobrir as curvas do caminho, pinça o artigo 16 da Constituição, que não permite à lei retroagir. O imbróglio está posto. Qual é a situação, por exemplo, de governadores que foram cassados por lei de iniciativa popular anterior, cuja punição para compra de votos e abuso do poder econômico é a perda de mandato e a condição de inelegível por três anos? Se já cumpriram a pena, devem se submeter a uma lei aprovada posteriormente e que prevê, para as mesmas situações, a inelegibilidade por oito anos? É o caso dos ex-governadores Jackson Lago (PDT-MA), Marcelo Miranda (PMDB-TO) e Cássio Cunha Lima (PSDB-PB).

Elevar a pena de inelegibilidade de três para oito anos para quem já foi condenado e por decisão já transitada em julgado parece, na visão de juristas, um despropósito. Enquanto persiste a dúvida, brande-se o argumento de que a norma constitucional vale para medidas que poderão alterar o resultado do pleito, enquanto a exclusão de fichas-sujas não viria a contribuir para mudar o panorama eleitoral, sendo apenas medida profilática de caráter regulatório. Como se pode aduzir, alguns deverão apelar ao Supremo caso sejam impedidos de entrar no processo. Há ainda uma parcela que renunciou ao mandato para não ser cassada, garantindo, assim, a condição de elegibilidade no pleito seguinte. Ora, a Lei da Ficha Limpa estende também a essa clientela a punição de oito anos de inelegibilidade. Entre estes casos estão o ex-senador Joaquim Roriz, que pleiteia o cargo de governador do Distrito Federal, e alguns do grupo do mensalão no entorno do ex-governador José Roberto Arruda, todos se preparando para enfrentar as eleições de outubro. Ainda nessa roda está o ex-governador Anthony Garotinho, do Rio de Janeiro, condenado por abuso de poder econômico à inelegibilidade por três anos, desde 2008. O TSE aguarda decisão de recurso que está sendo analisado no Tribunal Regional Eleitoral do Rio. Os nomes deverão ser homologados em convenção até 30 de junho. Eis aí pequena amostra do contencioso.

As perguntas se estendem ao jogo partidário nos Estados. Como se sabe, com o fim da verticalização, as coligações estaduais, tornando-se autônomas, passaram a jogar suas pedras no tabuleiro regional, independentemente do jogo nacional. Por esse prisma, os protagonistas locais alcançaram o direito de fazer coligações diferentes da coligação formada por seu partido em âmbito nacional. Assim, dissidentes do PMDB, aliados ao PSDB, argumentam que podem inserir José Serra em sua propaganda política nos Estados. Mesmo assim, dúvidas permanecem: como se enquadra o caso de dois palanques nos Estados para um mesmo candidato a presidente da República? Dilma Rousseff poderá pedir votos na Bahia tanto para Jaques Wagner (PT) quanto para Geddel Vieira Lima (PMDB)? Lembre-se que nesse Estado os partidos não se coligaram. Em outros Estados, a salada mista é a mesma. O pano de fundo é: o mandato, na visão do TSE, pertence ao partido, e não ao candidato; se assim é, pode um candidato se rebelar contra a decisão de seu partido, em nível nacional, e se colocar a favor de outros partidos e candidatos?

Ao lado de políticos tradicionais, entram no buraco negro da inelegibilidade os 4.922 agentes públicos com contas julgadas irregulares nos últimos oito anos. A relação, preparada pelo TCU e encaminhada à Justiça Eleitoral, inaugura um novo capítulo na história da moralização política no País. O que sobrará da camada suja que chegará aos tribunais para um banho de purificação? Neste novo ciclo da vida política, a sociedade fixa os olhos na toga dos juízes. Para saber se pode continuar a sonhar no futuro ou voltará a ter os pesadelos do passado.

JORNALISTA, É PROFESSOR TITULAR DA USP E CONSULTOR POLÍTICO E DE COMUNICAÇÃO

Fonte: Estadão
_ _ _

até breve

sábado, 26 de junho de 2010

Salesforce.com Processa Microsoft por Violação de Patente


E mais um processo na briga de foice entre grandes empresas de tecnologia. Agora é a vez (de novo) da Microsoft. Ela está sendo processada pela Salesforce,com, por violação de cinco de suas patentes. A Salesforce.com está pedindo um julgamento com júri, além de citar danos não-especificados (vide idenização). E se você acha que a Microsoft vai ficar calada, se enganou. A empresa pretende dar continuidade a seu próprio processo, iniciado em maio desse ano, onde acusa a Salesforce.com de infringir nove de suas patentes. E a cena toda não para por ai não. Marc Benioff, atual CEO da Salesforce.com ainda se referiu a Microsoft como uma Patent Troll.

A Salesforce.com está processando a Microsoft por supostamente infringir cinco de suas patentes, o que poderia ser visto como uma resposta contra o processo movido pela Microsoft contra a Salesforce.com iniciado em maio deste ano de 2010. O curioso é que a Salesforce.com está alegando danos não especificados, e a presença de um júri. O processo, impetrado no dia 24 de junho desse ano (quinta-feira passada) no Tribunal Federal do distrito de Delaware, e o número do caso é 1:10-cv-00555.

As patentes da Salesforce.com que a Microsoft estaria infringindo são "Dynamic Multi-Level Cache Manager" ("Gerenciador de Cache Multi-Nível Dinâmico"), "Method and System for Handling Errors in a Distributed Computer System" ("Método e Sistema para Tratamento de Erros em um Sistema de Computação Distribuída"), "Work Sharing and Communicating in a Web Site System" ("Comunicação e Compartilhamento de um Sistema de Site Web"), "Java Object Cache Server for Databases" ("Cache de Servidor de Objetos Java para bancos de Dados") e "Apparatus and Methods for Provisioning Services" ("Aparatos e Métodos para o Provisionamento de Serviços").

Para quem tiver curiosidade de procurar, todas as patentes foram emitidas pelo escritório norte-americano de patentes (U.S. Patent and Trademark Office) entre os anos de 2004 e 2007. A Salesforce.com é uma empresa que cria e comercializa aplicações baseada em nuvens (cloud-based) para Business Intelligence (BI) e outros mercados verticais. De acordo com o processo, "os atos contínuos de violação da Microsoft causaram e estão causando danos irreparáveis à Salesforce.com, para a qual a Salesforce.com não possui solução adequada de acordo com a lei", e continua, "as dificuldades que seriam impostas por uma injunção são menores que aquelas enfrentadas pela Salesforce.com da qual uma injunção não processada".

De acordo com a Salesforce.com, os produtos da empresa de Redmond que violam suas patentes são o Windows Server AppFabric platform, Windows Error Reporting para Windows 7 e Windows Server 2008 R2, Sharepoint, Windows Live Delegated Authentication e a plataforma .NET. Vale lembrar que a Microsoft já havia indicado no dia 25 de junho que iria avançar com seu próprio processo contra a Slaesforce.com. Em um comunicado feito por Horacio Gutierrez, Chefe Adjunto Jurídico da Microsoft, a empresa continua confiante nesta "posição e continuará a avançar com a queixa que deu início no distrito oeste da corte norte-americana de Washington".

Fonte: Under-Linux

_ _ _


até breve

Domínios XXX Aprovados, Mas indústria Especializada Reclama


O ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), organismo que rege o sistema de endereços da Internet, finalmente aprovou nesta sexta-feira, a criação da extensão ponto-xxx para sites Web voltados para o público adulto. E foi uma longa espera. Essa mudança já havia sido vetada no passado, e há anos, esteve na espera de ser algum dia aprovada. Porém, a atual decisão parece não ter agradado os grandes nomes da indústria de entretenimento adulto. Se depender deles, não irão migrar seus investimentos para esse "canto novo" da Internet.

