sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Tô falando que tem coisa pior...

Prefeito é acusado de comprar 60% dos votos de cidade

A juíza Isabelle Coutinho teria determinado o afastamento do prefeito de Campo Grande (AL), Arnaldo Higino Lessa (PTB), e de seu vice, sob a acusação de comprar 60% dos votos da cidade, segundo o jornal O Globo. A juíza teria seguido recomendação do Ministério Público Estadual.

O órgão também teria pedido novas eleições em Campo Grande, que ainda não têm data marcada. Os promotores suspeitam da diferença de 912 votos entre o primeiro e o segundo colocado. Prefeito e vice seguiam nos cargos até a tarde dessa quinta

Fonte: terra
_ _ _
Nada se justifica tal atitude, nem a da venda, nem a da compra.
As eleições estão na porta, vamos fazer valer o nosso direito de cidadão.
até breve

Um comentário:

Rosângela, uma das danielas timóteas disse...

Nâo sei, não, Chuvisco, mas acho que "este aqui", logo abaixo, diz respeito ao "seu texto" e ao "mesmo" que vi não sei onde:
http://caidoemcampos.blogspot.com/2010/02/dificil-arte-da-atuacao.html

É que tudo está vindo à luz.