sábado, 19 de setembro de 2009

Cada Um No Seu Cada Um


Acabo de encontrar com um filho de um amigo.

Não seria nada demais o menino não estivesse com o uniforme do Salesiano.

O infante é um caso especial: atencioso, educado, prestativo... resumindo um moleque agradabilíssimo.

Mas nem tudo são flores.

O Garoto acompanha a atualidade. É um usuário inveterado da tecnologia: MP3,4,5, e assim por diante, computador, Plays alguma coisa... enfim, falou em jogos multimidia , e com ele. Ahhhh!!! E para salvar um pouco, adora um futebol!
Com tanta atividade, o menino deixa um pouco a desejar em relação aos estudos. Muito compreensível, até mesmo pela idade!

Com isso, e por isso minha estranheza, ao me deparar com o guri, em pleno sábado, de uniforme tomei um susto!

No entando minha cachola não serve apenas para postar bobagens aqui no blog não, e imediatamente lembre-me dos sábados letivos em virtude da terrível gripe!

Comecei a pensar sobre os transtornos que esse vírus nos trouxe e em especial na área da Educação!

Não sei se já há um calendário definitivo em relação aos dias letivos, mas vamos ponderar alguns pontos:

1 - Como fica a viagem que esta sendo programada desdo começo do ano, que vem sendo paga parceladamente pelo professor, com seu sálario pequeno e suado, com toda sua família?

2 - como fica a viagem do aluno e de seus pais, onde a relação é a mesma do exemplo acima?

3 - Como fica o sábado, que o filho do meu amigo tinha para estudar em casa pela manhã, e a tarde poder desfrutar dos seus jogos, ou escolher "bater" aquela "peladinha"?

4 - Como vai ficar essas aulas no verão, onde muitas escolas não dispõem de ar condicionados?

Sei que há muito mais e sei que esses problemas são banais, para compararmos com que o H1N1 tem ocasionado, sei de tudo isso.

Mas esses problemas também são, para aqueles que estão ou serão atingidos, de alguma relevância!

Cada um com seus problemas, pois cada um sabe onde o sapato aperta!

Como diz a música "Cada Um No Seu Cada Um" de Zeca Pagodinho:

"Cada um na sua onda
Cada um na sua prancha
Eu não vou lá no seu barco
Tu não vem na minha lancha
Cada um com seu cada um
Deixa o cada um dos outros"

até breve

6 comentários:

Rosângela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosângela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xacal disse...

pobres crianças que foram submetidas a esse tipo de lixo...

é preciso varrer da blogosfera esse tipo de gente...

não ao fanatismo neocon religioso...!!!

fora jumentinha-zebulom...!!!

lixo atômico, não tem reciclagem...

Rosângela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosângela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosângela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.