O mais interessante é que eles se juntaram aos grupos religiosos, em um lobby contra essa medida, argumentando que os domínios terminados em ponto-xxx poderiam ser facilmente marginalizados e provavelmente sofreriam com regulamentações "extras". Essa insólita aliança foi descrita por Diane Duke, diretora executiva da Free Speech Coalition, uma associação comercial que representa mais de 1.000 empresas de entretenimento adulto.

Já a ICM Registry, empresa patrocinadora dos domínios .xxx, disse ter tido uma visão para esse "espaço especializado" da Internet, que o mesmo seria limpo, leve, e livre de spam, vírus e mesmo ladrões de cartão de crédito. O conteúdo seria claramente rotulado como adulto, e toda a vizinhança seria fácil de se enquadrar. Eles ainda afirmam que qualquer um que se sentisse ofendido com pornografia, poderia ficar longe dessa vizinhança.

Stuart Lawley, atual chairman e executivo chefe do ICM afirmou que "Isso é bom para todos", e completa, "isso é uma vitória para o consumidor de conteúdo adulto. Eles sabem que os domínios ponto-xxx irão operar segundo padrões determinados". E o que desagrada os grupos religiosos com essa decisão? Eles se opõe a criação dos domínios ponto-xxx, temendo que eles possam tornar a pornografia mais presente ainda na Internet.

Já Duke afirma que "não terão suporte de nossa comunidade" para esse plano. Os próprios membros de sua organização, que incluem grandes nomes da indústria como Hustler e Adam & Eve, estão preocupados que o conselho que regulamenta os domínios ponto-xxx poderiam envolver censura, e que a indústria como um todo poderia estar sob maior regulamentação. Duke ainda completa dizendo que "se a diretoria não gosta do que o produtor cria, existe a possibilidade de que o mesmo poderia censurá-la", e finaliza, "isso iria colocar nossa indústria em um verdadeiro gueto, e nos tornar alvo de regulamentação". Ela também afirma que muitos membros de sua comunidade pretendem continuar operando em seus domínios ponto-com.

Mas Lawley não está preocupado. Nem um pouco. Sexo Online é um grande negócio, e ele espera que sua companhia se beneficie do processo. Mas os interessados em já registrar seu domínio ponto-xxx, pŕeparem-se para tirar o escorpião do bolso. Cada domínio irá custar US$ 60,00 ao ano, sendo que desses 60, US$ 10,00 irão para uma organização sem fins lucrativos que promove "as práticas responsáveis de negócios" para a indústria. Lawley afirma que mais de 100.000 domínios já foram pré-registrados. Isso representa mais de US$ 6 milhões de receita. Ele ainda espera que quando os domínios ponto-xxx estejam operando, de nove a 12 meses a partir de agora, devem ser registrados algo em torno de 500.000 domínios adultos. Isso equivaleria, somente em registros de domínios ponto-xxx, uma movimentação financeira de US$ 30 milhões.

Fonte: Under-Linux
_ _ _
até breve

Domínio '.xxx' é aprovado para sites pornográficos


Aprovação da Icann chega após vários anos de resistência ao novo sufixo.
Há cerca de 370 milhões de sites 'adultos'; uso de .xxx pode superar o de .com.

A companhia que supervisiona a concessão de endereços de internet, Icann, aprovou formalmente nesta sexta-feira (25) a criação do domínio .xxx, destinado a facilitar a identificação de sites com conteúdo pornográfico.

A Icann, que é controlada pelo governo dos Estados Unidos, vinha resistindo à criação do domínio. Por várias vezes nos últimos anos, a empresa rejeitou um pedido da norte-americana ICM Registry de autorização para distribuir endereços de sites com sufixo .xxx, até dar seu sinal positivo ao novo domínio nesta sexta.

Membros do conselho da Icann vinham argumentando que, para manter a neutralidade na concessão dos nomes de domínio, deveria ser criado o .xxx, permitindo que sites com conteúdo sexualmente explícito utilizassem o sufixo de maneira voluntária.

Com sua proposta, a ICM Registry que se apresenta como uma organização “independente e sem fins lucrativos” pretende criar “um rótulo reconhecível para identificar o que é oferecido pelas páginas da web”, sem a necessidade de visitá-las.

Deste modo, “tanto os interessados como aqueles que não se interessam por conteúdos pornográficos terão uma marca identificável”.

Para finalizar o processo de negociação do contrato de gestão do domínio e para que ele possa ser aplicado, a Icann e a organização promotora da iniciativa deverão agora chegar a um acordo sobre “os aspectos técnicos e financeiros”.

A pornografia on-line é uma indústria gigante. Segundo dados do grupo de estudos Internet Pornography Statistics, mais de US$ 3 mil são gastos com pornografia na internet a cada segundo, e a palavra “sex” (sexo, em inglês) é o termo mais buscado no mundo, representando 25% de todas as buscas na web.

Estima-se que existam cerca de 370 milhões de endereços pornográficos na internet, o que significa que .xxx pode se tornar o domínio mais usado do mundo, talvez até superando o .com.

Alguns membros da indústria pornográfica, no entanto, são contrários à utilização do .xxx, afirmando que o sufixo facilita a censura e pode prejudicar os negócios. A direita religiosa norte-americana também é contra a criação do sufixo por razões morais.

Fonte: G1

_ _ _


até breve

TRANSA DE TURCO!!!


Salim e Samira chegam ao consultório de um terapeuta sexual.
O médico pergunta: - O que posso fazer por vocês?
O Salim responde: - O senior, bur vavor, bode ver nois transando?
O médico olha espantado, mas concorda.
Quando a transa termina, o médico diz:
-Não há nada de errado na maneira como vocês fazem sexo..
E então o médico cobra R$ 70,00 pela consulta.
Isto se repete por várias semanas! O casal marca horário, faz sexo sem nenhum problema, paga o médico e deixa o consultório.
Finalmente o médico resolve perguntar:- O que vocês estão tentando descobrir?
E Salim responde: - Nada.
A broblema é que Zamira é casada e Salim não bode ir no casa dela.
Eu também sou casado e Zamira não bode ir casa de Salim.
Na Play Love Motel, um quarto custa R$ 140,00.
Na Fujiama Motel custa R$ 120,00.
Aqui nós transa por R$ 70,00,
com acompanhamento médico, tem um atestado e recibo,
Salim reembolsa R$ 42,00 bêla UNIMED e ainda
tem uma restituição da IR de R$ 19,20.
Tudo calculado, eu só gasta R$ 8,80.

_ _ _


até breve

Cotidiano - Chico Buarque



até breve

A fuga do pingüim

Um esperto pingüim – perseguido por orcas – procura abrigo no bote dos cinegrafistas ! o mais legal é que primeiro eles passam algumas vezes por baixo do bote (o pinguim e as orcas), depois o pinguim entra no bote e a orca tira a cabeça da agua pra olhar... mal sabe o sr. pinguim que se a d.orca quiser ela come o bote, os cinegrafistas e ainda mastiga o sr. pinguim de sobremesa... e o mais legal é que a turma do bote não ultrapassou os limites... ninguém botou a mão no pinguim, ninguem tentou segura-lo ou joga-lo de volta pra agua...


_ _ _

até breve

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Mensagem do Dia - Aguardemos


Em qualquer circunstância, espera com paciência.

Se alguém te ofendeu, espera. Não tomes desforço a quem já carrega a infelicidade em is mesmo. Não precisas vingar-te de quem já se encontra assinalado pela justiça.

Se sofres, espera. A dor é sempre aviso santificante.

Se o obstáculo te visita, espera. O embaraço de hoje, muita vez, é benefício amanhã.

A fonte, ajudando onde passa, espera pelo Rio e atinge o oceano vasto. A árvore, prestando incessante auxílio, espera pela flor e ganha a bênção do fruto. Todavia, a enxada que espera, imóvel, adquire a ferrugem que a desgasta. O poço que espera, guardando águas paradas, converte a is próprio em vaso de podridão.

Sejam, pois, quais forem as tuas dificuldades, espera, fazendo em favor dos outros o melhor que puderes, a fim de que a tua esperança se erga sublime, em luminosa realização.

Livro: Palavras de Vida Eterna
Emmanuel. & Francisco Cândido Xavier

Enviado por Rey
_ _ _

até breve

CONTABILIDADE: APRENDA UM POUCO


PARA QUEM NÃO ENTENDE NADA DE CONTABILIDADE, VAMOS EXPLICAR, DE UMA FORMA SIMPLÓRIA, MAIS OU MENOS COMO FUNCIONA:

- A solteira é Crédito;

- A casada é Débito;

- A cunhada é Previsão para Devedores Duvidosos;

- A bonita é Lançamento Certo;

- A feia é Estorno;

- A feia e rica é Conta de Compensação;

- A bonita e rica é Lucro Certo;

- A ex-namorada é Saldo de Exercícios Anteriores;

- A namorada é Resultado de Exercício Futuro;

- A noiva é Reserva Legal;

- A esposa é Capital Integralizado;

- A vizinha é Ações de Outras Companhias;

- A amante é Empresa Coligada;

- As que fazem operações plásticas são Obras e Benfeitorias;

- As gestantes são Obras em Andamento;

- As que dão bola são Incentivos Recebidos;

- As que não são viúvas, casadas ou solteiras são Contas a Classificar;

- As que muito namoram e não se casam são Saldo à Disposição da Assembléia;

- As que são surpreendidas em flagrante são Passivo a Descoberto;

- A sogra pode ser classificada como PREJUÍZO ACUMULADO!
_ _ _

até breve

Fim do exame da OAB conta com apoio de internautas, mas divide senadores


Depois de passar pelo Blog do Claudio Andrade, fui ao site do Senado para buscar mais informações a respeito da Prova da Ordem. Eis o encontrado:

Requisito para ingresso nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e, em consequência, para o próprio exercício da advocacia, o exame de proficiência aplicado pela entidade aos bacharéis em Direito rende polêmica desde a abertura de enquete na página do Senado sobre projeto de lei que defende sua eliminação. Com 18 dias de consulta, mais de 49 mil internautas já haviam se manifestado sobre o projeto (PLS 186/06), com 87,5% das opiniões pelo fim da prova.

Sem expressar rigorosamente a opinião de toda a população, pois para isso seria necessária pesquisa com padrões de amostragem com valor estatístico, a enquete vem revelando apoio a uma idéia que está longe de ser unânime entre os senadores. Na Casa, há quem defenda o exame, outros que preferem aperfeiçoamentos no seu formato e ainda os que vão mais além, propondo exames de capacitação para todas as profissões de nível superior, mas atribuindo a liderança do processo ao governo federal.

Autor do projeto que prevê o fim do exame da OAB, o senador Gilvam (PMDB-AC) questiona a ausência de isonomia expressa na exigência, já que nenhuma outra profissão requer prévia aprovação em exame de proficiência. Argumenta ainda que, para a conclusão de seu curso, o estudante de Direito já é submetido a avaliações sucessivas até o momento da graduação.

- A mim parece inaceitável que uma única prova substitua todas as provas de cinco longos anos de formação acadêmica - questionou recentemente, em Plenário.

Para Gilvam Borges, a prova acabou se transformando em "fonte de estresse" para os jovens advogados, sem medir de fato a capacidade dos candidatos. Segundo ele, o exame gerou ainda o malefício de uma "indústria" de cursinhos preparatórios que onera os bolsos dos que desejam ingressar na profissão, penalizados ainda com as altas taxas cobradas para as provas.

Proteção da liberdade

Em defesa do exame, o senador Valter Pereira (PMDB-MS) afirma que a liberdade do cliente, "seu maior patrimônio", ou mesmo bens materiais cruciais para o indivíduo, dependem da habilidade do profissional que o defende.

- Quando o advogado bota a placa na porta do escritório, a pessoa que por ali passa imagina que se trata de um profissional habilitado e em condições de defender seus interesses. Se o advogado não é preparado, a pessoa acaba perdendo o processo, embora a lei esteja do seu lado - justifica.

Valter Pereira defende, no entanto, aperfeiçoamentos no exame, para que venha a servir como mecanismo de acompanhamento da qualidade do ensino jurídico brasileiro. O parlamentar entende que o exame pode ser aplicado ao longo do curso de Direito, por etapas, ao final de cada ano letivo.

Para o senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), o cidadão precisa mesmo da garantia de bons advogados para defender sua liberdade e seu patrimônio, seja de ameaças de particulares ou do Estado. Na sua avaliação, a prova da Ordem possibilita essa garantia mínima indispensável, não havendo hipótese de ser substituída sem prejuízo pelos mecanismos de seleção do próprio mercado.

- Sem uma petição correta e a adequação do caso concreto às leis vigentes, o cidadão pode muitas vezes permanecer preso devido à incompetência do advogado - observa Valadares.

Sem condenar de forma geral a aplicação de exames de proficiência, o senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) afirma, no entanto, que os conselhos profissionais não foram criados para avaliar a capacidade dos recém-formados, mas sim para fiscalizar o exercício da profissão. Em pronunciamento feito em Plenário, ele defendeu que essa prerrogativa é exclusiva do poder público, particularmente do Ministério da Educação.

Comprometido com a mesma visão, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) já tomou a iniciativa de propor projeto com a finalidade de transferir à União o papel de instituir critérios de avaliação de cursos em provas de proficiência profissional. Pelo texto (PLS 43/09), tudo será feito com a colaboração dos conselhos profissionais de cada área. A proposta dispõe sobre tema por meio de alterações na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDO), a Lei 9.394, de 1996.

Tramitação

O projeto que extingue o exame da OAB tramitou inicialmente na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde foi aprovado parecer para que, antes da deliberação final nesse colegiado, a proposta também fosse apreciada pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Mais recentemente, os projetos de Gilvam Borges e de Marcelo Crivella passaram a tramitar em conjunto. Quem atua como relator é o senador Marconi Perillo (PSDB-GO). Antes da anexação, ele havia dado parecer favorável ao projeto de Gilvam Borges, mas com emenda que substitui o fim da prova por regras para maior periodicidade, mudando ainda as formas de aplicação.
_ _ _

até breve

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Seleção Brasileira 2010: depois do embaraço entre Dunga X Globo, agora Kaká X Juca Kfouri





E a Copa está somente começando!

até breve

CIRCUITO CULTURAL SESI - PROGRAMAÇÃO DE JULHO


Clique na imagem para ampliá-la.
até breve

Educandário de Luz


Ninguém se reconheceria for a DA paciência e do amor que Jesus nos legou, se todos freqüentássemos a universidade DA beneficência, cujos institutos de orientação funcionam, quase sempre nas áreas DA retaguarda.

Aí, nos recintos DA penúria, as lições são administradas, ao vivo, através das aulas inumeráveis do sofrimento.

Tanto quanto possas e, mais demoradamente nos dias de aflição, quando tudo te pareça convite ao desalento, procura experiência e compreensão nessa escola bendita, alicerçada em necessidades e lágrimas.

Se contratempos te ferem nos assuntos humanos, visita OS irmãos enfermos, segregados no hospital, a fim de que possas aprender a valorizar a saúde que te permite trabalhar e renovar a esperança.

Quando te atormente a fome de sucesso nos temas afetivos e a Ventura do coração se te afigure tardia, toma contato com aqueles companheiros que habitam furnas abandonadas, para quem a solidão se fez o prato de cada dia.

Ante OS empeços DA profissão com que o mundo te honra a existência, consagra alguns minutos a escutar o relatório dos pais de família, entregues ao desespero por lhes escassearem recursos à própria subsistência.

E, se experimentas dissabores, perante OS filhos que te enriquecem a a alma de esperança e carinho, à face das tribulações que lhes gravam a vida, observa aqueles outros pequeninos que caminham nas trilhas do mundo, sem tutela de pai ou mãe que OS resguarde, atirados à noite DA criminalidade e DA ignorância.

Matricula-te no educandário DA caridade e guardarás a força DA paciência.

Enriquece de cultura OS dotes que te enfeitam a personalidade e realiza na terra OS nobres ideais afetivos que te povoam OS pensamentos, no entanto, se queres que a felicidade venha morar efetivamente contigo, auxilia igualmente a construir a felicidade dos outros.

Nosso encontro com aqueles que sofrem dificuldades e provações maiores que as nossas será sempre, em qualquer lugar, o nosso mais belo e mais duradouro encontro com Deus.

Livro: Paz e Renovação
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

E-mail enviado por: rey.sempre.amigo@uol.com.br
_ _ _

até breve

O verdadeiro motivo da perseguição do sistema GLOBO ao Dunga


Globo negociou entrevistas com Ricardo Teixeira, mas Dunga vetou.


Por trás do incidente entre Dunga e o jornalista Alex Escobar, da Rede Globo, durante a entrevista coletiva no Soccer City, logo depois da vitória do Brasil sobre a Costa do Marfim, esconde-se uma história que revela o alcance do poder do técnico da seleção brasileira.

O UOL Esporte apurou (aqui) que a Globo negociou diretamente com Ricardo Teixeira, presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), entrevistas exclusivas com três jogadores da seleção, entre os quais Luis Fabiano. As entrevistas iriam ser exibidas durante o programa “Fantástico”, no domingo, horas depois da partida contra Costa do Marfim, vencida pelo Brasil por 3 a 1. Dunga vetou o acerto.


O incidente entre Dunga e Alex Escobar ocorreu quando o jornalista conversava ao telefone com o apresentador Tadeu Schmidt exatamente sobre este assunto. O técnico percebeu o que ocorria e perguntou: “Algum problema?” Escobar respondeu: “Nem estou olhando para você, Dunga”. O técnico replicou em voz baixa, o suficiente para ser captado pelo microfone à sua frente: “Besta, burro, cagão!”

Diversos jornalistas na sala de entrevistas ouviram Escobar desabafar: “Insuportável, bicho, insuportável. O Rodrigo (Paiva) foi revoltado lá falar comigo, cara. O Dunga não deixou. Ninguém. Caraca, nem o Luís Fabiano. Infelizmente. Valeu, Tadeuzão”.

Muitos também notaram que Rodrigo Paiva, diretor de comunicação da CBF, fez o gesto de quem soca a parede a certa altura da entrevista coletiva. Paiva tem tentado se equilibrar entre o atendimento à imprensa e o respeito às exigências de Dunga. No cargo há nove anos, gentil com todos os jornalistas, o assessor dá sinais cada vez mais evidentes de reprovação à política de clausura imposta pelo técnico.


Horas depois do incidente, durante o “Fantástico”, Schmidt falou: “O técnico Dunga não apresenta nas entrevistas comportamento compatível de alguém tão vitorioso no esporte. Com frequência, usa frases grosseiras e irônicas”. O jornalista da Globo não mencionou, no entanto, o motivo do atrito, ou seja, a recusa do técnico em aceitar um acordo feito entre o presidente da CBF e a emissora.

_ _ _


até breve

terça-feira, 22 de junho de 2010

Google e Twitter entram em briga para liberar site de notícias de bancos


Tribunal proibiu Theflyonthewall.com de publicar relatórios de pesquisas. Site divulgava informações antes que bancos falassem com clientes.

O Google e o Twitter solicitaram que um tribunal de recursos norte-americano reverta uma decisão de primeira instância que proíbe o site Theflyonthewall.com de publicar notícias imediatas sobre pesquisas de analistas de diversos bancos de Wall Street, de acordo com documentos judiciais.

O Theflyonthewall.com postava manchetes de relatórios e press releases de pesquisas, muitas vezes antes que os bancos apresentassem suas recomendações aos clientes.

Em março, a juíza federal de primeira instância Denise Cote decidiu que o site se envolveu em "apropriação indébita sistemática," e que essencialmente vivia de "carona," ao publicar rapidamente notícias sobre alterações de recomendações que podem resultar em oscilações das ações.

A decisão foi tomada em favor da divisão Merrill Lynch do Bank of America, bem como do Barclays e do Morgan Stanley, que anteriormente haviam solicitado intervenção judicial a fim de impedir o Theflyonthewall.com de utilizar seus relatórios de pesquisa.

No entanto, em petição apresentada ao tribunal de recursos na segunda-feira, Google e Twitter argumentaram que, na era da Internet e da comunicação instantânea, a proibição da disseminação instantânea de notícias pelo Theflyonthewall.com era "obsoleta".

"A reportagem de notícias sempre foi um sistema complexo em que o que é 'notícia' é muitas vezes determinado por certas organizações noticiosas influentes, enquanto outras simplesmente reproduzem ou distribuem mais amplamente aqueles fatos – tudo em benefício do público," afirmam as empresas em sua petição.

Exclusividade das notícias


Google e Twitter argumentaram que sustentar a decisão da primeira instância daria àqueles que recebem uma notícia em primeira mão forte incentivo para impedir que outros recebessem a mesma informação.

As empresas também alegaram que seria difícil implementar qualquer "período de exclusividade" para as notícias.

Para ambas, seria impossível redigir e implementar uma regra que restrinja a disseminação de informação factual amplamente disponível. Google e Twitter solicitaram que o tribunal de recursos reconheça que apropriação indébita de "notícias quentes" é um conceito que já não pode ser aplicado de forma prática ou justa.


Fonte: G1

_ _ _


até breve

Coisas de Japonês



até breve

Um belo blog de músicas


Acabo de tomar conhecimento de mais um blog, só que este é no estilo musical.

Se você gosta de música, acessar:

PHAROPHA MUSICAL

São os mais variados gêneros musicais, sem distinção de estilo e/ou gênero.
(Para baixar siga as instruções no início da página)


Destinado aos amantes da musica sem distinção de gênero. Visa somente a divulgação de trabalhos de artistas e/ou bandas, sem fins lucrativos.

até breve

Verdades sobre a Cerveja


1. A CERVEJA MATA?


Sim. Sobretudo se a pessoa for atingida por uma caixa de cerveja com garrafas cheias. Anos atrás, um rapaz, ao passar pela rua, foi atingido por uma caixa de cerveja que caiu de um caminhão levando-o a morte instantânea. Além disso, casos de infarto do miocárdio em idosos teriam sido associados as propagandas de cervejas com modelos boazudas.


2. O USO CONTINUO DO ALCOOL PODE LEVAR AO USO DE DROGAS MAIS PESADAS?


Não. O álcool é a mais pesada das drogas: uma garrafa de cerveja pesa cerca de 900 gramas.


3. CERVEJA CAUSA DEPENDÊNCIA PSICOLÓGICA?


Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem uísque.


4. MULHERES GRÁVIDAS PODEM BEBER SEM RISCO?


Sim. Está provado que nas blitz a polícia nunca pede o teste do bafômetro pras gestantes. E se elas tiverem que fazer o teste de andar em linha reta, sempre podem atribuir o desequilíbrio ao peso da barriga.


5. CERVEJA PODE DIMINUIR OS REFLEXOS DOS MOTORISTAS?


Não. Uma experiência foi feita com mais de 500 motoristas: foi dada uma caixa de cerveja para cada um beber e, em seguida, foram colocados um por um diante do espelho. Em nenhum dos casos, os reflexos foram alterados.


6. A BEBIDA ENVELHECE?


Sim. A bebida envelhece muito rápido. Para se ter uma idéia, se você deixar uma garrafa ou lata de cerveja aberta ela perderá o seu sabor em aproximadamente quinze minutos.


7. A CERVEJA ATRAPALHA NO RENDIMENTO ESCOLAR?


Não, pelo contrário. Alguns donos de faculdade estão aumentando suas rendas com a venda de cerveja nas cantinas e bares na esquina.


8. O QUE FAZ COM QUE A BEBIDA CHEGUE AOS ADOLESCENTES?


Inúmeras pesquisas vinham sendo feitas por laboratórios de renome e todas indicam, em primeiríssimo lugar, o garçom.


9. CERVEJA ENGORDA?


Não. Quem engorda é você.


10. A CERVEJA CAUSA DIMINUIÇÃO DA MEMÓRIA?


Que eu me lembre, não.
_ _ _

até breve

Para começar bem o dia: Oração de São Francisco

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.
_ _ _

Tenham um bom dia!

até breve

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Ministério da Saúde: cresce obesidade e abuso de álcool


O Ministério da Saúde divulgou os resultados de um estudo que levantou dados sobre tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas e peso dos brasileiros. A Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas, feita em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), entrevistou 54 mil adultos.

O estudo mostrou que o percentual de pessoas com excesso de peso aumentou de 42,7% para 46,6% entre 2006 e 2009. Entre os homens , 51% estão acima do peso, enquanto 42,3% das mulheres sofrem com o problema. A pesquisa verificou também que o percentual dos que sofrem de obesidade cresceu de 11,4% para 13,9% , no mesmo período.

Para a coordenadora de Vigilância de Agravos e Doenças Não Transmissíveis do Ministério da Saúde, Deborah Malta, este é um problema mundial:

- O hábito de deixar de comer alimentos saudáveis para comer produtos industrializados é um dos principais fatores para o excesso de peso.

O estudo constatou também que houve diminuição do percentual de fumantes no país. De 2006 a 2009, o número de fumantes caiu de 16,2% para 15,5%.

A respeito do consumo do álcool, a pesquisa revela que, entre 2006 e 2009, o número de pessoas que declaram já ter abusado da bebida aumentou de 16,2% para 18,9%. Para o Ministério da Saúde, excesso de bebida é o consumo de cinco ou mais doses na mesma ocasião em um mês, no caso dos homens, ou quatro ou mais doses, no caso das mulheres.

Fonte: Extra
_ _ _

até breve

Votação do pré-sal deve ser adiada mais uma vez por falta de quórum


A votação do projeto de lei que cria o fundo social e que trata do sistema de partilha na exploração do pré-sal, programada para esta semana, será adiada mais uma vez. A previsão foi feita há pouco pelo líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP). “Desconfio que não vai ter quórum para votar nesta semana. Acho temerário convocar votação para esta semana, sabendo de antemão que não vai ter quórum”.

Entre os argumentos apresentados pelo líder para a falta de quórum nesta semana estão os festejos juninos em algumas regiões do país. Segundo Vaccarezza, para a votação do pré-sal é necessário que o governo tenha uma presença maciça de deputados em plenário, porque a oposição pretende obstruir a votação.

Com o adiamento do pré-sal, a Câmara dos Deputados deverá concentrar suas votações em cinco medidas provisórias que estão trancando a pauta. A MP 483, que dá status de ministérios a quatro secretarias especiais vinculadas à Presidência da República; a 484, que permite que a União transfira R$ 800 milhões a 11 estados para o fortalecimento do ensino médio; a 485 e a 486 que abrem crédito extraordinário para diversos órgãos e a 487, que amplia o limite de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento econômico e Social (BNDES).

Vaccarezza admitiu também que na próxima semana poderá haver dificuldades para a votação do pré-sal por causa das comemorações do dia de São Pedro (29) e do jogo da seleção brasileira na próxima fase da Copa do Mundo. Mesmo com essas previsões, ele quer votar o pré-sal na próxima semana. “Vamos marcar o início da discussão para terça-feira para votar na quarta-feira”.

Em relação a votação do projeto de lei que trata do Código Florestal, prevista para esta semana na comissão especial, Vaccarezza disse que o tema deve ser votado depois das eleições. “Como esse é um tema muito nervoso e que provoca paixões, emoções, até um pouco acima da normalidade, e não tem nenhum prejuízo se ele for votado depois das eleições, eu já pedi ao deputado Aldo Rebelo [relator na comissão] para fazer a votação depois da eleição”.

Quanto à votação da proposta de emenda à Constituição (PEC 300), que cria o piso salarial para os policiais, Vaccarezza informou que ela será votada juntamente com o pré-sal, quando tiver quórum suficiente. “Vamos votar a PEC 300 com uma outra redação. Não é aquela redação”, disse ao se referir a proposta que coloca na Constituição o valor do piso dos policiais.



Fonte: Corrente Braziliense

_ _ _



até breve

Show da Rita Ribeiro no Teatro SESI - Dia 25/06


RITA RIBEIRO

Rita Ribeiro nasceu no Maranhão e, depois de morar em São Luis, onde iniciou sua carreira de cantora, começou a despontar como grande revelação da música brasileira em 1996.

Em 1997, já morando em São Paulo, gravou seu primeiro CD intitulado Rita Ribeiro, com produção de Mario Manga e Zeca Baleiro. O CD e o show, apresentado em várias capitais brasileiras, deram projeção nacional à cantora maranhense.

Em 1998, assinou contrato com a MZA Music, gravadora do produtor Marco Mazzola, e ainda sob a batuta do maestro Mário Manga, lançou em 1999 seu segundo CD “Pérolas aos Povos”, que recebeu excepcional acolhida de público e crítica. Neste mesmo ano, ao lado de Ney Matogrosso, Milton Nascimento, Zeca Baleiro e Chico César, apresentou-se na noite brasileira do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, e foi convidada para se apresentar no Festival Brasil-Caracas na Venezuela.

Em 2000, dando continuidade ao lançamento e divulgação do CD Pérolas aos Povos, Rita Ribeiro foi convidada a participar do Festival Todos os Cantos do Mundo, dividindo o palco com Lokua Kanza, considerado um dos grandes expoentes da música pop africana. Ainda nesse ano, teve seu CD lançado nos Estados Unidos e Canadá pela gravadora Putumayo World Music, o que resultou na realização de uma turnê internacional. Os shows aconteceram entre agosto e setembro de 2000, nas principais cidades americanas e canadenses, entre elas São Francisco, Los Angeles, Toronto e Montreal, para platéias de 15 mil pessoas.

O resultado desse empreendimento levou Rita Ribeiro a ser indicada entre os melhores do mundo ao Grammy Awards 43rd, na categoria de melhor álbum de pop latino, realizado em fevereiro de 2001.

Ainda em 2001, a cantora lançou seu terceiro Cd Comigo, com produção de Marco Mazzola, co-produção dela e do parceiro Pedro Mangabeira, que representou uma mudança em seu visual e uma ampliação de seu público em todo Brasil.

Mas sua popularidade, sempre crescente, aumentou mesmo com o inovador Tecnomacumba, resultado de uma intervenção cultural. O show nasceu em apresentações em uma casa na zona sul carioca, virou um fenômeno independente da mídia. Rita Ribeiro fez diversas temporadas de grande sucesso e levou o espetáculo para as maiores casas de show do país. Em 2005 ganhou, por esse projeto, o Prêmio Rival Petrobras de Música na categoria Melhor Show.

Ainda nesse ano participou do Ano Brasil na França, pelo Projeto Pixinguinha, ao lado de artistas contemporâneos como o saxofonista Carlos Malta e o compositor Totonho O cabra. No Brasil Foi convidada a participar das comemorações de 30 anos do Projeto Pixinguinha realizando uma série de shows pelo Brasil ao lado do cantor e compositor carioca Tantinho da Mangueira.

Em 2006 lançou o CD Tecnomacumba, gravado em estúdio com o repertório do show, com exceção das músicas Moça Bonita e Xangô, o vencedor. Mas os fãs sempre cobraram um registro ao vivo.

Paralelo a esse sucesso Rita Ribeiro participa de outros projetos. Ao lado de Jussara Silveira e Teresa Cristina, idealizou e produziu o show Três Meninas do Brasil, com direção musical do maestro Jaime Alem. O espetáculo virou DVD e CD de sucesso, lançado em 2008 pelo selo Quitanda e distribuição da: Biscoito Fino. Nesse mesmo ano Rita participa de shows, ao lado de Eduardo Dussek, em homenagem a Carmen Miranda enquanto refresca seu repertório nos shows acústicos.

Em 2009. Rita Ribeiro lança em DVD e CD o álbum Tecnomacumba - a tempo e ao vivo, gravado em um grande show no Vivo Rio que contou com participação de Maria Bethânia e tem nos extras depoimentos de Alcione, Ney Matogrosso, Angela Leal e Jean Wyllys. O vídeo comemora seis anos de sucesso do projeto, que continua na estrada despertando curiosidade e trazendo cada vez mais pessoas aos shows.

O formato das apresentações intimistas serve de base para o projeto SubUrbano Coração, projeto em pré-produção para virar CD ainda no primeiro semestre de 2010.

Dia: 25/06/2010 (sexta – feira)
Horário: 20 horas
Local: Teatro SESI Campos
Capacidade Limitada: 200 espectadores
Ingressos: R$ 20,00(inteira)
R$ 10,00 (Meia: Estudantes – idosos e sócios)
_ _ _

até breve

Perseverança com Alegria


Não te detenhas nunca ante o desafio do bem.
Jamais percas a confiança em Deus.
Nunca te entristeçam as provações, nem te aturdam OS testemunhos.
O filete de água que procede de uma fonte poderosa destina-se ao mar.
Suplanta obstáculos, contorna acidentes geográficos, porém logra o seu fanal.
Vida física é oportunidade abençoada, instrumentalidade para o Progresso. Também é masmorra transitória de que te libertarás um dia se te promoveres às alturas do bem.
Não examines as questiúnculas, nem OS problemas do caminho, senão para OS solucionar.
Quem se abate sob um céu nublado não merece a noite salpicada de estrelas.
Fadado ao infinito, o Espírito nasce e renasce no corpo para progredir, adquirindo experiências e modelando santificação.

Ouves a vozeria que fala de júbilos e te entristeces por não estares entre else, OS enganados algaraviastes.
Talvez, else não estejam felizes, senão excitados.
Deténs-te a examinar OS que exibem Paz e te afliges, face aos conflitos que espocam no teu mundo íntimo.
Quiçá, não estejam em harmonia, senão anestesiados pelos vapores DA ilusão, aqueles que se exibem.
Mantém a tua confiança no ideal que abraças e não meças as vitórias do teu espírito com a fita métrica dos triunfos terrestres transitórios.
O cristão verdadeiro, e o espírita, em particular, triunfam sobre is mesmos, vencem-se, interiormente, e galgam OS degraus do êxito ao lobrigar as paisagens mergulhadas no Sol DA imortalidade em triunfo.
Jesus, na entrada triunfal em Jerusalém, não era um vencedor nem um vencido. Era alguém incompreendido pela massa.
Colocado, porém, na Cruz, a massa acreditava que Ele havia perdido a batalha, no entanto, era o vencedor em triunfo sobre OS enganos que a massa lhe oferecera e Ele desdenhara.
Não te esqueças: dor e prova, renúncia e abnegação constituem as marcas do Cristo Jesus a se insculpirem na tua alma, quais estrelas luminescentes no velário DA noite, falando ao Sol e de belezas imortais.

Livro: Alerta
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco
_ _ _

até breve

domingo, 20 de junho de 2010

Eleitor não poderá votar só com título


Nas próximas eleições, não será permitida a votação somente com RG ou com o título; ainda dá para solicitar 2.ª via.

Nem só o título de eleitor, nem só o RG ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) que identifique o número da identidade. Para as próximas eleições, o eleitor deverá apresentar os dois documentos em seu local de votação. A decisão foi reiterada na última quarta-feira pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para quem teve o título extraviado, a saída é solicitar a segunda via. Para isso, o cidadão deve procurar o seu Cartório Eleitoral e fazer o requerimento até o dia 23 de setembro. Para quem está fora da cidade onde vota, a solicitação pode ser feita até o dia 8 de agosto.

Na última sessão, os ministros determinaram o cumprimento de um dos artigos da lei das eleições e estipularam que o eleitor que tenha seu título extraviado ou inutilizado providencie a reimpressão da segunda via, cujo prazo final é de 10 dias antes das eleições.

A questão foi reiterada pelo TSE ao responder consulta feita pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que questionava a possibilidade de o eleitor que tenha perdido o título, se este poderia exercer o voto pela apresentação somente de documentos de identidade determinados em lei.

Segundo o artigo 91-A da lei das eleições, para votar, o cidadão deverá exibir o seu título e apresentar documento oficial com foto que comprove sua identidade.

Os documentos podem ser carteira de identidade ou documento equivalente, como as identidades funcionais; certificado de reservista; carteira de trabalho e carteira nacional de habilitação (CNH), com foto. Não será admitida a certidão de nascimento ou casamento como prova de identidade do eleitor no momento da votação.

De acordo com o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, as situações que surgirem durante a votação deverão ser resolvidas caso a caso ou pelo mesário ou pelo juiz eleitoral, este último autoridade máxima na circunscrição. O chefe do Cartório Eleitoral da 23.ª Zona, Munir Sayed observa que os eleitores já estão acostumados com seu local de votação e acabam não levando o título para o processo. “Agora, é obrigatório apresentar além do documento com foto, o título”, ressalta. Como o prazo para solicitar a transferência de título já foi encerrada, a opção é requisitar a segunda via do documento.

Justificativa

Quem não estiver em sua cidade no dia das eleições, 3 de outubro, deve justificar a ausência. O eleitor deverá se dirigir a qualquer Cartório Eleitoral ou TRE para obter gratuitamente o formulário de requerimento de justificativa eleitoral, preenchê-lo obrigatoriamente com o número do título e entregá-lo, no dia da eleição, em qualquer local de votação. O formulário também estará disponível na internet (www.tre-sp.jus.br).

Se o eleitor não formalizar a justificativa no dia da eleição, deverá comparecer ao seu Cartório Eleitoral, no prazo de 60 dias a contar da data da eleição, com documentos que comprovem o motivo da ausência. Neste último caso, o eleitor preencherá no cartório um requerimento dirigido ao juiz e aguardará a resposta. O prazo de 60 dias é contado a partir de cada turno. Dessa forma, 1.º e 2.º turnos têm prazos diferentes.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru

_ _ _


até breve

Intercambio Cultural YFU - Campos / RJ (recebido por e-mail)


"Caro blogueiro,

Eu espero que essa mensagem o encontre bem!

Um amigo me indicou o Blog Cabrunco do Chuvisco falando do seu foco na questão educacional e cultural para a cidade de Campos e Região Norte Fluminense. Sendo assim, acabei tomando a liberdade e estou lhe escrevendo essa mensagem.

Eu trabalho no programa de intercâmbio cultural do YOUTH FOR UNDERSTAND (YFU). O YFU é uma organização internacional, educativa e cultural, apartidária, sem fins lucrativos, sem distinções de ordem racial, religiosa ou ideológica. É também um dos maiores e mais antigos programas de intercâmbio cultural para estudantes e está há mais de 55 anos intercambiando estudantes entre os 49 países em que mantém seus escritórios.

No Brasil, o escritório central está localizado no Rio de Janeiro desde 1964. Esta organização trabalha com uma rede mundial de famílias voluntárias, e com profissionais especializados que acreditam no intercâmbio estudantil como forma de crescimento individual, entendimento entre povos e raças e como instrumento para a paz mundial. Em Campos-RJ, os contatos da representante voluntária do YFU são:

Yanã Queiroz
Tel: 22-99154958
E-mail: yana_queiroz@hotmail.com

Nos últimos anos diversas famílias campistas decidiram acolher um jovem estrangeiro do YFU como mais um membro de seu núcleo familiar pelo período de um ano, possibilitando que toda a família participe de uma inesquecível experiência intercultural.

Todas as famílias que trabalham com o YFU são voluntárias, o que quer dizer, colaboram espontaneamente, oferecendo ao estudante secundarista a oportunidade de conhecer a nossa cultura e a nossa vida em família.

Nos últimos anos diversas escolas de Campos concederam vaga para que os intercambistas estrangeiros do YFU pudessem freqüentar uma escola de ensino médio, já que os intercambistas estrangeiros aqui no Brasil são considerados alunos ouvintes. Exemplos de escolas que podemos citar aqui são: Colégio Alpha, Colégio Anglo, CEFET, Externato Campista, Colégio Auxiliadora, etc...

Como nossa organização é baseada no trabalho voluntário e nosso intercâmbio é de total cunho cultural, gostaríamos de saber se o seu blog também poderia nos ajudar no recrutamento de famílias anfitriãs para os nossos jovens estrangeiros. Em anexo a esse e-mail vocês encontrará o perfil de alguns intercambistas que ainda estão sem família confirmada. Esses intercambista chegarão ao Brasil no dia 08 de agosto de 2010 e permanecerão dois semestres em nosso país.
Nós ficaríamos muito agradecidos se você pudesse divulgar para os seguidores do seu blog sobre essa possibilidade deles receberem intercambistas estrangeiros. Talvez as famílias de alguns dos seguidores do seu blog tenham interesse em não somente hospedar estudantes, mas sim em aprender sobre o país de origem do novo “filho” estrangeiro.
Essa troca cultural é imensurável e essencial para a concretização da paz mundial que tanto desejamos que aconteça. No seguinte link vocês encontrarão um vídeo que explica um pouco mais sobre essa rica e divertida experiência intercultural:
http://www.youtube.com/yfubr?gl=BR&hl=pt#p/c/C9FE8DF7265C9E33/1/pJMNXWJWLps
Estou anexando também um logo do YFU, que poderá ser usado durante sua postagem. Porém, no intuito de preservar os intercambista, eu peço apenas que você não poste fotos sobre os interrcambistas estrangeiros. Caso você deseje mais informações sobre alguns desses intercambistas, apenas me avise.
Nossa intenção é colorir Campos e região com jovens de várias culturas! Mas para que isso aconteça, esperamos poder contar com o apoio de organizações e pessoas que reconheçam a importância de uma educação intercultural. Espero, sinceramente, que o seu blog nos ajude conseguir famílias para receber os jovens intercambistas estrangeiros.
Agradeço, desde já, a atenção dispensada. As famílias anfitriãs, as escolas e os meios de comunicação são o nosso maior ponto de apoio, pois é graças às suas generosidade e acolhida que o nosso intercâmbio pode existir e estar presente nas mais diversas regiões do país.

Caso você possa atender ao meu pedido e postar uma nota sobre o YFU e os contatos da representante, por favor, me avise! Fique a vontade para fazer uso das informações contidas nesse e-mail.

Em caso de dúvidas ou observações, por favor, não hesitem em nos contatar!
Cordialmente,

Ruy Temberg.
Coord. Nacional

YOUTH FOR UNDERSTANDING - BRASIL
Av. Erasmo Braga 255 / 503, Centro
Rio de Janeiro RJ, CEP:20020-000
Tel: 21-2544.5980
http://blog.yfu.com.br
ruytemberg@yfu.org.br
Visite o novo site do YFU-Brasil:
www.yfu.org.br"


Ruy Temberg

_ _ _


até breve

Viagra perde a patente e vai ganhar concorrente genérico


Em dez dias, deve chegar às farmácias a primeira cópia do Viagra, a famosa pílula azul do laboratório Pfizer usada para tratar a disfunção erétil. Além de provocar uma guerra de preços, a chegada dos concorrentes deve fazer com que o mercado e o número de consumidores cresça – nas previsões mais modestas, o consumo do Viagra e de suas cópias deve dobrar.

A patente do medicamento expira neste domingo (20). Já na segunda-feira, as cópias do Viagra começarão a ser fabricadas pelo laboratório Ems, o único que até agora conseguiu a licença da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para iniciar a produção.

O laboratório obteve oito licenças da agência, sendo quatro para genéricos e quatro para similares (entenda a diferença entre genéricos e similares). A Anvisa avalia outros nove pedidos de cinco empresas que também pretendem fabricar a cópia do Viagra. Os laboratórios Eurofarma, Teuto e Biosintética (que pertence ao Aché) são alguns que já estão investindo para entrar nesse mercado.

Para enfrentar essa concorrência, há dez dias a Pfizer cortou o preço do Viagra pela metade, fazendo o valor médio da pílula cair para R$15. Com isso, já houve um aumento de 50% nas vendas, de acordo com o diretor da Unidade de Negócios Produtos Estabelecidos da Pfizer, Adilson Montaneira.

– Essa é a primeira de uma série de estratégias que vamos realizar para manter o produto competitivo no mercado.

Ainda assim, o laboratório prevê uma diminuição nas vendas assim que as cópias chegarem ao mercado.

Com a produção de similares e de genéricos do Viagra, a Pfizer vai concorrer com um mercado que cresce 20% ao ano, segundo Odnir Finotti, presidente da Pró-Genéricos, associação que representa a indústria de medicamentos genéricos.

- No início deste ano, a previsão de crescimento [do mercado de genéricos] era de 25%, mas acreditamos que podemos alcançar 30%.

Por lei, o medicamento genérico deve ser, no mínimo, 35% mais barato que o remédio de referência (no caso, o Viagra). A Ems, que inicialmente será única concorrente da Pfizer, mas ainda não divulgou a que valor vai vender seus produtos, é um dos principais fabricantes de genéricos do país. Com faturamento em torno de R$ 2,45 bilhões em 2009, o laboratório possui duas fábricas e 4.500 funcionários.

Segundo o vice-presidente de mercado da EMS, Waldir Eschberger Júnior, foram necessários três anos de pesquisa e investimentos de R$ 20 milhões para viabilizar a fabricação do genérico do Viagra.

Já a Pfizer, que faturou R$ 3,3 bilhões no Brasil em 2009, possui três fábricas por aqui e conta com 3.500 funcionários. Como não terá mais a exclusividade sobre o Viagra, o objetivo do laboratório agora é atrair os consumidores que utilizam outros medicamentos para tratar a disfunção erétil. O principal concorrente do Viagra e líder do mercado brasileiro, o Cialis, do laboratório Eli Lilly, já avisou que não vai baixar os preços. A pílula do Cialis custa entre R$ 37 e R$ 40,50.

Segundo Montaneira, da Pfizer, esse mercado vai se expandir fortemente, devendo crescer de duas a três vezes.

– Queremos continuar capturando os consumidores, com uma rentabilidade menor, mas com um volume maior.

O mercado do Viagra é reprimido no Brasil, de acordo com Finotti, “porque o custo é muito alto”.

- A expectativa mais conservadora é a de que vão dobrar as vendas no primeiro ano. Muitas pessoas vão começar a questionar se precisam tomar outro medicamento [para disfunção erétil] quando já existe a opção do genérico do Viagra.

Diante desse cenário, o executivo da Ems afirma que a vantagem é de quem chega primeiro às farmácias.

- Quem sai na frente sempre acaba liderando as vendas.

Finotti confirma essa previsão

- Ser o primeiro é mais importante do que ser o maior, porque pode conquistar a percepção do consumidor antes dos concorrentes. Mesmo assim, há uma competição grande e o mercado vai acabar se dividindo.
Fonte: ClickPB
_ _ _
até breve

sábado, 19 de junho de 2010

Estresse em casa é maior do que no trabalho, diz estudo


Estudo realizado com cerca de 100 mil pessoas que participaram do mutirão do coração, promovido no ano passado pela Secretaria da Saúde em parceria com Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, mostrou que as pessoas ficam mais estressadas dentro de casa do que no trabalho. "O trânsito e o chefe são dois fatores menos estressantes do que os familiares", afirmou hoje o cardiologista Ari Timerman, diretor do serviço hospitalar do Instituto Dante Pazzanese e um dos coordenadores da iniciativa. A falta de dinheiro, por causa da crise econômica, pode ter contribuído para o resultado, revelou o médico. Dificuldades financeiras foram apontadas por 24,45% das pessoas que participaram da pesquisa.

Cerca de 23% da população pesquisada afirmou ter sofrido estresse intenso ou exagerado no lar por causa de problemas com o cônjuge, filhos e até animais de estimação. Dentro desse universo, 46,8% contaram ter vivido ao menos uma situação estressante no último ano, como a morte de algum familiar, perda de emprego, separação conjugal ou ruína financeira. O estudo aponta que as mulheres sofrem mais com o estresse em casa: 28,34% delas revelaram estresse intenso ou exagerado. Entre os homens, esse índice foi de 13,07%.

O estresse intenso ou exagerado no ambiente de trabalho foi citado por um número bem menor de pessoas (15%), e mais da metade (50,95%) afirmou que não viveu situações desse tipo no trabalho. Na sociedade (clubes, bares e boates), as pessoas afirmaram que o estresse é ausente em 43,63% dos casos.

Metodologia

O estudo foi o mais amplo já realizado no País sobre os fatores que podem causar doenças cardiovasculares e o primeiro em que o estresse foi considerado e avaliado como elemento de risco para a saúde do coração. No mutirão, realizado nos municípios de São Paulo e Campinas, o estresse foi medido em vários locais, como trabalho, casa e sociedade. Também foram considerados fatores como problemas financeiros e crenças religiosas.

Fonte: Estadão

_ _ _



até breve

PSDB-RJ desiste do Senado e fica na coligação para lançar Gabeira


Após ameaçar ruir, aliança PV-PSDB-DEM-PPS será homologada neste sábado, dizem líderes partidários.

A menos de 12 horas da convenção que irá homologar o acordo para lançar a candidatura do deputado federal Fernando Gabeira (PV) ao governo do Rio de Janeiro, o PSDB fluminense voltou atrás da decisão de disputar o Senado, e decidiu permanecer na coligação com PV, DEM e PPS.

O lançamento da chapa será feito neste sábado (19), no Clube Canto do Rio, em Niterói, Região Metropolitana.

Com a manutenção do acordo, Gabeira terá como vice o ex-deputado federal Mário Fortes (PSDB). O ex-prefeito Cesar Maia (DEM) e o ex-deputado federal Marcelo Cerqueira (PPS) serão os candidatos ao Senado.

“A executiva nacional do PSDB teve de aceitar a realidade, que é o acordo fechado inicialmente. É o melhor caminho", disse o presidente do diretório regional do PSDB na capital, deputado estadual Luiz Paulo Corrêa da Rocha. "Não é porque um parceiro não pode mudar de posição que vamos desestruturar tudo”, falou.

A decisão tucana foi tomada após o PPS-RJ afirmar, como o iG havia antecipado nesta quinta-feira (17), que não abriria mão de ter o advogado Marcelo Cerqueira como candidato da legenda ao Senado. “Fizemos uma reunião e a candidatura do Marcelo Cerqueira foi mantida. Falei com o Márcio Fortes e fica tudo como o combinado anteriormente, não muda nada”, contou o prresidente regional do PPS, deputado estadual Comte Bittencourt.

Segundo ele, após a decisão, anunciada na noite desta sexta-feira (18), teria sido confirmada a presença do candidato à Presidência José Serra (PSDB) ao evento. “Conversei com o Gabeira. Ele me disse que foi procurado pelo Jutahy Júnior (PSDB-BA), que o disse que o Serra vem à convenção”.

Além de Serra, a presidenciável Marina Silva (PV) também é esperada no evento. Ela informou que estará presente à convenção às 13h30.

Embate tenso

Na quinta-feira (17), a executiva nacional do PSDB determinou que o diretório da legenda no Rio de Janeiro voltasse atrás do acordo firmado com os outros partidos da coligação. Segundo o presidente da sigla tucana, deputado federal Sérgio Guerra (PE), era preciso lançar um candidato ao Senado para que se pudesse fixar entre os eleitores o número partido. O objetivo era reforçar o número de Serra nas urnas.

A notícia provocou uma crise entre os aliados. O DEM decidiu apoiar PPS-RJ, e o PV alegou que nada impediria o partido de lançar Gabeira ao governo estadual, mesmo com o risco de a aliança ser desfeita.

Um cardeal tucano chegou a contar ao iG que o PSDB não abriria mão da vaga. Mas integrantes da executiva regional do partido explicaram que foi preciso voltar atrás. “Foi uma intensa negociação política, mas nada foi feito sem que todas as pessoas da legenda envolvidas nesse processo falassem entre si. No final, terminou de comum acordo”.

Fonte: Último Segundo
_ _ _

até breve

sexta-feira, 18 de junho de 2010

PPS do Rio não abre mão da vaga de Cerqueira no Senado


Reunido na noite desta sexta-feira (18), o Diretório Regional do PPS do Rio de Janeiro decidiu não abrir mão da vaga de candidatura do Senado de Marcelo Cerqueira. O PSDB havia pleiteado uma das duas vagas ao Senado da coligação que apóia Fernando Gabeira . O presidente regional do PSDB, José Camilo Zito, afirmou, por sua vez, que os tucanos podem homologar somente a coligação na chapa para deputados, com o DEM e o PPS, ficando isolados da campanha majoritária.


Na última quinta-feira (17), o presidente nacional do PSDB e senador Sérgio Guerra pediu que o PPS cedesse a candidatura ao Senado para aumentar a propaganda eleitoral da TV e do candidato à presidência, José Serra.

O presidente regional do PPS do Rio, Conte Bitencourt, afirmou ter comunicado a decisão do partido a Gabeira, ao deputado federal e presidente nacional do DEM Rodrigo Maia, ao deputado estadual Luiz Paulo Correa da Rocha (PSDB) - que havia feito a negociação em nome dos tucanos -, e também ao ex-senador Roberto Freie (PPS-PE).

Antes da reunião do PPS, Rodrigo Maia afirmou que o DEM continuaria na coligação majoritária independentemente da posição do PSDB.

Fonte: terra
_ _ _

até breve

Deputado lembra 1º ano sem diploma de jornalista


Há um ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a exigência do diploma universitário em jornalismo para o exercício da profissão. Para lembrar a famigerada decisão da Suprema Corte, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), questionou se a desregulamentação da profissão de jornalista, com a consequente deteriorização nas relações de trabalho, contribuiu para o país.

“A primeira pergunta que a sociedade brasileira precisa se fazer hoje é: ‘O que mudou na imprensa brasileira neste um ano?’”, declarou o petista gaúcho nesta quinta-feira (17).

Pimenta é autor da PEC 386/09, que restabelece a obrigatoriedade do diploma em nível superior para o exercício profissional dos jornalistas. A matéria está a um passo de ser encaminhada ao plenário da Câmara.

De acordo com Paulo Pimenta, o argumento acatado pela maioria dos ministros - de que o diploma é um empecilho para a plena liberdade de expressão dos brasileiros – não reduziu o monopólio das comunicações no país.

“Por acaso, os movimentos sociais e a sociedade de uma forma geral passaram a ter um acesso maior aos grandes veículos de comunicação?”, questionou. “A vida mostrou que o argumento era uma falácia, e que na realidade o resultado foi: milhares de registros concedidos a pessoas que, em alguns casos, sequer assinam o nome.”

Segundo o congressista, ao derrubar o diploma, o Supremo atendeu a um pedido “das grandes redes de imprensa” do Brasil. “Nós sabemos que o que está por trás dessa decisão é uma tentativa ainda maior de consolidação desse monopólio da informação”, afirmou o petista, destacando o “silêncio” das empresas de comunicação no debate sobre o tema. “A valorização do jornalista é a valorização da democracia”, reforçou.






_ _ _


até breve